Rumo ao 15º Intereclesial das CEBs, Celebrando em Comunidade

572

Texto: Leoni Alves Garcia

O dia 15 de cada mês ganhou uma marca especial: um dia para as comunidades celebrarem a sua caminhada de preparação rumo ao 15º Intereclesial das CEBs, que acontecerá na cidade de Rondonópolis-MT, de 18 a 22 de julho de 2023, e tem como Tema: “CEBs: Igreja em Saída na busca da Vida Plena para todos e todas” e lema “Vejam! Eu vou criar novo céu e uma nova terra…” (Is 65,17ss).

Este mês a celebração será na Comunidade Santa Luzia, Paróquia Nossa Senhora Aparecida/Diocese de Rondonópolis/Guiratinga, e destacará a indignação por tantas vidas perdidas, fazendo memória das mais de 200 mil vítimas da COVID 19 em nosso país e da imensurável perda de vidas ocorrida em toda a humanidade.

A preparação do 15º Intereclesial se dá em meio à crise pandêmica do novo coronavírus. A pandemia não é um fato isolado, surge da profunda crise de questões anteriores vivenciadas pela humanidade,  impulsionadas por um sistema injusto, que privilegia o lucro e o capital em detrimento da vida no planeta. Não estamos “sendo atacados por um inimigo invisível”. Décadas de um desequilíbrio com as outras espécies que coabitam o planeta; devastação de ecossistemas; emissão de gases de efeitos estufa; extração de minérios e óleos, venenos e agrotóxicos, desmatamento, devastação da Amazônia, aniquilação da vida dos povos originários, criação de fronteiras, crises humanitárias e outros fatores trouxeram consequências para todo o planeta, corroborando para o estabelecimento da crise atual.  Em tempos assim, as comunidades encontram no Evangelho -Força dos Pequenos-  para exercer a solidariedade, a redescoberta  de pertença, a empatia, a compaixão,  a amizade e  o compromisso,  ‘que séculos de capitalismo não foram capazes de dizimar.” Resta sempre o agir cristão de Esperançar.

Nesse dia de Oração pelo 15º Intereclesial devemos nos perguntar: Colaboro com fatores que contribuem  para o estabelecimento da crise atual? Quais valores do Evangelho vivenciados pelas CEBs podem promover a superação dessas injustiças? Em que medida a construção do Intereclesial pode favorecer a reflexão e a superação da morte, sendo fiel ao tema:  “CEBs: Igreja em Saída na busca da Vida Plena para todos e todas”?

No dia  15 de janeiro,  prepare  um pequeno altar em sua casa e acenda uma VELA em MEMÓRIA das  VÍTIMAS  da COVID-19. Juntos reafirmemos nossa esperança profética e o grito pela “VIDA EM PRIMEIRO LUGAR”!!!

Acompanhe através das páginas no Facebook:

Também haverá transmissão pelo Canal no Youtube das CEBs do Brasil.

COMPARTILHE! DIVULGUE! VAMOS JUNTOS NESTA CAMINHADA!

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui