Roteiro e reflexão Solenidade da Santíssima Trindade

311

Elaborada por Vasco Lagares – Diocese de Itabira Cel. Fabriciano

 

Solenidade Santíssima Trindade

30 de maio de 2021

“A Santíssima Trindade é a melhor Comunidade”

Preparar o ambiente com símbolos da caminhada das CEBs em nossa Paróquia e Diocese.

  1. REFRÃO

Deus é amor, arrisquemos viver por amor 

Deus é      amor, ele afasta o medo

RITOS INICIAIS

  1. CANTO DE ENTRADA

1- Deus é Pai, Deus é amor, Deus é esperança pra quem nele crê

Confiou a construção do Reino de Paz ao homem que ama.

Eu creio em Deus 

que o meu caminho iluminou

Que a minha vida transformou, feliz eu sou

Eu creio em Deus, se posso crer, se posso amar

A minha vida tem valor, feliz eu sou.

2- Jesus Cristo caminha conosco amigo e irmão que nos revela ao Pai

Jesus Cristo, nasceu e viveu a vida dos homens e ressurgiu.

3- Deus é amor, é consolador, conforta e ampara o pecador

Deus é amor, Espírito Santo destrói o que é mal, dá vida ao que é bom.

  1. ACOLHIDA E SAUDAÇÃO

PR: Em Comunidade, nos unimos para celebrar nossa confiança na Comunidade perfeita. Façamos em nós o sinal de nossa fé: Em nome do Pai e do Filho e do Espírito Santo. Amém.

PR: A graça de nosso Senhor Jesus Cristo, o amor do Pai e a comunhão do Espírito Santo estejam convosco!

Todos: Bendito seja Deus que nos reuniu no amor de Cristo.

  1. RECORDAÇÃO DA VIDA

A Solenidade de hoje é a revelação harmônica de um imenso amor que deseja salvar a todos. É também a festa das Comunidades Eclesiais de Base. “A SANTÍSSIMA TRINDADE É A MELHOR COMUNIDADE”, esta frase traz a importância das nossas Comunidades Eclesiais firmarem sua fé e agirem para transformar o seu entorno. Oremos para que nossas comunidades eclesiais encontrem a unidade na caridade, marca da nossa comunhão fraterna fundada em Deus que é Pai e Filho e Espírito Santo.

  1. ATO PENITENCIAL

PR: No dia em que celebramos a vitória de Cristo sobre o pecado e a morte, também nós somos convidados a morrer para o pecado e ressurgir para uma vida nova. Reconheçamo-nos necessitados da misericórdia do Pai. Silencio

PR: Confessemos nossos pecados.

PR: Senhor, que sois a plenitude da verdade e da graça, tende piedade de nós.

Todos: Senhor, tende piedade de nós!

PR: Cristo, que vos tornastes pobre para nos enriquecer, tende piedade de nós.

Todos: Cristo, tende piedade de nós!

PR: Senhor, que viestes para fazer de nós o vosso povo santo, tende piedade de nós.

Todos: Senhor, tende piedade de nós!

PR.: Deus todo-poderoso tenha compaixão de nós, perdoe os nossos pecados e

nos conduza à vida eterna. Ass. Amém.

  1. GLÓRIA

Glória a Deus nas alturas, / e paz na

terra aos homens por Ele amados. /

Senhor Deus, Rei dos céus, Deus Pai todo poderoso. /

nós vos louvamos, nós vos bendizemos, /

nós vos adoramos, nós vos glorificamos, /

nós vos damos graças por

vossa imensa glória. / Senhor Jesus Cristo,

Filho Unigênito, / Senhor Deus, Cordeiro

de Deus, Filho de Deus Pai. / Vós que tirais

o pecado do mundo, tende piedade de

nós. / Vós que tirais o pecado do mundo,

acolhei a nossa súplica. / Vós que estais à

direita do Pai, tende piedade de nós. / Só

vós sois o Santo, só vós, o Senhor, / só vós

o Altíssimo, Jesus Cristo, / com o Espírito

Santo, na glória de Deus Pai. Amém.

  1. ORAÇÃO DO DIA
  2. OREMOS: Ó Deus, nosso Pai, enviando ao mundo a Palavra da verdade e o Espírito sanificador, revelaste o vosso inefável mistério. Fazei que, professando a verdadeira fé, reconheçamos a glória da Trindade e adoremos a Unidade onipotente. Por nosso Senhor Jesus Cristo, Vosso Filho, na unidade do Espírito Santo. Ass. Amém.

LITURGIA DA PALAVRA

  1. PRIMEIRA LEITURA – Dt 4,32-34.39-40

Do Livro do Deuteronômio.

  1. SALMO – 32(33)

Refrão: Feliz o povo que o Senhor escolheu por sua herança.

  1. SEGUNDA LEITURA – Rm 8,14-17

Da Carta de São Paulo aos Romanos

  1. ACLAMAÇÃO AO EVANGELHO

Aleluia, aleluia, aleluia!

Glória ao Pai, ao Filho e ao Espírito Divino

Ao Deus que é, que era e que vem, pelos séculos. amém!

  1. EVANGELHO – Mt 28,16-20

Proclamação do Evangelho de Jesus Cristo segundo a Comunidade de Mateus

  1. HOMILIA

Celebra-se hoje a Solenidade da Santíssima Trindade. É uma festa que se nos convida a celebrar e agradecer. As três leituras que se oferecem na liturgia deste domingo ajudam a entender melhor a presença do Pai, do Filho e do Espírito Santo. A conclusão do evangelho de Mateus define a missão dos discípulos e discípulas como continuação da presença de Jesus no mundo.

Na narrativa do Evangelho de hoje, escutamos que “Os onze discípulos foram para a Galileia, ao monte que Jesus lhes tinha indicado.” Eles voltam para suas terras, para o lugar onde se encontraram com o Senhor. Nesse mesmo espaço que conheceram ao Senhor e experimentaram sua Boa Nova receberam também suas últimas palavras. Aos discípulos ele se faz presente e atualiza até nossos dias a missão de Jesus.

Quando viram Jesus, ajoelharam-se diante dele. Os discípulos, ao verem Jesus, se ajoelham, mas alguns ainda duvidavam. É significativo o realismo dos evangelistas que sempre deixam aberta a possibilidade de não entender ou até não aceitar o que está acontecendo.

Acabam de ver Jesus e alguns se ajoelham diante dele porque o aceitam como o Senhor Ressuscitado. Eles o reconhecem como seu Deus, seu Mestre, que continua acompanhando-os e permanece a seu lado. Jesus tinha dito: “Eu não deixarei vocês órfãos, mas voltarei para vocês” (Jo 14,18). Eles acreditam nas suas palavras e neste momento reconhecem sua presença no meio deles.

“Ainda assim, alguns duvidaram”. Neste texto do evangelista Mateus acontece diante da mesma manifestação de Jesus aparecem diferentes atitudes dos discípulos e discípulas.

Alguns deles o adoram e outros duvidam. Eles ainda não acreditam que a presença de Jesus no meio deles. É possível que ele continue guiando-os como seu Mestre e Senhor? Ao longo do Tempo Pascal, lemos diferentes manifestações de Jesus às mulheres, aos discípulos reunidos, aos que iam pelo caminho de Emaús, e a tantos outros/as, mas nem todos acreditam no imediato.

Podemos reconhecer, nessa pequena comunidade, a nossa comunidade e a Igreja onde convivem luzes e sombras?

Adorar o Senhor é resposta ao dom de sua presença e do seu Amor, que nos cativa e surpreende. Eles se ajoelham diante do Senhor! O reconhecem e acreditam nele. Mas nem sempre é fácil colocar-se de joelhos. É reconhecer-se menor e colocar tudo nas mãos daquele que consideramos nosso guia e mestre.

Neste dia peçamos ao Senhor que nos conceda esse presente que nos coloca de joelhos diante dele! Que sejamos uma comunidade de discípulos e necessitados das palavras e dos conselhos de Jesus. Uma comunidade humilde, simples, sem aparência.

Como disse Francisco, somos parte de uma “Igreja que é uma barca que ao longo da travessia deve enfrentar também ventos contrários e tempestades que ameaçam afundá-la. O que a salva não são a coragem e as qualidades de seus homens: a garantia contra o naufrágio é a fé em Cristo e em sua palavra. Esta é a garantia: a fé em Jesus e em sua palavra”. (Disponível: “A fé não é uma fuga dos problemas da vida”, Papa Francisco).

Nas palavras que Jesus nos dirige hoje está explicitado o mandato missionário da Igreja de todos os tempos: “vão e façam discípulos em todos os povos, batizando-os em nome do Pai, e do Filho, e do Espírito Santo, e ensinando-os a observar tudo o que ordenei a vocês”.

A missão dos discípulos não é ficar olhando sua partida e simplesmente lembrando o que foi vivido. O Espírito Santo celebrado e recebido na semana passada é luz interior para descobrir sempre qual é o melhor caminho para responder a esta missão. Continua sendo assim a presença contínua que anima a Igreja desde seus inícios.

Jesus promete estar sempre com os seus: “Eis que eu estarei com vocês todos os dias, até o fim do mundo”.

As palavras “todos os dias” nos comunicam a certeza de que, em cada momento que vivemos, o Senhor está conosco! Peçamos ao Espírito Santo que nos abra os olhos para reconhecer, no hoje de nossa vida, a presença do Emanuel.

O mandato missionário de Jesus a sua Igreja nos revela o coração da Trindade. O desejo de Deus é que a humanidade participe de sua vida de comunhão para a qual fomos criados.

Assim, a missão da Igreja, que tem como centro o ser humano, se coloca a serviço, especialmente daqueles que mais precisam da centralidade e da atenção: os pobres, os marginalizados e tantas pessoas que continuam na busca de uma terra digna para seus filhos e filhas.

Publicado pelo Instituto Humanitas, 25/05/2018.

  1. PROFISSÃO DE FÉ
  1. PRECES DA ASSEMBLÉIA
  2. Irmãos e irmãs, celebrando a festa da Santíssima Trindade, elevemos as nossas preces com muito fervor; e peçamos juntos:

Ass. Concedei-nos viver o Evangelho de Jesus!

  1. Senhor, fortalecei a vossa Igreja, para que esteja mais próxima dos que a buscam, em oração e solidariedade, rezemos.
  2. Senhor, animai as comunidades eclesiais espalhadas por todo o mundo, para que assumem com fidelidade o segmento ao Evangelho de Cristo, rezemos.
  3. Senhor, fortalecei os jovens que buscam o conhecimento de Vosso Evangelho, para que se deixem contagiar pela Palavra e o amor da vida em comunidade, rezemos.
  4. Senhor, animai as pastorais, os movimentos, os grupos que se dedicam à sua Palavra, para que sejam presença fraterna junto aos que sofrem, rezemos.

Preces espontâneas…

  1. PR. Tudo isso vos pedimos, ó Pai, por Cristo Ressuscitado.

Ass. Amém.

É o momento de trazer nossa oferta material para a manutenção das atividades de nossa comunidade

  1. CANTO DAS OFERTAS

1- A Ti meu Deus, elevo meu coração

Elevo as minhas mãos, meu olhar minha voz

A Ti meu Deus, eu quero oferecer

meus passos e meu viver

Meus caminhos meu sofrer

A tua ternura, Senhor, vem me abraçar

E a tua bondade infinita, me perdoar.

Vou ser o teu seguidor, e te dar o meu coração

Eu quero sentir o calor de tuas mãos

2- A Ti meu Deus, que és bom e que tens amor

Ao pobre e ao sofredor vou servir e esperar.

Em Ti  Senhor, humildes se alegrarão.

Cantando a nova canção de esperança e de paz.

LOUVAÇÃO E AÇÃO DE GRAÇAS

  1. CONVITE À AÇÃO DE GRAÇAS

O Ministro deposita sobre o altar a Eucaristia enquanto a comunidade canta:

Irmãos e irmãs, Jesus nos diz: “o Pai está presente em mim, e eu no Pai.”, nesta Solenidade da Santíssima Trindade, glorifiquemos ao Pai, ao Filho e ao Espirito Santo, presentes entre nós e, que nos congrega em Comunidades Eclesiais missionárias.

Ass: Te agradeço Senhor, tudo o que fez por amor! A Tí minha prece e louvor!

  1. O Senhor esteja com vocês.

Ass. Ele está no meio de nós!

  1. Demos graças ao Senhor, nosso Deus.
  2. É nosso dever e nossa salvação!
  1. ORAÇÃO DE AÇÃO DE GRAÇAS:

 

  1. Irmãos e irmãs, demos graças ao Deus Uno e Trino por seu amor infinito manifestado a cada um de nós. Ele nos escolheu para vivermos no seu amor e sermos testemunhas do seu Reino por meio de Jesus Cristo, na força do Espírito Santo.

Ass: Por nós fez maravilhas, louvemos o Senhor!

  1. Como expressão de nosso louvor, colocamos aqui este sinal da nossa fé: a comunhão no Santíssimo Corpo do Senhor e nosso desejo de corresponder com mais fidelidade à missão que nos destes.

Ass: Por nós fez maravilhas, louvemos o Senhor!

  1. Ó Deus, Pai de bondade, graças vos damos por Jesus, vosso filho, que escolhestes e consagrastes com a força do Espírito Santo. Ressuscitado, ele deu a todos nós este mesmo Espírito, que vem em auxílio da nossa fraqueza para interceder por nós junto de vós.

Ass: Por nós fez maravilhas, louvemos o Senhor!

  1. Pela palavra do Evangelho de vosso Filho, fazei que as Igrejas do mundo inteiro caminhem na unidade e sejam sinais da presença do Cristo ressuscitado. Tornai esta comunidade cada vez mais sinal da vossa bondade.

Ass: Por nós fez maravilhas, louvemos o Senhor!

PR.. Toda a nossa louvação chegue a ti em nome de Jesus, por quem oramos com as palavras que ele nos ensinou:

Ass: Pai Nosso…

  1. RITO DA COMUNHÃO

PR.. Relembrando de Jesus que, muitas vezes, reuniu-se com os seus para comer e beber, revelando que o teu reino havia chegado, nós também nos alegramos com Ele nesta mesa. E tomando o pão consagrado, acrescenta:

Assim disse Jesus: “Se alguém ouvir a minha voz e abrir a porta, entrarei em sua casa e comerei com ele e ele comigo”. (Ap 3,20)

Ass:  Senhor, eu não sou digno …

  1. CANTO DE COMUNHÃO

Ó Trindade, vos louvamos,

vos louvamos pela vossa comunhão.                                

Que esta mesa favoreça,

favoreça nossa comunicação.

1-Contra toda a tentação da ganância e do poder,

Nossas bocas gritam juntas a palavra do viver.

2) Na montanha com Jesus no encontro com o Pai,

Recebemos a mensagem: ide ao mundo e o transformai.

3) Deus nos fala na história e nos chama à conversão:

Vamos ser palavras vivas proclamando a salvação.

4) Vamos juntos festejar cada volta de um irmão.

É o amor que nos acolhe, restaurando a comunhão.

5) Comunica quem transmite a verdade e a paz,

Quem semeia a esperança e o perdão que nos refaz.

  1. ORAÇÃO DEPOIS DA COMUNHÃO
  2. Oremos. Possa valer-nos, Senhor nosso Deus, a comunhão no vosso sacramento, ao proclamarmos nossa fé na Trindade eterna e santa, e na sua indivisível Unidade. Por Cristo, nosso Senhor.

Ass:  Amém

RITOS FINAIS

  1. AVISOS
  1. BENÇÃO FINAL

PR: O Senhor esteja convosco.

AS: Ele está no meio de nós.

PR: Deus todo-poderoso vos abençoe na sua bondade e infunda em vós a sabedoria da salvação

AS: Amém.

PR: Sempre vos alimente com os ensinamentos da fé e vos faça perseverar em boas obras.

AS: Amém.

PR: Oriente para ele os vossos passos, e vos mostre o caminho da caridade e da paz.

AS: Amém.

PR: Abençoe-vos Deus todo-poderoso, Pai e Filho † e Espírito Santo.

AS: Amém.

PR: Glorificai o Senhor com vossa vida; ide em paz e o Senhor vos acompanhe.

AS: Graças a Deus!

  1. CANTO FINAL

1- Pelas estradas da vida     nunca sozinho está.

Contigo pelo caminho, Santa Maria vai.

Ó vem conosco, vem caminhar,  Santa Maria vem.

Ó vem conosco, vem caminhar, Santa Maria vem.

2- Se pelo mundo os homens, sem conhecer se vão,

não negues nunca a tua   mão,   a quem te encontrar.

3- Mesmo que digam os homens, tu nada podes mudar.

Luta por um mundo novo de    unidade e paz.

4- Se parecer tua  vi   da     inútil   caminhar,

lembra que abres  caminho, outros te seguirão.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui