Roteiro e reflexão Festa do Batismo do Senhor

1762
da disegno 9x9cm 2000 circa

Elaborado por Vasco Lagares – Diocese de Itabira e Cel. Fabriciano

Reflexão Bíblica: www.vidapastoral.com.br

12 de janeiro de 2020

REFRÃO

Batiza-me, Senhor, no teu Espírito,

Batiza-me, Senhor, no teu Espírito,

Batiza-me, Senhor, no teu Espírito,

Batiza-me, batiza-me, Senhor!

 

Ani. Hoje a Igreja celebra a festa do Batismo de Jesus. Esta liturgia revela Jesus como o Filho amado do Pai, que tem sobre si o Espírito de Deus para conduzi-lo em sua missão. Nos ajuda a recordar que nós também somos filhas e filhos amados do Pai e chamados a ser, no mundo, sinais do seu amor e da sua bondade. Pelo batismo, participamos da mesma missão de Jesus de anunciar, com palavras e obras, o reino de Deus a todas as pessoas.

 

RITOS INICIAIS

  1. CANTO DE ENTRADA
  2. Chegou a hora de sonhar de novo, de tornar-se povo e se fazer irmão. Chegou a hora que ligeiro passa de ganhar a graça para a conversão.

Meu caro irmão, olha pra dentro do teu coração,

Vê se o Natal se tornou conversão e te ensinou a viver.

  1. Chegou a hora de viver o Cristo e acreditar que isto é se tornar maior. Chegou a hora de pensar profundo e perceber que o mundo pode ser melhor.
  2. Será difícil tantas mãos unidas não fazer da vida um tempo sem igual. Será difícil, tanto amor e afeto, não tornar concreto o gesto do Natal.

 

  1. ACOLHIDA E SAUDAÇÃO

PR: Em nome do Pai e do Filho e do Espírito Santo

ASS: Amém

PR: A graça de nosso Senhor Jesus Cristo, o amor do Pai e a comunhão do Espírito Santo estejam convosco.

ASS: Bendito seja Deus que nos reuniu no amor de Cristo.

 

  1. ATO PENITENCIAL:
  2. Irmãos e irmãs, oremos para que o Senhor se digne abençoar esta água que será em nós aspergida. Ela recorda nosso Batismo.
  3. A nossa proteção está no nome do Senhor.

Todos: Que fez o céu e a terra.

  1. Ouvi, Senhor, a nossa oração.

Todos: E chegue até Vós o nosso clamor.

  1. Ó Deus, que pelo Vosso Filho conquistastes um povo para Vos ser inteiramente consagrado, derramai a Vossa bênção sobre esta água e confirmai-nos no Vosso santo serviço. Por Cristo, nosso Senhor.
  2. Amém.

 

Canto para aspersão:

Eu te peço desta água que tu tens

É água viva , meu Senhor

Tenho sede e tenho e fome de amor.

E acredito nesta fonte de onde vens

Vens de Deus, estás em Deus.

Também és Deus e Deus contigo faz um só.

Eu porém, que vim de da terra e volto ao pó.

Quero viver eternamente ao lado teu

 

És água viva, és vida nova

E todo dia me batizas, outra vez

Me fazes renascer, me fazes reviver

E eu quero água desta fonte de onde vens.

 

  1. Deus Todo-poderoso tenha compaixão de nós, perdoe os nossos pecados e nos conduza à vida eterna. Amém!
  2. Senhor tende piedade de nós.
  3. Senhor tende piedade de nós.
  4. Cristo tende piedade de nós.
  5. Cristo tende piedade de nós.
  6. Senhor tende piedade de nós.
  7. Senhor tende piedade de nós

 

  1. GLÓRIA
  2. Glória a Deus nos altos céus! / Paz na terra a seus amados! / A vós louvam, Rei celeste, / os que foram libertados!

Glória a Deus lá nos céus, / e paz aos seus! Amém!

  1. Deus e Pai, nós vos louvamos, / adora- mos, bendizemos; / damos glória ao vosso nome, / vossos dons agradecemos!
  2. Senhor nosso, Jesus Cristo, / Unigênito do Pai, / vós, de Deus Cordeiro Santo, / nossas culpas perdoai!
  3. Vós, que estais junto do Pai, / como nosso intercessor, / acolhei nossos pedi- dos, / atendei nosso clamor!
  4. Vós somente sois o Santo, / o Altíssimo, o Senhor, / com o Espírito Divino, / de Deus Pai no esplendor.

 

5 ORAÇÃO DO DIA

PR.: OREMOS: Deus eterno e todo-poderoso, que, sendo o Cristo batizado no Jordão, e pairando sobre ele o Espírito Santo, o declarastes solenemente vosso Filho, concedei aos vossos filhos adotivos, renascidos da água e do Espírito Santo, perseverar constantemente em vosso amor. Por nosso Senhor Jesus Cristo, vosso Filho, na unidade do Espírito Santo.

  1. Amém.

 

LITURGIA DA PALAVRA

 

  1. PRIMEIRA LEITURA – Is 42,1-4.6-7

Da profecia de Isaías

 

  1. SALMO – Sl 28 (29)

REFRÃO: Que o Senhor abençoe, com a paz, o seu povo!

 

  1. SEGUNDA LEITURA – At 10,34-38

Do Livro dos Atos dos Apóstolos

 

  1. ACLAMAÇÃO AO EVANGELHO

 

Aleluia, Aleluia, Aleluia.

Abriram-se os céus e fez-se ouvir a voz do Pai: Eis meu Filho muito amado: escutai-o, todos vós!

 

  1. EVANGELHO – Mt 3,13-17

Proclamação do Evangelho de Jesus Cristo segundo Mateus.

 

  1. HOMILIA\REFLEXÃO

O batismo marca a conclusão da vida oculta de Jesus em Nazaré e o início da sua vida pública. É um evento narrado pelos três evangelhos sinóticos (cf. Mt 13,13-17; Mc 1,9-11; Lc 3,21-22), o que atesta sua importância. A versão de Mateus, lida nesta liturgia, é, sem dúvida, a mais rica, como veremos a seguir. Além de ser o marco inaugural do ministério de Jesus, o batismo é um evento salvífico e programático. Nesta cena tão curta, o evangelista revela a identidade de Jesus e antecipa as principais diretrizes da sua missão.

Ao dizer que Jesus foi da Galileia para o Jordão a fim de ser batizado (cf. v. 13), o evangelista não pensa apenas num movimento físico, mas na essência da missão do Messias. Ora, o batismo de João era destinado aos pecadores, e Jesus não tinha pecado. Indo ao encontro de João para ser batizado, Jesus está sendo solidário com os pecadores de todos os tempos e antecipando quais serão os destinatários primeiros da sua missão: os pecadores, as pessoas mais necessitadas e marginalizadas, sobretudo pela religião.

Mateus é o único evangelista que relata o diálogo entre João e Jesus no momento do batismo (cf. vv. 14-15), e isso imprime uma riqueza ímpar à sua obra. Nesse diálogo, cada um reconhece a vocação e a missão do outro, e ambos se sentem inseridos num mesmo projeto de salvação. O protesto de João é o reconhecimento de que Jesus não tinha pecados e de que é ele o autor do verdadeiro batismo (cf. v. 14). As palavras de Jesus, suas primeiras no Evangelho de Mateus, contêm a síntese programática da sua missão: o verbo “cumprir” e o substantivo “justiça” (v. 15). Essas duas palavras sintetizam o projeto de salvação de Deus que Jesus veio realizar. “Cumprir” não significa simplesmente executar ações, mas levar à plenitude, fazendo bem-feito; “justiça”, biblicamente, é a conformidade à vontade de Deus, levando sempre em consideração sua predileção pelos pobres e marginalizados.

A abertura do céu e a descida do Espírito Santo pousando sobre Jesus (cf. v. 16) significam a comunhão plena entre o divino e o humano que o Cristo veio realizar; é a reconciliação entre o céu e a terra, ou seja, entre Deus e a humanidade pecadora. A voz do Pai que ressoa do céu é a confirmação disso (cf. v. 17). O Pai pôs seu agrado no Filho porque sabe que este realiza plenamente sua vontade. Toda a vida de Jesus foi caracterizada pela solidariedade e pelo amor, sobretudo para com os pecadores, e é nisso que consiste o cumprimento da justiça e da vontade do Pai.

  1. PROFISSÃO DE FÉ
  2. Ser batizado é ser revestido de Cristo. É tornar-se pessoa nova. É inaugurar um novo modo de viver e se relacionar com todos. Apresentemos ao Senhor nossa vocação de viver o Batismo.

– O dirigente convida para acender as velas terminado o gesto de acender as velas, reza-se:

Creio em Deus Pai…

  1. PRECES DA ASSEMBLÉIA

PR: Bendizendo o Senhor que abriu o céu para todos os seus filhos e filhas, elevemos nossas orações com confiança:

T – Abençoai-nos Senhor com o Teu Espírito.

  1. Pela Igreja, seus ministros e ministras, para que acolham com amor a todos e todas que buscam o Cristo, peçamos com confiança.

T – Abençoai-nos Senhor com o Teu Espírito.

  1. Pelos pais e padrinhos que se preparam para o Batismo, que vivam com fé os ensinamentos recebidos, peçamos com confiança.
  2. Pelos jovens e adultos que procuram o Batismo, para que seja acolhidos de forma fraterna e vivam os ensinamentos do Cristo, peçamos com confiança.
  3. Por nossa comunidade, para sejam casa de acolhida para todos e todas que procuram o Cristo, peçamos com confiança.

PR.: Ouvi, ó Deus, com bondade as orações da Vossa Igreja e, mantendo-nos em comunhão convosco, alcancemos Vossas graças e bênçãos. Por Cristo, nosso Senhor.

AS.: Amém.

LOUVOR E AÇÃO DE GRAÇAS

 

Ani. Tendo participado da mesa da Palavra, participemos agora da mesa da Eucaristia, façamos nossa oferta material.

 

  1. CANTO DAS OFERTAS

1-Cristãos vinde todos, com alegres cantos. Oh! vinde,        Oh! vinde até Belém. Vede nascido Vosso Rei  eterno.

Oh! vinde adoremos,   oh! vinde adoremos,

oh! vinde adoremos o    sal…va..dor,

  1. Humildes pastores deixam seus rebanhos e alegres acorrem ao Rei dos céus. Nós igualmente, cheios de alegriia.
  2. Nasceu em pobreza, repousando em palhas, o nosso afeto lhe vamos  dar, tanto amou-nos!  Quem não há de amá-lo?
  3. A estrela do oriente conduziu os magos e a este mistério envolve em luz/ tal claridade, também   seguiremos.

 

  1. LOUVAÇÃO E AÇÃO DE GRAÇAS

Enquanto o Ministro da Sagrada Comunhão traz o Pão consagrado e coloca sobre o altar, pode se entoado um canto de louvação

Em seguida o Presidente continua..

  1. O Senhor esteja com vocês.
  2. Ele está no meio de nós!
  3. Demos graças ao Senhor, nosso Deus.
  4. É nosso dever e nossa salvação!
  5. Nós Vos agradecemos, ó Deus da vida! Neste Domingo nos acolheis na comunhão do Vosso amor. Renovai nossos corações com a alegria da ressurreição de Jesus. De Vós recebemos a cada dia as provas do vosso amor.
  6. Confirmai-nos, ó Deus, em vosso Espírito!
  7. A criação inteira Vos bendiz pela ressurreição de Jesus. Ela renova todas as coisas. Com Ele acreditamos que o Vosso Reino chegará a nossa terra.
  8. Confirmai-nos, ó Deus, em vosso Espírito!
  9. Nossa louvação chegue até Vós quando recordamos, em Cristo, nosso Batismo. Ele nos deu prova que é possível viver o Reino em nosso meio. Mostrou-nos que pelo Batismo somos agraciados pelo dom do Espírito. Nele e por Ele podemos anunciar a todos a alegria do Evangelho.
  10. Confirmai-nos, ó Deus, em vosso Espírito!
  11. Aceitai Senhor nossos louvores. Que cantemos sempre Vossa bondade e misericórdia para conosco. Por Cristo, nosso Senhor. Amém.

Rezemos com amor e confiança….

AS.: Pai Nosso…

 

  1. RITO DE COMUNHÃO

 

MESC: Provai e vede como o Senhor é bom. Feliz de quem Nele encontra o seu refúgio.

 

MESC: Eis o Cordeiro de Deus, que tira o pecado do mundo!

AS.: Senhor, eu não sou digno(a)…

  1. CANT0 DE COMUNHÃO

Sim, eu quero que a luz de Deus que um dia em mim brilhou, / jamais se esconda e não se apague em mim o seu fulgor. / Sim, eu quero que o meu amor ajude o meu irmão / a caminhar guiado por tua mão, / em tua lei, em tua luz, Senhor!

  1. Esta terra, os astros, o sertão em paz,/ esta flor e o pássaro feliz que vês / não sentirão, não poderão jamais viver / esta vida singular que Deus nos dá.
  2. Em minh’alma cheia do amor de Deus, / palpitando a mesma vida divinal, / há um esplendor secreto do Infinito Ser, / há um profundo germinar de eternidade.
  3. Quando eu sou um sol a transmitir a luz / e meu ser é templo onde habita Deus, / todo o céu está presente dentro em mim, / envolvendo-me na vida e no

calor.

  1. Esta vida nova, comunhão com Deus, / no Batismo, aquele dia, eu recebi; / vai aumentando, sempre e vai me transformando / até que Cristo seja todo o meu viver.

 

  1. ORAÇÃO DEPOIS DA COMUNHÃO

PR.: OREMOS: Nutridos pelo vosso sacramento, dai-nos, ó Pai, a graça de ouvir fielmente o vosso Filho amado, para que, chamados filhos de Deus, nós o sejamos de fato. Por Cristo, nosso Senhor.T. Amém.

  1. AVISOS

 

  1. BENÇÃO FINAL
  2. O Senhor esteja convosco.
  3. Ele está no meio de nós.
  4. Concedei, ó Deus, aos vossos filhos e filhas, vossa assistência e vossa graça: dai-lhes saúde de alma e corpo, fazei que se amem como irmãos e estejam sempre a vosso serviço. Por Cristo, nosso Senhor.
  5. Amém.
  6. Abençoe-vos Deus todo-poderoso, Pai e Filho = e Espírito Santo.
  7. Amém.
  8. Glorificai o Senhor com vossa vida; ide em paz e o Senhor vos acompanhe.
  9. Graças a Deus.

 

  1. CANTO FINAL

1.Pelo batismo recebi uma missão, vou trabalhar pelo reino do Senhor \ Vou anunciar o Evangelho para os povos. Vou ser, profeta, sacerdote, rei, pastor. Vou anunciar a Boa nova de Jesus, como profeta recebi esta missão, Onde eu for serei fermento, sal e luz, Levando a todos a mensagem de cristão.

 

  1. O Evangelho não pode ficar parado, vou anunciá-lo, esta é a minha obrigação. A messe é grande e precisa de operários,vou cooperar na evangelização. Sou mensageiro enviado do Senhor, onde houver trevas irei levar a luz. Também direi a todos que Deus é Pai, anunciando a mensagem de Jesus.

 

  1. Quem perguntar porque Jesus veio ao mundo, eu vou dizer: foi pra salvar a humanidade, Pra libertar o homem da escravidão, e dar a ele uma nova oportunidade, Pois os profetas já vinham anunciando, a sua vida e qual a finalidade: Jesus, profeta, sacerdote, rei, pastor, veio ensinar-nos o caminho da verdade. –

 

  1. Mesmo sofrendo calúnia e perseguição, vou procurar viver em comunidade. Onde houver ódio, vingança e injustiça, quero levar o amor e a caridade. Sou missionário e por isso vou lutar, para levar meus irmãos à eternidade, Vamos louvar e bendizer o nosso Deus, vivendo juntos a nossa fraternidade.

 

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui