Roteiro e reflexão do 4º Domingo do Advento

833

4º DOMINGO DO ADVENTO

22 de dezembro de 2019

Vamos continuar a montagem do Presépio, destacar a Coroa do Advento.

Céus, deixai cair o orvalho, nuvens, chovei o justo; abra-se a terra, e brote o Salvador! (Is 45,8)

REFRÃO

Ó vem, Senhor, não tardes mais!

Vem Saciar nossa Sede de Paz!

Ani.E chegamos ao quarto domingo do Advento. Em nossa preparação para a visita de nosso Deus, precisamos ficar atentos aos sinais dos tempos, ao que nosso Deus nos revela por meio de seus filhos e filhas. Hoje, como José, somos chamados a acolher Jesus, como nosso irmão e salvador. O que diremos? Como vamos acolher este Menino que vem transformar a nossa história? Nos deixemos ser transformados pela ação libertadora do Emanuel, Deus que vem habitar em nosso meio e nos quer homens e mulheres, livres e dispostos ao seu chamado de irradiar vida para todos e todas. Cantemos.

RITOS INICIAIS

  1. CANTO DE ENTRADA

Ouve-se na terra um grito, Do povo um grande clamor (senhor, abre os céus, Que as nuvens chovam o salvador!).

  1. Éum só canto de amor e esperança. Que a terra mãe germinando contém! A ti, senhor, nós clamamos: ( Vem, senhor Jesus, vem!).
  2. mesmo se as guerras destroem a terra, Pondo em perigo a paz e o bem, Que a nossa voz não se canse (vem, senhor Jesus, vem!).
  3. vem reunir hoje as tuas igrejas, A tua prece rezamos também, O nosso amor sempre espere

(vem, senhor Jesus, vem!).

  1. ACOLHIDA E SAUDAÇÃO

PR: Em nome do Pai e do Filho e do Espírito Santo

ASS: Amém

PR:Irmãos e irmãs, o Senhor está perto! Que sua paz esteja com vocês!

ASS: Bendito seja Deus que nos reuniu no amor de Cristo.

  1. ACENDIMENTO DA VELA DA COROA

Ani.Acendemos hoje a última vela da Coroa do Advento. Jesus está a caminho de nossacasa. Preparemo-nos de forma imediata para receber Cristo-Luz do mundo em nossoscorações e em nossas famílias.

(alguém ascende a ultima vela)

  1. Oração: Senhor, acendemos as velas desta coroa para que possamos prepararnossos corações para o advento do vosso Filho. Protegei-nos dos maus que dominam esta terra einflamai nossos corações a uma contínua conversão de vida, para que, servindo a Vósem nossos irmãos e irmãs, possamos ir ao encontro do nossoSalvador, Jesus Cristo, que vive e reina na unidade do Espírito Santo.

TODOS: Amém.

O presidente pode acolher a todos e falar, em breves palavras do sentido da celebração. Se for possível, as pessoas podem dizer as situações que são sinais da vinda de Jesus ou que estão a clamar por sua vinda.

  1. ATO PENITENCIAL:

PR.Irmãos e irmãs, neste tempo depreparação e próximos de celebrarmos a vinda do Libertador, reconheçamos ser pecadores e invoquemoscom confiança a misericórdia do Pai.(Silêncio)

  1. Senhor, que vindes visitar vossopovo na paz, tende piedade de nós.
  2. Senhor, tende piedade de nós.
  3. Cristo, que vindes salvar o que estava perdido, tende piedade de nós.
  4. Cristo, tende piedade de nós.
  5. Senhor, que vindes criar um mundo novo, tende piedade de nós.
  6. Senhor, tende piedade de nós.
  7. Deus, Pai todo-poderoso, tenhacompaixão de nós, perdoe os nossospecados e nos conduza à vida eterna.
  8. Amém.

5 ORAÇÃO DO DIA

PR.:Derramai, ó Deus, a vossa graça em nossos corações para que, conhecendo pela mensagem do anjo a encarnação do vosso Filho, cheguemos, por sua paixão e cruz, à glória da ressurreição. Por Nosso Senhor Jesus Cristo, Vosso Filho, na unidade do Espírito Santo.

AS.: Amém.

LITURGIA DA PALAVRA

  1. PRIMEIRA LEITURA – Isaías 7,10-14

Leitura do profeta Isaías.

  1. SALMO – 23/24

O rei da glória é Senhor onipotente;

abri as portas para que ele possa entrar!

  1. SEGUNDA LEITURA – Romanos 1,1-7

Leitura da carta de são Paulo aos Romanos.

  1. ACLAMAÇÃO AO EVANGELHO

Aleluia, aleluia, aleluia.

Eis que a virgem conceberá e dará à luz um filho. Chamar-se-á Emanuel, que significa: Deus conosco (Mt 1,23).

  1. EVANGELHO – Mateus 1,18-24

Proclamação do Evangelho de Jesus Cristo segundo Mateus

  1. HOMILIA\REFLEXÃO

A Realidade

Dizem os teóricos do capitalismo: ninguém faz nada sem interesse. O padeiro levanta de madrugada todo dia para fazer pão, não para servir ou agradar os clientes, mas para ganhar dinheiro. Ninguém faz nada sem interesse, é o interesse que move o mundo, é a energia do lucro e da vantagem individual que faz funcionar a máquina da sociedade.

A Palavra

Todo filho traz à mãe a lembrança do pai. A Maria, porém, Jesus não lembra José, lembra o Espírito de Deus, não lembra uma experiência vivida com o marido, lembra Deus que a quis. Seu amor ao filho não passa pelo amor do marido, vai direto ao Filho. Seu amor a Jesus é isento que qualquer segundo interesse, é totalmente puro.

O filho da virgem mãe será chamado Emanuel. No diálogo de Isaías com Acaz (1ª. Leitura) esse nome poderia lembrar apenas um grito de guerra. Aqui tem significado pleno. Ele é Deus conosco, não apenas para nos dar ânimo, como a aclamação guerreira pretendia, mas é a presença de Deus no meio da humanidade, é Deus que vem caminhar com a gente.

José era um homem justo. Sua justiça, porém, não se reduzia àquela coisa pequenina de só ver a lei. Se só visse a lei, teria denunciado Maria publicamente. Sua justiça, muito além da lei, era reger-se pelos critérios de Deus, pai de todos, que respeita a todos, que entende e compreende todos. Sua justiça superava “a justiça dos escribas e fariseus”.

Maria passa quase despercebida. É a figura principal e a gente quase nem nota. É a figura principal exatamente por isso, porque não pretende aparecer, não está em busca dos holofotes nem das câmeras. É a figura principal porque foi na sua humildade, em todos os sentidos, que Deus quis se fazer presente na humanidade.

Nosso amor não é puro, nada fazemos sem um pouco de interesse próprio, sem uma ou mais segundas intenções. A fecundidade de Maria é tão grande a ponto de gerar Deus, porque é virginal, porque é pura, isenta de qualquer segunda intenção.

O Mistério

Na Eucaristia celebramos a entrega desinteressada que Jesus faz de si mesmo à mais humilhante das mortes. Servindo sem buscar ser servido, ele abre o caminho para a partilha desinteressada da comunhão. Com ele celebramos a virgindade fecunda de Maria

  1. PROFISSÃO DE FÉ
  2. PRECES DA ASSEMBLÉIA

PR:Irmãos e irmãs, nos aproximamos da celebração que marca a visita de nosso Deus em nossas casas por meio de seu filho Jesus. Peçamos ao Pai que estejamos sempre preparados para a vinda do salvador e nos dê a força necessária para a construção do Reino. Por isso rezemos juntos:

  1. Vem Senhor, vem libertar o seu povo.
  2. Senhor nosso Deus, fortalece nossa comunidade, para que seja uma casa aberta a todos e todas que necessitam de nossa acolhida e solidariedade, rezemos juntos.
  3. Senhor nosso Deus, fortaleça nossos Ministros ordenados, para que como bons pastores, orientem o seu rebanho na busca da fraternidade universal, rezemos juntos.
  4. Senhor nosso Deus, fortaleça nossos Ministros leigos, coordenadores e agentes de pastoral, a fim de que sejam bons testemunhos do Cristo Jesus, como sal e luz para o mundo, rezemos juntos.
  5. Senhor nosso Deus, nos possibilite viver dignamente este momento de preparação e nos torne dignos do encontro com o Teu filho que Vem, rezemos juntos.

PR.: Pai, acolha as orações de vosso povo, Tu que és Deus Conosco, e vive para sempre. AS.: Amém.

LOUVOR E AÇÃO DE GRAÇAS

Ani. Tendo participado da mesa da Palavra, participemos agora da mesa da Eucaristia, façamos nossa oferta material.

  1. CANTO DAS OFERTAS

A nossa oferta apresentamos no altar

e te pedimos vem Senhor, nos libertar.

 

A chuva molhou a terra/ o homem plantou um grão

A planta deu flor e frutos/ do trigo se fez o pão.

 

O homem plantou videiras/ cercou-as com seu carinho

da vinha brotou a uva/ da uva se fez o vinho.

 

Os frutos da nossa terra/ e as lutas dos filhos teus

serão, pela tua graça/ pão vivo que vem dos céus.

 

Recebe, Pai, nossas vidas/ unidas ao pão e vinho

e vem conduzir teu povo/ guiando-o no teu caminho.

  1. LOUVAÇÃO E AÇÃO DE GRAÇAS
  2. Irmãos é muito bom louvar a Deus, fiel e bondoso. Desde o começo do mundo, Tu te revelaste aos antigos pais e mães de nossa fé como Deus santo e amigo da humanidade. Por meio dos profetas, falaste ao povo da primeira aliança e tuas palavras se cumpriram em Jesus teu filho amado, a quem esperamos.

ASS. Vem, vem Senhor Jesus.

  1. João Batista lá no deserto, apontou para nós o messias e deu testemunho de sua luz. Maria, recebendo o anúncio do anjo, ficou gravida do Verbo. E tuas palavras se cumpriram na plenitude dos tempos pela vinda de Jesus Cristo, nosso salvador!

ASS. Vem, vem Senhor Jesus.

PR.Hoje teu povo reunido em louvação é sinal de que teu reino está chegando. Acolhe nosso desejo de sermos unidos em Jesus Cristo e de vermos brilhar em nossa humanidade o esplendor da sua luz.

ASS. Vem, vem Senhor Jesus.

  1. PR. Apressa o tempo da vinda de Teu Reino. Recebe o louvor de todo o universo e a prece que elevamos a Ti com as palavras que Cristo nos ensinou:

AS.: Pai Nosso…

  1. RITO DE COMUNHÃO

MESC:Relembrando de Jesus que, muitas vezes, reuniu-se com os seus para comer e beber, revelando que o teu reino havia chegado, nós também nos alegramos com Ele neta mesa.

MESC:Eis o Cordeiro de Deus, que tira o pecado do mundo!

AS.: Senhor, eu não sou digno(a)…

  1. CANT0 DE COMUNHÃO

Da cepa brotou a rama,/ Da rama brotou a flor,

Da flor nasceu Maria,/ De Maria, o Salvador (bis).

1-O Espírito de Deus/ Sobre ele pousará/De saber, de entendimento/Este Espírito será/ De conselho e fortaleza/De ciência e de temor/Achará sua alegria/ No temor do seu Senhor.

2- Não será pela ilusão/ Do olhar, do ouvir falar/Que ele irá julgar os homens/Como é praxe acontecer/ Mas os pobres desta terra/  Com justiça julgará/ e dos fracos o direito/Ele é quem defenderá.

3- A palavra de sua boca/ Ferirá o violento/E o sopro de seus lábios/Matará o avarento/ A justiça é o cinto/

Que circunda a sua cintura/E o manto da lealdade/ É a sua vestidura.

4- Neste dia, neste dia/ O incrível, verdadeiro/Coisa que nunca se viu/Morar lobo com cordeiro/ A comer do mesmo pasto/Tigre e boi, burro e leão/Por um menino guiados/ Se confraternizarão.

5- Um menino, uma criança/ Com as feras a brincar/E nenhum mal nenhum dano/Mais na terra se fará/ Da ciência do Senhor/Cheio o mundo estará/Como o sol inunda a terra/ E as águas enchem o mar.

6- Neste dia, neste dia/ O Senhor estenderá/Sua mão libertadora/Pra seu povo resgatar/ Estandarte para os povos/O Senhor levantará/A seu povo, a sua Igreja/ Toda a terra acorrerá.

7- A inveja, a opressão/ Entre irmãos se acabará/E a comunhão de todos/O inimigo vencerá/  Poderosa mão de Deus/Fez no Egito o mar secar/Para o resto do seu povo/ Um caminho abrirá.

  1. ORAÇÃO DEPOIS DA COMUNHÃO

PR.: Ó Deus todo-poderoso, tendo nós recebido o penhor da eterna redenção, fazei que, ao aproximar-se a festa as salvação, nos preparemos com maior empenho para celebrar dignamente o mistério do vosso Filho. Que vive e reina para sempre.

AS.: Amém.

  1. AVISOS
  1. BENÇÃO FINAL
  2. O Deus da paz nos santifique totalmente e nos mantenha vigilantes para o dia da vinda de nosso Senhor Jesus Cristo, agora e sempre.

ASS. Amém

  1. Abençoe-nos o Pai e o Filho e o Espirito Santo.

ASS. Amém

  1. Vamos em paz e o Senhor nos acompanhe.

ASS. Graças a Deus.

  1. CANTO FINAL

1-Um pouco além do presente, alegre o futuro anuncia,

a fuga das sombras da noitea luz de um bem novo dia:

Venha teu reino Senhor, a festa da vida recria,a nossa espera e ardor/  transforma em plena alegria.Aê, aê, aê, aê, aê.

2- Botão de esperança se abre, prenuncio da flor que se faz, promessa da sua presença,  que vida abundante nos traz

 

Fonte: Celebração da Palavra no Dia do Senhor

Roteiro de Celebração 1

Ir. Penha Carpanedo, pddm

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui