Roteiro e reflexão do 3º Domingo da Quaresma

375

Organizado por Vasco Lagares – Diocese de Itabira/Cel. Fabriciano

Reflexão bíblica – Padre José Luis Gonzaga do Prado

REFRÃO

Senhor, dá-me de beber\ uma água pura que me faz viver! (bis)

Ani. Irmãos e irmãs, a liturgia deste domingo reafirma a presença de Deus em nossa história. Ele caminha conosco e nos sacia, como fonte de vida eterna. Enquanto filhos e filhas de Deus, somos chamados a sermos presença viva de seu amor junto aos nossos irmãos e irmãs. Como a samaritana que, ouvindo e acolhendo a mensagem de Jesus, foi aos seus para anunciá-la, somos chamados a sermos mensageiros da vida nova que conhecemos e experimentamos em Cristo, para aqueles que precisamos nos fazer próximos. Nossa vida deve ser de entrega ao serviço pelos irmãos e por toda a criação. Somos chamados a ver a realidade que nos cerca, sentir compaixão e promover o cuidado com os que precisam. Cremos que Jesus é fonte de água viva, que sacia nossa sede e nos dá a vida. É com este espírito que celebramos hoje, cantando.

RITOS INICIAIS

CANTO DE ENTRADA

Eis o tempo de conversão

Eis o dia da salvação

Ao Pai voltemos, juntos andemos

Eis o tempo de conversão!

  1. Os caminhos do Senhor

São verdade, são amor

Dirigi os passos meus

Em vós espero, ó Senhor!

Ele guia ao bom caminho

Quem errou e quer voltar

Ele é bom, fiel e justo

Ele busca e vem salvar

 

  1. Viverei com o Senhor

Ele é meu sustento

Eu confio, mesmo quando

Minha dor não mais aguento

Tem valor aos olhos seus

Meu sofrer e meu morrer

Libertai o vosso servo

E fazei-o reviver!

 

  1. A palavra do Senhor

É a luz do meu caminho

Ela é vida, é alegria

Vou gravá-la com carinho

Sua lei, seu mandamento

É viver a caridade

Caminhemos todos juntos

Construindo a unidade!

ACOLHIDA E SAUDAÇÃO

PR: Em nome do Pai e do Filho e do Espírito Santo.

ASS: Amém

PR:A graça e a paz de nosso Senhor Jesus Cristo, o amor de Deus nosso Pai e a comunhão do EspíritoSanto, estejam sempre convosco.

Todos: Bendito seja Deus que nos reuniu no amor de Cristo.

Quem preside faz a acolhida e em breves palavras introduz o sentido da celebração. Neste domingo é bom lembrar nosso compromisso batismal em favor da vida.

ATO PENITENCIAL

Irmãos e Irmãs, de coração contrito e humilde, aproximemo-nos do Deus justo e santo, para que tenha piedade de nós pecadores e, perdoados, vivamos como novas criaturas. silêncio.

PR.Senhor, que na água e no Espíritonos regenerastes à vossa imagem,tende piedade de nós.

  1. Senhor, tende piedade de nós.

PR.Cristo, que enviais o vosso Espírito para criar em nós um coraçãonovo, tende piedade de nós.

  1. Cristo, tende piedade de nós.

PR.Senhor, que nos tornastes participantes do vosso Corpo e do vossoSangue, tende piedade de nós.

  1. Senhor, tende piedade de nós.

PR.Deus todo-poderoso tenha com- paixão de nós, perdoe os nossos pecados e nos conduza à vida eterna.

Todos: Amém

ORAÇÃO DO DIA

  1. OREMOS: Ó Deus, fontede toda misericórdia e de toda bondade, vós nos indicastes o jejum, aesmola e a oração como remédiocontra o pecado. Acolhei esta confissão da nossa fraqueza, para que,humilhados pela consciência denossas faltas, sejamos confortadospela vossa misericórdia.. Por nosso Senhor Jesus Cristo, Vosso Filho, na unidade do Espírito Santo. T. Amém.

LITURGIA DA PALAVRA

PRIMEIRA LEITURA –Ex 17,3-7

Do Livro do Êxodo.

SALMO – 94 (95)

Refrão: Hoje não fecheis o vosso coração, mas ouvi a voz do Senhor!

SEGUNDA LEITURA – Rm 5,1-2.5-8

DaCarta de São Paulo aos Romanos.

ACLAMAÇÃO AO EVANGELHO

Louvor e glória a ti, Senhor, / Cristo, Palavra, Palavra de Deus, / Cristo, Palavra de Deus!

Na verdade, sois Senhor, o Salvador do mundo. Senhor, dai-me água viva a fim de eu não tersede!

EVANGELHO – Jo 4,5-42

Proclamação do Evangelho de Jesus Cristo segundo João.

A Realidade

O aquecimento global, causando o derretimento das grandes geleiras, faz subirem as águas dos mares que, nos litorais avançam sobre a terra. Os rios estão cada vez mais poluídos, os peixes que restam, morrendo aos milhares. Ma a produção não pode parar, senão é lucro cessante ou prejuízo na certa.

Por outro lado, ocorrem enchentes cada vez mais devastadoras. Enquanto isso, em muitos lugares não há água nem para o indispensável como a sede, a comida e a higiene.

A Palavra

Sem água, não há vida. Entrea saída da escravidão e a chegada à terra da liberdade (1ª L.) há um deserto seco a ser atravessado. Mas Deus tira água da pedra. O Salmo lembra que, na difícil travessia do deserto, somos tentados a desanimar e desistir.

O episódio da Samaritana, lido no Evangelho de hoje, tem como ponto de partida a água. A água de um poço que Jacó deixou para seus filhos é motivo para Jesus, maior que Jacó, falar de outra água, uma água símbolo do espírito (Jo 7,38-39) que se transforma em rio interior e que nos vem da sua morte-glorificação, saindo do flanco aberto, junto com o sangue-morte. A água viva é amor que gera amor.

Quando entende isso, a mulher abandona o seu cântaro – achou a verdadeira água – e se torna missionária, vai falar aos senhores da Samaria e conduzi-los até Jesus. Os samaritanos tiveram no decorrer da história cinco deuses diferentes, agora seguiam Javé o Deus dos judeus, seu sexto “marido”.  Jesus é o sétimo, o definitivo. A Samaria torna-se cristã.

A primeira impressão sobre Jesus é de que ele é um judeu que não respeita os preconceitos. Por fim ele é chamado de Salvador do mundo.

O pensamento de Paulo (2ª L.) é claro: A humanidade é governada pelo egoísmo, que leva à morte. Só o amor verdadeiro nos recoloca no caminho da vida. O amor-espírito aparece quando Jesus, o santo e inocente, morre em favor dos pecadores e criminosos.

O Mistério

A Eucaristia é celebração do amor, da água-espírito que brota da cruz e se transforma em mina ou nascente de rio interior. O pão e o vinho partilhados são sacramento do sacrifício total de si em favor dos outros. Não temos coragem de nos sacrificar pelo outro como devemos, aqui encontramos a água que se transforma em fonte inesgotável de amor.

PROFISSÃO DE FÉ

PRECES DA ASSEMBLÉIA

  1. Irmãos caríssimos, roguemos a Deus, nosso Pai, para que nos sacie com a água viva que nos conduz ao seu Reino. Com fé peçamos juntos: Senhor, fonte de água viva, atendei-nos.

ASS.Senhor, fonte de água viva, atendei-nos.

  1. Por nossa Igreja, para que sendo fiel aos ensinamentos de Cristo, nos aproximemos dos irmãos e irmãs mais necessitados, com solidariedade, acolhida e inclusão. Rezemos.
  2. Por nossas comunidades, pastorais, movimentos e serviços, para sejam sinais da presença do Cristo, rezemos.
  3. Por cada um de nós aqui reunidos, para que saciados pela presença de Cristo, possamos assumir nosso compromisso de batizados e batizadas. Rezemos.

 

Façamos em comunidade a Oração da Campanha da Fraternidade 2020

Deus, nosso Pai, fonte da vida e princípio do bem viver,criastes o ser humano e lhe confiastes o mundo como um jardim a ser cultivado com amor.

Dai-nos um coração acolhedor para assumir a vida como dom e compromisso.Abri nossos olhos para ver as necessidades dos nossos irmãos e irmãs, sobretudo dos mais pobres e marginalizados.

Ensinai-nos a sentir a verdadeira compaixão expressa no cuidado fraterno, próprio de quem reconhece no próximo o rosto do vosso Filho.Inspirai-nos palavras e ações para sermos construtores de uma nova sociedade, reconciliada no amor.

Dai-nos a graça de vivermos em comunidades eclesiais missionárias, que, compadecidas, vejam, se aproximem e cuidem daqueles que sofrem,a exemplo de Maria, a Senhora da Conceição Aparecida, e de Santa Dulce dos Pobres, Anjo Bom do Brasil.

Por Jesus, o Filho amado, no Espírito, Senhor que dá a vida. Amém!

Ani. Tendo participado da mesa da Palavra, participemos agora da mesa da Eucaristia, façamos nossa oferta material.

CANTO DAS OFERTAS

Os cristãos tinham tudo em comum:

dividiam seus bens com alegria.

Deus espera que os dons de cada um,

se repartam com amor no dia a dia

Deus espera que os dons de cada um,

se repartam com amor no dia a dia.

 

  1. Deus criou este mundo para todos.

Quem tem mais é chamado a repartir

com os outros o pão, a instrução

e o progresso. Fazer o irmão sorrir.

 

  1. Mas, acima de alguém que tem riquezas,

‘stá o homem que cresce em seu valor.

E, liberto, caminha par Deus,

repartindo com todos o amor.

 

  1. No desejo de sempre repartirmos

nossos bens, elevemos nossa voz,

ao trazer pão e vinho para o altar,

em que Deus vai Se dar a todos nós.

LOUVAÇÃO E AÇÃO DE GRAÇAS

Enquanto o Ministro da Sagrada Comunhão traz o Pão consagrado e coloca sobre o altar, pode se entoado um canto de louvação

Em seguida o Presidente continua..

PR.O Senhor esteja com vocês.

Ass. Ele está no meio de nós!

PR.Demos graças ao Senhor, nosso Deus.

Ass. É nosso dever e nossa salvação!

PR.É um prazer para nós Pai de bondade, te louvar e te adorar. Tu nos dás a cada ano a graça de esperar com alegria a santa Páscoa. De coração purificado, entregues à oração e à prática do amor fraterno, preparamo-nos para celebrar os mistérios pascais, que nos deram vida nova e nos tornaram teus filhos e filhas.

Ass. Glória a ti, Senhor, graças e louvor!

PR.A Samaritana pediu: “Senhor, dá-me dessa água,para que eu não tenha mais sede…” Nós Vos damos graças, Senhor Jesus, Água viva, por saciarnossa sede de amor, justiça e paz.

Refrão: És água viva, és vida nova. E todo dia me batizas outra vez. Me fazes renascer, me fazes reviver, e eu quero água desta fonte de onde vens.

PR.Senhor nós Vos damos graças! Sois água viva,verdadeiro esposo e mestre da humanidade. Vóssois a fonte da sabedoria e da graça. Sois o Messias esperado!

Refrão: És água viva, és vida nova. E todo dia me batizas outra vez. Me fazes renascer, me fazes reviver, e eu quero água desta fonte de onde vens.

PR.Derrame sobre nós o teu Espírito recebe o louvor de todo o universo e de todas as pessoas que te buscam, para que possamos realizar em nosso mundo as obras que nos ensinastes e, promover uma verdadeira acolhida e  diálogo, eliminando todo preconceito eexclusão.

Ass. Glória a ti, Senhor, graças e louvor!

PR.Toda a nossa Louvação hoje chegue a Ti, em nome de Jesus, por quem oramos com as palavras que ele no ensinou:

AS.: Pai Nosso…

RITO DE COMUNHÃO

MESC: Quem vem a mim nunca mais terá fome e o que crê em mim nunca mais terá sede.  Eis o cordeiro de Deus, que tira o pecado do mundo!

AS.: Senhor, eu não sou digno(a)…

CANT0 DE COMUNHÃO

Eis o tempo de conversão,

eis o dia da salvação:

ao pai voltemos, juntos andemos.

Eis o tempo de conversão!

 

  1. Os caminhos do Senhor

são verdade, são amor:

dirigi os passos meus,

em vós espero, ó Senhor!

Ele guia ao bom caminho

quem errou e quer voltar.

Ele é bom, fiel e justo,

ele busca e vem salvar.

 

  1. Viverei com o Senhor:

ele é o meu sustento.

Eu confio, mesmo quando

minha dor não mais aguento.

Tem valor aos olhos seus,

meu sofrer e meu morrer:

libertai o vosso servo

e fazei-o reviver!

 

  1. A Palavra do Senhor

é a luz do meu caminho;

ela é vida, é alegria:

vou guardá-la com carinho.

Sua lei, seu mandamento

é viver a caridade:

caminhemos todos juntos,

construindo a unidade!

ORAÇÃO DEPOIS DA COMUNHÃO

PR.: OREMOS: Ó Deus, tendorecebido o penhor do vosso mistério celeste, e já saciados na terracom o pão do céu, nós vos pedimosa graça de manifestar em nossa vidao que o sacramento realizou emnós. Por Cristo, nosso Senhor.T. Amém.

AVISOS

BENÇÃO FINAL

PR.O Senhor esteja convosco.

Ass: Ele está no meio de nós.

PR.Deus, Pai de misericórdia, conceda a todos vós, como concebeu ao filho pródigo, a alegria do retorno à casa.

Ass: Amém.

PR.O Senhor Jesus Cristo, modelo de oração e de vida, vos guie nesta caminhada quaresmal a uma verdadeira conversão.

Ass: Amém.

PR.O Espírito de sabedoria e fortaleza, vos sustente na luta contra o mal, para poderdes com Cristo celebrar a vitória da Páscoa.

Ass: Amém.

PR.Abençoe-vos Deus todo-poderoso, Pai e Filho + e Espírito Santo.

Ass: Amém.

PR.Ide em paz e que o Senhor vos acompanhe.

Ass. Graças a Deus

CANTO FINAL

  1. Deus de amor e de ternura, contemplamos / este mundo tão bonito que nos deste. / Desse Dom, fonte da vida, recordamos: cuidadores,/ guardiões tu nos fizeste.

Peregrinos, aprendemos nesta estrada / o que o “bom samaritano” ensinou: / Ao passar por uma vida ameaçada, / Ele a viu, compadeceu e cuidou.

  1. Toda vida é um presente e é sagrada, / seja humana, vegetal ou animal./ É pra sempre ser cuidada e respeitada,/ desde o início até seu termo natural.
  2. Tua glória é o homem vivo, Deus da Vida; / ver felizes os teus filhos, tuas filhas;/ é a justiça para todos, sem medida; / É formarmos, no amor, bela Família.
  3. Mata a vida o vírus torpe da ganância, / da violência, da mentira e da ambição. / Mas também o preconceito, a intolerância. / O caminho é a justiça e conversão.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui