Roteiro e reflexão do 2º Domingo da Quaresma

610

 

REFRÃO

Misericórdia, Senhor, Misericórdia! Misericóoordia! (2x)

Ani. Irmãos e irmãs, nesta Quaresma, somos chamados a refletir sobre o nosso olhar e nosso agir diante dos irmãos e irmãs que encontramos em nosso caminho. Somos chamados a nos fazer próximos deles. Isto implica sair de nossa zona de conforto, de nos desinstalarmos. Estas ações não se tratam de obras apenas pessoais, mas, um chamado de Deus para que todos tenham vida e a tenha em plenitude. Por isso, precisamos “descer a  montanha’, ou na linguagem de nossa Igreja no Brasil, “ser igreja em saída”, para promovermos a vida para todos. É com este espírito que celebramos hoje, cantando.

 

RITOS INICIAIS

CANTO DE ENTRADA

Juntos como irmãos,

membros da Igreja,

vamos caminhando,

vamos caminhando,

juntos como irmãos,

ao encontro do Senhor!

 

  1. Somos povo que caminha

num deserto como outrora,

lado a lado sempre unido,

para a Terra Prometida.

 

  1. Na unidade caminhemos:

foi Jesus quem nos uniu.

Nosso Deus hoje louvemos:

seu amor nos reuniu.

 

  1. A Igreja está em marcha:

a um mundo novo vamos nós,

onde reinará a paz,

onde reinará o amor.

 

ACOLHIDA E SAUDAÇÃO

PR: Em nome do Pai e do Filho e do Espírito Santo.

ASS: Amém

PR: A graça e a paz de Deus nosso Pai, o amor de Jesus Cristo pela ação do Espírito Santo estejam sempre convosco

ASS: Bendito seja Deus que nos reuniu no amor de Cristo.

Quem preside faz a acolhida e em breves palavras introduz o sentido da celebração. Neste domingo é bom lembrar o dia Internacional da Mulher. O que é preciso transfigurar para que as mulheres tenham sua vida respeitada? Que mulheres marcaram nossa caminhada eclesial?

ATO PENITENCIAL

Irmãos e Irmãs, de coração contrito e humilde, aproximemo-nos do Deus justo e santo, para que tenha piedade de nós pecadores.. silêncio

PR.Tende compaixão de nós, Senhor.

Ass: Porque somos pecadores.

PR.Manifestai, Senhor, a vossa misericórdia.

Ass: E dai-nos a vossa salvação.

PR: Deus de ternura e misericórdia tenha compaixão de nós, perdoe os nossos pecados, e nos conduza à vida eterna. Ass: Amém.

 

PR:Senhor, tende piedade de nós.

Ass: Senhor, tende piedade de nós.

PR: Cristo, tende piedade de nós.

Ass: Cristo, tende piedade de nós.

PR: Senhor, tende piedade de nós.

Ass: Senhor, tende piedade de nós.

 

ORAÇÃO DO DIA

  1. OREMOS: Ó Deus, que nos mandastes ouvir o Vosso Filho amado, alimentai o nosso espírito com a Vossa palavra, para que, purificado o olhar de nossa fé, nos alegremos com a visão da Vossa glória. Por nosso Senhor Jesus Cristo, Vosso Filho, na unidade do Espírito Santo. T. Amém.

LITURGIA DA PALAVRA

 

PRIMEIRA LEITURA –Gn 12,1-4a

Do Livro do Gênesis.

 

SALMO – 32(33)

Refrão: Sobre nós venha, Senhor, a vossa graça, venha a vossa salvação!

 

SEGUNDA LEITURA – 2Tm 1,8b-10

Da Segunda Carta de São Paulo aTimóteo.

ACLAMAÇÃO AO EVANGELHO

Louvor e glória a ti, Senhor, / Cristo, Palavra, Cristo, Palavra, / Cristo, Palavra de Deus!

Numa nuvem resplendente fez-se ouvir a voz doPai: Eis meu filho muito amado, escutai, todos vós!

EVANGELHO – Mt 17,1-9

Proclamação do Evangelho de Jesus Cristo segundo Mateus.

HOMILIA

A Realidade

Na Alemanha do pós-guerra, o correto, o educado era comer tudo o que ia à mesa. Sobrar algum alimento, dizia-se, era provocar tempestade. Sempre se perguntava quem iria comer o último pedaço, o último bocado.

Entre nós o “educado” é sobrar. Não sobrar daria a impressão de miséria, tanto no sentido de pobreza, como de economia extrema. Moderação, austeridade, controle do próprio consumo, parece pecado, é proibido “ficar com vontade”. A consequência disso é o desperdício, a porcentagem alta de produtos que vai para o lixo. E já não se sabe mais o que fazer do lixo.

A Palavra

Jesus está subindo para o confronto final com os inimigos, o complô entre os poderes religioso e civil que vai levá-lo à morte de cruz. Começa a explicar isso, mas Pedro, que acabara de confessar a fé dos discípulos, foi o primeiro a não admitir a ideia de fracasso humano, de cruz, de sacrifício. Jesus que o tinha dito bem-aventurado e inspirado por Deus, agora o chamou de satanás, de empecilho, de inimigo e tentador, e convidou todo o povo a segui-lo até a cruz.

O Evangelho de hoje mostra a realidade escondida por trás do aparente fracasso. Jesus leva Pedro, Tiago e João para verem na montanha, perto de Deus, a sua verdadeira glória. Jesus não é mais um profeta como Moisés e Elias. Filho amado de Deus é o Servo Sofredor dos quatro poemas de Isaías (42,1-7; 49,1-6; 50,4-9 e 52,13-53,12). É difícil entender, mas a ordem do Pai é que Jesus seja ouvido.

É difícil entender que o fracasso aparente leve à vitória, que a humilhação se torne glória, que o sacrifício livremente assumido abra o caminho da vida. Não é fácil engolir que a moderação, a austeridade, a pobreza livremente querida, é que podem salvar o planeta. Parece preferível ficar surdos a essas falas.

Na Primeira Leitura é da fraqueza de Abraão, migrante, velho e sem filhos, que se pode esperar a bênção da vida para a humanidade inteira. E a Segunda Leitura lembra que o caminho da vida foi aberto pelo Salvador Crucificado.

O Mistério

Na Eucaristia celebramos a glória da cruz, a vitória do fracassado, a força do fraco, difícil de engolir. Na pobreza dos sinais, vivemos a riqueza da mesa partilhada, sacramento da humanidade resgatada e do planeta salvo.

 

Padre José Luiz Gonzaga do Prado

 

PROFISSÃO DE FÉ

PRECES DA ASSEMBLEIA

  1. Irmãos caríssimos, roguemos a Deus, nosso Pai, que nos chama a renovar a aliança de filhos em Cristo Jesus, dizendo: Com a Vossa Palavra, conduze nossa caminhada.

ASS.Com a Vossa Palavra, conduze nossa caminhada.

  1. Pelo Papa Francisco, por nossa Igreja Particular, para que, vivendo os dons recebidos de Cristo, possamos transfigurar a vida de nossos irmãos e irmãs, rezemos com fé.
  2. Por nossa Comunidade, para que nesta Quaresma da fraternidade, possamos viver com fidelidade o ensinamento do cuidado e da misericórdia, rezemos com fé.
  3. Por nossa cidade, nosso pais, para que encontremos o caminho da justiça e da defesa da vida, superando a indiferença e a intolerância, rezemos com fé.
  4. Pelas mulheres, cujo dia hoje celebramos, tenham sua vida transfigurada pela ação do Espírito Santo, e vivam em um mundo com mais respeito, justiça e dignidade, rezemos com fé.

 

Façamos em dois coros a Oração da Campanha da Fraternidade 2020

Homens:Deus, nosso Pai, fonte da vida e princípio do bem viver,criastes o ser humano e lhe confiastes o mundo como um jardim a ser cultivado com amor.

Mulheres:Dai-nos um coração acolhedor para assumir a vida como dom e compromisso.Abri nossos olhos para ver as necessidades dos nossos irmãos e irmãs, sobretudo dos mais pobres e marginalizados.

Homens:Ensinai-nos a sentir a verdadeira compaixão expressa no cuidado fraterno, próprio de quem reconhece no próximo o rosto do vosso Filho.Inspirai-nos palavras e ações para sermos construtores de uma nova sociedade, reconciliada no amor.

Mulheres:Dai-nos a graça de vivermos em comunidades eclesiais missionárias, que, compadecidas, vejam, se aproximem e cuidem daqueles que sofrem,a exemplo de Maria, a Senhora da Conceição Aparecida, e de Santa Dulce dos Pobres, Anjo Bom do Brasil.

Todos. Por Jesus, o Filho amado, no Espírito, Senhor que dá a vida. Amém!

Ani. Tendo participado da mesa da Palavra, participemos agora da mesa da Eucaristia, façamos nossa oferta material.

CANTO DAS OFERTAS

Sabes,     Senhor, o que temos é tão pouco pra dar.

Mas este pouco, nós queremos com os irmãos compartilhar.

  1. Queremos nesta hora, diante dos irmãos,Comprometer a vida, buscando a união.
  2. Sabemos que é difícil, os bens compartilhar;Mas com a tua graça, Senhor, queremos dar.
  3. Olhando teu exemplo, Senhor, vamos seguir, Fazendo o bem a todos, sem nada exigir.

LOUVAÇÃO E AÇÃO DE GRAÇAS

Enquanto o Ministro da Sagrada Comunhão traz o Pão consagrado e coloca sobre o altar, pode se entoado um canto de louvação

Em seguida o Presidente continua..

PR.O Senhor esteja com vocês.

Ass. Ele está no meio de nós!

PR.Demos graças ao Senhor, nosso Deus.

Ass. É nosso dever e nossa salvação!

PR.É um prazer para nós Pai de bondade, te louvar e te adorar. Tu nos dás a cada ano a graça de esperar com alegria a santa Páscoa. De coração purificado, entregues à oração e à prática do amor fraterno, preparamo-nos para celebrar os mistérios pascais, que nos deram vida nova e nos tornaram teus filhos e filhas.

Ass. Glória a ti, Senhor, graças e louvor!

PR.Relembrando de Jesus que muitas vezes reuniu-se com os seuspara comer e beber, revelando que o teu reino havia chegado,nós também nos alegramos com ele em nossa mesa, para qual chamastes a todos e todas.

Ass. Glória a ti, Senhor, graças e louvor!

PR.Derrame sobre nós o teu Espírito recebe o louvor de todo o universo e de todas as pessoas que te buscam, para que possamos realizar em nosso mundo as obras que nos ensinastes.

Ass. Glória a ti, Senhor, graças e louvor!

PR.Toda a nossa Louvação hoje chegue a Ti, em nome de Jesus, por quem oramos com as palavras que ele no ensinou:

AS.: Pai Nosso…

RITO DE COMUNHÃO

MESC: Quem vem a mim nunca mais terá fome e o que crê em mim nunca mais terá sede.  Eis o cordeiro de Deus, que tira o pecado do mundo!

AS.: Senhor, eu não sou digno(a)…

CANT0 DE COMUNHÃO

Este é meu Filho muito amado:

Escutai-o todos vós!”

Então o vosso coração se alegrará,

e em vossos olhos brilhará a sua luz!

01 – A beleza da glória celeste

Que a Igreja esperando procura,

Cristo a mostra no alto do monte,

Onde mais que o sol claro fulgura.

 

02 – Este fato é nos tempos, notável:

Ante Pedro, Tiago e João,

Cristo fala a Moisés e a Elias

Sobre a sua futura Paixão.

 

03 – Testemunhas da lei, dos profetas

E da graça estando presentes,

Sobre o Filho, Deus Pai testemunha,

Vindo a voz duma nuvem luzente.

 

04 – Com a face brilhante de glória,

Cristo hoje mostrou no Tabor

O que Deus tem no céu preparado

Aos que o seguem, vivendo no amor.

 

ORAÇÃO DEPOIS DA COMUNHÃO

PR.: OREMOS: Nós comungamos, Senhor Deus, no mistério davossa glória e nos empenhamos emrender-vos graças, porque nos concedeis, ainda na terra, participardas coisas do céu. Por Cristo, nossoSenhor.T. Amém.

AVISOS

BENÇÃO FINAL

PR.O Senhor esteja convosco.

Ass: Ele está no meio de nós.

PR.Deus, Pai de misericórdia, conceda a todos vós, como concebeu ao filho pródigo, a alegria do retorno à casa.

Ass: Amém.

PR.O Senhor Jesus Cristo, modelo de oração e de vida, vos guie nesta caminhada quaresmal a uma verdadeira conversão.

Ass: Amém.

PR.O Espírito de sabedoria e fortaleza, vos sustente na luta contra o mal, para poderdes com Cristo celebrar a vitória da Páscoa.

Ass: Amém.

PR.Abençoe-vos Deus todo-poderoso, Pai e Filho + e Espírito Santo.

Ass: Amém.

PR.Ide em paz e que o Senhor vos acompanhe.

Ass. Graças a Deus

 

CANTO FINAL

  1. Deus de amor e de ternura, contemplamos / este mundo tão bonito que nos deste. / Desse Dom, fonte da vida, recordamos: cuidadores,/ guardiões tu nos fizeste.

Peregrinos, aprendemos nesta estrada / o que o “bom samaritano” ensinou: / Ao passar por uma vida ameaçada, / Ele a viu, compadeceu e cuidou.

  1. Toda vida é um presente e é sagrada, / seja humana, vegetal ou animal./ É pra sempre ser cuidada e respeitada,/ desde o início até seu termo natural.
  2. Tua glória é o homem vivo, Deus da Vida; / ver felizes os teus filhos, tuas filhas;/ é a justiça para todos, sem medida; / É formarmos, no amor, bela Família.
  3. Mata a vida o vírus torpe da ganância, / da violência, da mentira e da ambição. / Mas também o preconceito, a intolerância. / O caminho é a justiça e conversão.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui