Roteiro e reflexão 6º Domingo do Tempo Comum

414

Por Vasco Lagares – Diocese de Itabira/Cel Fabriciano

REFRÃO 

Onde reina o amor, fraterno amor

Onde reina o amor, Deus aí, está.

 

Ani. Irmãos e irmãs, a liturgia deste domingo nos recorda a importância dos mandamentos, como um roteiro para a nossa caminhada. As Leis trazidas ao povo não devem ser um farto para a vida, sim, devem guiá-los a construção de uma sociedade nova, que defenda a vida em todas as suas expressões. Ao seguirmos fielmente o caminho indicado pelo Cristo, também somos chamados a criar um mundo baseado na liberdade, na justiça e no amor. Reiteramos neste domingo nosso compromisso com a vida, amando a todos como irmãos e irmãs.

RITOS INICIAIS

  1. CANTO DE ENTRADA

Nossos corações em festa / Se revestem de louvor, pois, aqui se manifesta / A vontade do Senhor     Que nos quer um povo unido / A serviço da missão             Animado e destemido / Por amor e vocação!

Cristo, Mestre e Senhor, Pois, eterno é seu amor       

Nesta fonte de água viva / Somos hoje seus convivas (Bis).         

Nossos passos já se encontram / A caminho do altar                Nossas vozes já decantam / O que vimos proclamar Neste mundo tão bonito / Mas que pede redenção Nosso “sim” ao Deus bendito / Por amor e vocação!

  1. ACOLHIDA E SAUDAÇÃO

PR: Acolhamos a presença amorosa de Deus em nosso meio. Em nome do Pai e do Filho e do Espírito Santo.

ASS: Amém

PR: A graça e a paz de Deus nosso Pai, o amor de Jesus Cristo e a comunhão com o Espírito Santo estejam sempre convosco

ASS: Bendito seja Deus que nos reuniu no amor de Cristo.

 

Quem preside faz a acolhida e em breves palavras introduz o sentido da celebração. Como a comunidade manifesta o amor de Deus neste mundo?

 

  1. ATO PENITENCIAL:
  2. Irmãos e Irmãs no dia em que celebramos a vitória de Cristo sobre o pecado e a morte, como manifestação total do amor de Deus, também nós somos convidados a construir uma sociedade baseada no amor. Como primeiro ato desta nova vida, reconheçamo-nos necessitados da misericórdia do Pai e peçamos o perdão, para que o amor se manifeste onde estivermos. (silêncio)
  3. Confessemos os nossos pecados:

ASS. Confesso a Deus Todo-Poderoso e a vós, irmãos, que pequei muitas vezes por pensamentos e palavras, atos e omissões, por minha culpa, minha tão grande culpa. E peço à Virgem Maria, aos Anjos e Santos, e a vós, irmãos, que rogueis por mim a Deus, Nosso Senhor.

PR: Deus Todo-Poderoso tenha compaixão de nós perdoe os nossos pecados e nos conduza à vida eterna.

Ass: Amém.

PR: Senhor, tende piedade de nós.

  1. Senhor, tende piedade de nós.

PR: Cristo, tende piedade de nós.

  1. Cristo, tende piedade de nós.

PR: Senhor, tende piedade de nós.

  1. Senhor, tende piedade de nós

 

  1. GLÓRIA

Glória a Deus nas alturas

E paz na terra aos homens por Ele amados

Senhor Deus, Rei dos céus

Deus Pai todo poderoso

Nós vos louvamos / Nós vos bendizemos

Nós vos adoramos /  Nós vos glorificamos

Nós vos damos graças

por vossa imensa glória.

Senhor Jesus Cristo, Filho Unigênito

Senhor Deus, Cordeiro de Deus,

Filho de Deus Pai

Vós que tirais o pecado do mundo,

tende piedade de nós

Vós que tirais o pecado do mundo

Acolhei a nossa súplica

Vós que estais à direita do Pai

Tende piedade de nós

Só vós sois Santo /  Só vós sois o Senhor

Só vós o Altíssimo, Jesus Cristo

Com o Espírito Santo

na glória de Deus Pai. Amém! (4x)

5 ORAÇÃO DO DIA

PR.: OREMOS: Ó Deus, que prometestes permanecer nos corações sinceros e retos, dai-nos, por Vossa graça, viver de tal modo, que possais habitar em nós. Por nosso Senhor Jesus Cristo Vosso Filho, na unidade do Espírito Santo. T. Amém.

 

LITURGIA DA PALAVRA

  1. PRIMEIRA LEITURA -Eclo 15,16-21 (Gr.15-20)

Do Livro do Eclesiástico

  1. SALMO – Sl 118 (119)
  2. Feliz, o homem sem pecado em seu caminho,

que na lei do Senhor Deus vai progredindo!

 

  1. SEGUNDA LEITURA – 1Cor 2,6-10

Da Primeira Carta de São Paulo aos Coríntios

 

  1. ACLAMAÇÃO AO EVANGELHO
  1. Aleluia, Aleluia, Aleluia, Aleluia (bis)

Eu te louvo, ó Pai santo, / Deus do céu, Senhor da terra: / Os mistérios do teu Reino / aos pequenos, Pai,

revelas!

 

  1. EVANGELHO – Mt 5,17-37

Proclamação do Evangelho de Jesus Cristo segundo Mateus.

  1. HOMILIA\REFLEXÃO

 

A Realidade

        “Estupra, mas não mata!” é frase atribuída a conhecido político paulista. É a idéia de só escapar da punição da lei. O que interessa é não ser atingido pela lei.

Já foi dito que enquanto dez pessoas cuidam de fazer leis para que ninguém consiga delas escapar, milhões de outras procuram e encontram um jeito de escapar. A mentalidade é esta, fazer o mínimo que a lei manda. Se a lei ameaça, basta escapar do castigo.

Na Bíblia estão os dez mandamentos principais. Para os fariseus havia mais 603 mandamentos não escritos, mas a serem obedecidos. Não é por isso que o Código de Direito Canônico da Igreja Católica tem mais de mil e setecentos artigos ou cânones.

A Palavra

Na Primeira Leitura temos uma reflexão sobre a lei de Deus. Ela é a verdadeira sabedoria, a lei lógica, coerente, que traz a verdadeira felicidade para o ser humano. Não seguir a lei de Deus é tomar o caminho da morte. No Salmo cantamos a sabedoria da lei de Deus.

O trecho do Evangelho que vamos ouvir hoje faz parte do Sermão da Montanha, a nova Lei de Jesus. Várias vezes, Jesus fala do que está na Bíblia, mas diz que não pode ficar no que está escrito, tem de ir mais fundo, seguir o espírito, o significado maior daquilo que a Bíblia diz.

Para os fariseus a salvação estava na observância sem falhas de todos os mandamentos, escritos ou não. Para Jesus o importante é obedecer ao sentido principal, ao espírito mesmo da lei.

Não basta fisicamente não matar, não cometer adultério. No caso da oferenda, para os fariseus preciso ver antes se não tenho alguma impureza legal; para Jesus, preciso ver se alguém não tem motivo de queixa contra mim.

O Mistério

Celebramos na Eucaristia Jesus que se entrega àquela morte que, pela lei, seria uma maldição (Dt 21,23), mas na verdade é a bênção, a salvação.

Quando Jesus diz que dá essa sua carne a comer e que é preciso tragar, engolir a sua carne, os fariseus ficam perguntando “como é que ele vai nos dar sua carne a comer?”. Faziam como Nicodemos que perguntou “para nascer de novo precisa ficar pequenino, entrar no ventre da mãe e tornar a nascer?”.

Muitas vezes nossa visão da Eucaristia não vai além da realidade de uma presença física e não alcança o espírito de engolir a morte, maldita pela lei, que, fora da lei, salva do cativeiro da lei.

Padre José Luiz Gonzaga do Prado

  1. PROFISSÃO DE FÉ
  2. PRECES DA ASSEMBLÉIA
  3. Rezemos ao Senhor para que nos dê a força de traduzir em obras de amor a palavra que acolhemos no coração. Rezemos Juntos:
  4. Senhor, atendei a nossa prece!
  5. Senhor, fortalecei o Papa Francisco, nossos Bispos, Padres e demais pastores de nosso povo, para que cumprindo fielmente os Vossos mandamentos, sejam fieis exemplos para todos nós na defesa e manutenção da vida, dom de amor. Rezemos com fé:
  6. Senhor, que nossa comunidade possa ser cada vez mais fiel aos Vossos mandamentos, sendo sinal de Vosso amor em nosso mundo. Rezemos com fé:
  7. Senhor, vivemos tempos de ódio e intolerância, os pobres e excluídos são os primeiros a sofrerem. Fortaleça nossas comunidades, movimentos e serviços, para que acolham com bondade a todos os Vossos filhos e filhas e, cumpramos já aqui entre nós, o mandamento de viver o amor incondicional. Rezemos com fé:
  8. Senhor, fortalecei aqueles e aquelas que precisam cuidar de nossos irmãos e irmãs enfermos, acamados e abandonados. Para que seu gesto de amor, chegue a Vós como oração e doação de vida aos irmãos e irmãs e sirvam para sua glorificação. Rezemos com fé:

 

PR.: Ouvi, ó Deus de amor, as orações da Vossa Igreja e, mantendo-nos em comunhão convosco, alcancemos Vossas graças e bênçãos. Por Cristo, nosso Senhor.

AS.: Amém.

LOUVOR E AÇÃO DE GRAÇAS

Ani. Tendo participado da mesa da Palavra, participemos agora da mesa da Eucaristia, façamos nossa oferta material.

  1. CANTO DAS OFERTAS

1-Um coração para amar, pra perdoar e sentir, Para chorar e sorrir ao me criar Tu me deste. Um coração pra sonhar, inquieto e sempre a bater, Ansioso por entender as coisas que Tu disseste.

Eis o que eu venho te dar, eis o que eu ponho no altar, Toma Senhor que ele é Teu, meu coração não é meu. Eis o que eu venho te dar, eis o que eu ponho no altar, Toma Senhor que ele é Teu, meu coração não é meu.

2-Quero que o meu coração seja tão cheio de paz, / Que não se sinta capaz de sentir ódio ou rancor. Quero que a minha oração possa me amadurecer / Leve-me a compreender as consequências do amor.

  1. LOUVAÇÃO E AÇÃO DE GRAÇAS

Enquanto o Ministro da Sagrada Comunhão traz o Pão consagrado e coloca sobre o altar, pode se entoado um canto de louvação

Em seguida o Presidente continua..

  1. O Senhor esteja com vocês.
  2. Ele está no meio de nós!
  3. Demos graças ao Senhor, nosso Deus.
  4. É nosso dever e nossa salvação!
  5. Nós Vos damos graças, ó Pai, por toda a Vossa criação e por tudo o que fizestes no meio de nós. Por meio de Jesus Cristo, Vosso Filho e nosso irmão, que nos destes como imagem viva do Vosso amor e bondade.

T: Por nós fez maravilhas, louvemos o Senhor!

  1. Enviai sobre nós o Vosso Espírito e daí a esta terra uma nova face. Que haja paz em nossas famílias e cresça em nossa comunidade a alegria de sermos Vossos por Cristo nosso Senhor.

T: Por nós fez maravilhas, louvemos o Senhor!

  1. Pela Palavra do Evangelho fazei que as Igrejas do mundo inteiro caminhem na unidade e sejam sinais da presença do Cristo ressuscitado. Tornai esta comunidade cada vez mais sinal da Vossa bondade.

T: Por nós fez maravilhas, louvemos o Senhor!

  1. Lembrai-Vos, ó Pai, dos nossos irmãos, que morreram na paz do Cristo e de todos os falecidos, cuja fé vós conheceis. Que todos sejam acolhidos na luz da Vossa infinita misericórdia.

T: Por nós fez maravilhas, louvemos o Senhor!

  1. Ó Senhor, olha com bondade e misericórdia a Igreja de Jesus Cristo, ajudai o Santo Padre o Papa N, o nosso Bispo N, os outros Bispos e servidores do Reino. Protege a nossa Diocese, Paróquia e Comunidades, daí força ao nosso Pároco N, e a todos os animadores das comunidades, pastorais, movimentos e serviços.

T: Por nós fez maravilhas, louvemos o Senhor!

  1. Ó Deus, criador do céu e da terra, os nossos louvores e preces cheguem a Vós pelas mãos daquele que é nosso único mediador, Jesus Cristo, nosso Senhor. Amém.
  2. Toda a nossa Louvação hoje chegue a Ti, em nome de Jesus, por quem oramos com as palavras que ele no ensinou:

Pai nosso…

AS.: Pai Nosso…

  1. RITO DE COMUNHÃO

MESC: Irmãos e irmãs, participemos da comunhão do Corpo do Senhor em profunda unidade com nossos irmãos que, neste dia, tomam parte da celebração eucarística, memorial vivo da paixão, morte e ressurreição de Jesus Cristo. O Corpo de cristo será nosso alimento e vai nos fortalecer em nossa missão de sermos sal da terra e luz do mundo.

MESC: Felizes os convidados para a ceia do Senhor. Eis o cordeiro de Deus, que tira o pecado do mundo.!

AS.: Senhor, eu não sou digno(a)…

  1. CANT0 DE COMUNHÃO
  2. Vejam: Eu andei pelas vilas, apontei as saídas como o Pai me pediu /Portas eu cheguei para abri-las, eu curei as feridas como nunca se viu

Por onde formos também nós que brilhe a tua luz

Fala, Senhor, na nossa voz, em nossa vida

Nosso caminho então conduz, queremos ser assim

Que o pão da vida nos revigore em nosso sim

  1. Vejam: Fiz de novo a leitura das raízes da vida que meu Pai vê melhor / Luzes acendi com brandura, para a ovelha perdida não medi meu suor
  2. Vejam: Procurei bem aqueles que ninguém procurava e falei de meu Pai / Pobres, a esperança que é deles eu não quis ser escravo de um poder que retrai
  3. Vejam: Semeei consciência nos caminhos do povo, pois o Pai quer assim / Tramas, enfrentei prepotência dos que temem o novo, qual perigo sem fim
  4. Vejam: Eu quebrei as algemas, levantei os caídos, do meu Pai fui as mãos / Laços, recusei os esquemas, Eu não quero oprimidos, quero um povo de irmãos
  5. Vejam: Procurei ser bem claro; o meu reino é diverso, não precisa de Rei / Tronos, outro jeito mais raro de juntar os dispersos o meu Pai tem por lei
  6. Vejam: Do meu Pai a vontade eu cumpri passo a passo, foi pra isso que eu vim / Dores, enfrentei a maldade, mesmo frente ao fracasso eu mantive meu sim
  7. Vejam, fui além das fronteiras, espalhei boa-nova: Todos filhos de Deus / Vida, não se deixe nas beiras, quem quiser maior prova venha ser um dos meus

 

  1. ORAÇÃO DEPOIS DA COMUNHÃO

PR.: OREMOS: Ó Deus, que por meio de Vossa Palavra nos fizestes provar as alegrias do céu. Dai-nos desejar sempre vivê-la em nossas atitudes. Que orientados possamos construir um mundo mais justo e fraterno. Por Cristo, nosso Senhor. T. Amém.

  1. AVISOS
  1. BENÇÃO FINAL
  2. O Senhor esteja convosco.
  3. Ele está no meio de nós.
  4. Concedei, ó Deus, aos vossos filhos e filhas, vossa assistência e vossa graça: dai-lhes saúde de alma e corpo, fazei que se amem como irmãos e estejam sempre a vosso serviço. Por Cristo, nosso Senhor.
  5. Amém.
  6. Abençoe-vos Deus todo-poderoso, Pai e Filho = e Espírito Santo.
  7. Amém.
  8. Glorificai o Senhor com vossa vida; ide em paz e o Senhor vos acompanhe.
  9. Graças a Deus.
  1. CANTO FINAL

Um dia uma criança me parou

Olhou-me nos meus olhos a sorrir

Caneta e papel na sua mão

Tarefa escolar para cumprir

E perguntou no meio de um sorriso

O que é preciso para ser feliz?

 

Amar como Jesus amou

Sonhar como Jesus sonhou

Pensar como Jesus pensou

Viver com Jesus viveu

Sentir o que Jesus sentia

Sorrir como Jesus sorria

E ao chegar o fim do dia

Eu sei que eu dormiria muito mais feliz

 

Ouvindo o que eu falei ela me olhou e

Disse que era lindo o que eu falei. Pediu

Que repetisse, por favor, que não falasse

Tudo de uma vez. E perguntou no meio

De um sorriso o que é preciso para ser feliz

 

Depois que eu terminei de repetir, seus

Olhos não saiam do papel. Toquei no seu

Rostinho e a sorrir pedi que ao transmitir

Fosse fiel. E ela deu-me um beijo demorado

E ao meu lado foi dizendo assim

 

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui