Roteiro e reflexão 5º Domingo da Quaresma

251

Elaborado por Vasco Lagares – Diocese de Itabira/Cel. Fabriciano

 

CF/2021: “Fraternidade e Diálogo: Compromisso de Amor”

“Cristo é a nossa paz: do que era dividido fez uma unidade” (Ef 2,14a).

 

“Olhai para Jesus, e aprendei com Ele o caminho do amor radical, ou seja, uma entrega total a Deus e aos irmãos.”

 

REFRÃO

Onde reina o amor, fraterno amor

Onde reina o amor, Deus  ai   esta.

RITOS INICIAIS

 

  1. CANTO DE ENTRADA

Eis o tempo de conversão,

Eis o dia da salvação:

Ao Pai voltemos,juntos andemos.

Eis o tempo de conversão!                                               

1-Os caminhos do Senhor são verdade são amor:

dirigi os passos meus: em vós espero. Ó Senhor

Ele guia ao bom caminho quem errou e quer voltar:

Ele é bom fiel e justo:   Ele busca e vem salvar

  1. Viverei com o Senhor. Ele é o meu sustento.

Eu confio mesmo quando minha dor não mais agüento.

Tem valor aos olhos Seus meu sofrer e meu morrer.

Libertai o Vosso servo e fazei-o reviver!.

 

  1. ACOLHIDA E SAUDAÇÃO

Pres.: Em nome do Pai e do Filho e do Espírito Santo.

Ass. Amém

Pres.: A graça de nosso Senhor Jesus Cristo, o amor do Pai e a comunhão do Espírito Santo estejam convosco.

Ass.: Bendito seja Deus que nos reuniu no amor de Cristo.

 

  1. RECORDAÇÃO DA VIDA

Pres.: Irmãos e irmãs, neste domingo, somos chamados a ver em Jesus, o caminho que leva ao Pai. Este caminho é baseado em nossa entrega total ao projeto que Ele iniciou. Ou seja, ir ao encontro dos irmãos e irmãs mais necessitados.

  1. ATO PENITENCIAL:

Pres.: Irmãos e Irmãs, arrependidos, peçamos perdão ao Senhor pelas muitas vezes que não correspondemos ao seu amor fazendo nossos pedidos de perdão.

Pres.: Confessemos os nossos pecados:

  1. Senhor, que fazeis passar da morte para a vida quem ouve a vossa palavra, tende piedade de nós.

Senhor, tende piedade de nós! (bis)

  1. Ó Cristo, que quisestes ser levantado da terra para atrair-nos a vós, tende piedade de nós.

Ó Cristo, tende piedade de nós! (bis)

  1. Senhor, que nos submetestes ao julgamento da vossa cruz, tende piedade de nós.

Senhor, tende piedade de nós! (bis)

Pres.: Deus de ternura e misericórdia tenha compaixão de nós, perdoe os nossos pecados, e nos conduza à vida eterna. Ass: Amém.

  1. ORAÇÃO DO DIA

Pres.: OREMOS: Senhor nosso Deus, dai-nos por vossa graça caminhar com alegria na mesma caridade que levou o vosso Filho a entregar-se à morte no seu amor pelo mundo. Por nosso Senhor Jesus Cristo, vosso Filho, na unidade do Espírito Santo. Ass: Amém.

LITURGIA DA PALAVRA

  1. PRIMEIRA LEITURA – Jr 31,31-34

Da profecia de Jeremias

  1. SALMO – Sl 129

Refrão: Criai em mim um coração que seja puro!

  1. SEGUNDA LEITURA – Hb 5,7-9

Da Carta aos Hebreus

  1. ACLAMAÇÃO AO EVANGELHO

Glória a vós, ó Cristo, Verbo de Deus. (bis)

Se alguém me quer servir, que venha atrás de mim; e onde eu estiver, ali estará meu servo.

  1. EVANGELHO – Jo 12,20-33

Proclamação do Evangelho de Jesus Cristo segundo a Comunidade de João

  1. HOMILIA\REFLEXÃO

A Realidade

Onde está a salvação? Como tornar possível uma vida mais feliz para todos “assim na terra como no céu”? O comunismo, ou socialismo totalitário, pretendeu impor a igualdade. O povo, sem liberdade, era explorado pela burocracia governamental. Foi desfeito com a maior facilidade. O capitalismo diz que é a cobiça e a competição que vão criar um mundo feliz para todos. Estamos vendo, o contrário é que acontece. As desigualdades só aumentam, a competição vira uma guerra desenfreada, a violência domina o mundo. Haverá outro caminho?

A Palavra

O povo estava numa situação muito dura e difícil. Via tudo como conseqüência da infidelidade à aliança, à lei de Moisés. O profeta, na Primeira Leitura, anuncia a restauração e uma nova aliança, uma nova Lei, escrita não na pedra, mas no interior das pessoas.

Será que, sofrendo morte tão humilhante, Jesus coloca a humanidade toda no caminho da vida e da salvação? Assim se perguntavam alguns cristãos judeus. Na Segunda Leitura temos a resposta. Obediência, obedecer é responder ao apelo de Deus para o momento, é fazer o que me pede, em cada circunstância, o mandamento único do amor ao próximo.

No Evangelho os gregos, os não-judeus, também querem ter contato com Jesus. Os judeus imaginavam que a salvação fosse só para eles. Mas outros também querem se aproximar de Jesus. A morte de Jesus salva a humanidade toda. A glória dele é esta, mostrar que a vida nasce da morte, que a vitória vem do fracasso, que a salvação vem do sacrifício de si em favor dos outros.

Ao entregar a própria vida, Jesus condena o mundo governado pela arrogância, pela cobiça e pela competição. Na paixão segundo João, parece que é Jesus, não Pilatos, que senta na cadeira de juiz, ao tribunal. É agora o julgamento deste mundo. Quando pensa que o está condenando, é ele, Jesus, vestido como rei de palhaçada, que condena este mundo.

O Mistério

Nada melhor do que a Ceia do Senhor condena o pensamento e as desigualdades deste mundo. Em Corinto (1Cor 11,17-34) um grupinho de poderosos, importantes e sábios estava usando o momento da Ceia para humilhar a maioria pobre, sem nome e sem estudo. Paulo diz: “Cuidado para não serdes condenados com este mundo!”.

Padre José Luis Gonzaga do Prado – Diocese de Guaxupé, paróquia Santa Rita, cidade Nova Resende.

  1. PROFISSÃO DE FÉ
  2. PRECES DA ASSEMBLÉIA

Pres. Irmãos e irmãs, elevemos a Deus nossas preces, na esperança de com Cristo, chegarmos à ressurreição. Após cada pedido responderemos:

Ass: Senhor, atendei a nossa prece!

  • Senhor, que neste tempo quaresmal, possamos ouvir as palavras de Jesus e nos aproximarmos cada vez mais de seu Reino. Peçamos com fé.
  • Senhor, por todos os vossos filhos e filhas, para que a experiência da oração, do jejum e da caridade, nos torne mais próximos de nossos irmãos e irmãs que sofrem. Peçamos com fé.
  • Senhor, abençoai e fortalecei o Papa Francisco, que em seu pontificado, vossa Igreja seja cada vez mais sinal de fidelidade ao Evangelho de Cristo. Peçamos com fé.
  • Senhor, pelos nossos governantes, para que sejam servidores fieis aos mais empobrecidos e necessitados, peçamos com fé.

Anim: Rezemos a Oração da Campanha da Fraternidade de 2021:

AS.: Deus da vida, da justiça e do amor, / nós Te bendizemos pelo dom da fraternidade / e por concederes a graça de vivermos a comunhão na diversidade. / Através desta Campanha da Fraternidade Ecumênica, / ajuda-nos a testemunhar a beleza do diálogo / como compromisso de amor, criando pontes que unem / em vez de muros que separam e geram indiferença e ódio. / Torna-nos pessoas sensíveis e disponíveis para servir a toda a humanidade, / em especial, aos mais pobres e fragilizados, / a fim de que possamos testemunhar o Teu amor redentor / e partilhar suas dores e angústias, / suas alegrias e esperanças, / caminhando pelas veredas da amorosidade. / Por Jesus Cristo, nossa paz, / no Espírito Santo, sopro restaurador da vida. / Amém.

Pres.: Celebramos um tempo de fraternidade e de partilha. Com o coração alegre, ajudemos nas necessidades da comunidade, expressando nossa gratidão a Deus.

  1. CANTO DAS OFERTAS

1- Sê bendito, Senhor para sempre/ pelos frutos das nossas jornadas!

Repartidos na mesa do Reino,/ anunciam a paz almejada!

Senhor da vida, tu és a nossa salvação!

Ao prepararmos a tua mesa, / em ti buscamos ressurreição!

 

2- Sê bendito, Senhor para sempre/ pelos mares, os rios e as fontes!

Nos recordam a tua justiça,/ que nos levam a um novo horizonte!

 

3- Sê bendito senhor para sempre / pelas bênçãos qual chuva torrente!

Tu fecundas o chão desta vida, / que abriga uma nova semente!

 

Pres. Trazendo o pão consagrado à mesa, demos graças a Deus pela salvação operada através de seu Filho, presente no meio de nós. O Ministro deposita sobre o altar a Eucaristia enquanto a comunidade canta

LOUVAÇÃO E AÇÃO DE GRAÇAS

  1. CONVITE A AÇÃO DE GRAÇAS

Pres.:  O Senhor esteja com vocês.

Ass: Ele está no meio de nós!

Pres.: Demos graças ao Senhor, nosso Deus.

Ass: É nosso dever e nossa salvação!

  1. ORAÇÃO DE AÇÃO DE GRAÇAS

Pres.:  Nós vos damos graças, Senhor, e vos louvamos, / porque alimentados pela Palavra e pela Eucaristia / e com a prática da oração, da esmola e do jejum, / nos fortaleceis em nosso caminho de conversão.

Ass: Misericordioso é Deus para sempre!

Pres.:  Nós vos damos graças, Senhor, / porque em Jesus Cristo somos reconciliados convosco e com os irmãos, / cultivando a santidade pelas virtudes deste tempo da Quaresma.

Ass: Misericordioso é Deus para sempre!

Pres.:  Pela palavra do Evangelho de vosso Filho, fazei que a Igreja no mundo inteiro caminhe na unidade e seja sinal da presença de Cristo ressuscitado. Tornai esta comunidade cadavez mais manifestação da vossa bondade.

Ass: Misericordioso é Deus para sempre!

Pres.:  Por vosso Filho Jesus Cristo, a vida se renova e se enche de luz, como grão caído na terra que floresce e produz frutos em abundância.

Ass: Misericordioso é Deus para sempre!

Pres.:  Toda a nossa louvação chegue a ti, em nome de Jesus por quem oramos com as palavras que ele nos ensinou:

Pai nosso….

  1. RITO DE COMUNHÃO

MESC.: Relembrando de Jesus que muitas vezes reuniu-se com os seus para comer e beber, revelando que o teu reino havia chegado, nós também nos alegramos com ele em nossa mesa.

Quem preside tomando nas mãos o prato com as hóstias diz:

MESC.: Assim disse Jesus: “Eu sou o pão da vida. Quem vem a mim nunca mais terá fome e o que crê em mim nunca mais terá sede”.

Mostrando o pão consagrado:

MESC.: Eis o Cordeiro de Deus, aquele que tira o pecado do mundo!

Ass:  Senhor, eu não sou digno(a)…

  1. CANT0 DE COMUNHÃO

O meu  Corpo  e o  meu Sangue vos dou,

o Pão Vivo, Maná da Aliança,

A  serviço da vida do povo

que  caminha na Luz da esperança.

1-Irmãos, agradeçamos  ao Senhor,

Louvando, demos graças  ao  seu  nome

É Ele que nos dá o pão do céu,

Pão vivo que sacia toda fome.

2- É Ele que educa sua Igreja, guiando-a

por caminhos sempre novos.

E a cruz que é loucura para muitos, é sinal

de amor e graça para os povos.ref..

3- E a chama a todos nós, seu povo amado,

a sermos educados na irmandade,

fazendo a experiência que liberta

da vida construída em igualdade.

4- É Ele que perdoa nossas faltas

e envolve-nos em graça e compaixão.

Aos pobres e pequenos deste mundo

dedica especial predileção.

  1. ORAÇÃO DEPOIS DA COMUNHÃO

PR.: OREMOS: Concedei, ó Deus todo-poderoso, que sejamos sempre contados entre os membros de Cristo cujo Corpo e Sangue comungamos. Por Cristo, nosso Senhor. T. Amém.

  1. AVISOS
  1. BENÇÃO FINAL
  2. O Senhor esteja convosco.
  3. Ele está no meio de nós.
  4. PR. O Deus da paz nos santifique totalmente, guarde-nos em seus caminhos até a páscoa da ressurreição.
  5. Amém.
  6. Abençoe-vos o Pai e o Filho e o Espírito Santo.
  7. Amém.
  8. Glorifiquemos a Deus com a nossa vida. Vamos em paz e o Senhor nos acompanhe.
  9. Graças a Deus.

 

CANTO FINAL

Canto da CF 2021

  1. Venham todos, vocês, venham todos,

Reunidos num só coração,

De mãos dadas formando a aliança,

Confirmados na mesma missão

De mãos dadas formando a aliança,

Confirmados na mesma missão

 

Em nome de Cristo, que é a nossa paz!

Em nome de Cristo, que a vida nos traz:

Do que estava dividido,

Unidade Ele faz!

Do que estava dividido,

Unidade ele faz!

 

  1. Venham todos, vocês, meus amigos, /

Caminhar com o Mestre Jesus,

Ele vem revelar a Escritura/

Como fez no caminho à Emaús.

Ele vem revelar a Escritura/

Como fez no caminho à Emaús.

 

  1. Venham todos, vocês, testemunhas,/

Construamos a plena unidade

No diálogo comprometido /

Com a paz e a fraternidade.

No diálogo comprometido /

Com a paz e a fraternidade.

 

  1. Venham todos, mulheres e homens, /

Superar toda polaridade,

Pois em Cristo nós somos um povo,/

Reunidos na diversidade.

Pois em Cristo nós somos um povo,

/Reunidos na diversidade

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui