Roteiro e reflexão 4º Domingo da Páscoa

224

Elaborado por Vasco Lagares – Diocese de Itabira/Cel. Fabriciano

 

O DOMINGO DO BOM PASTOR

  1. REFRÃO

O Senhor ressurgiu

, — aleluia,  aleluia!

É  o  Cordeiro  Pascal, — aleluia,  aleluia!

Imolado por nós, — aleluia, aleluia! /

É o Cristo Senhor, Ele vive e  venceu, aleluia!

RITOS INICIAIS

  1. CANTO DE ENTRADA

Sou bom pastor ovelhas guardarei

/ Não tenho outro oficio nem terei /

Toda vida eu tiver eu lhes darei

  1. Maus pastores, num dia de sombra

/ Não cuidaram e o rebanho se perdeu

/ Vou sair pelo campo reunir o que é

meu / Conduzir e salvar

  1. Verdes prados e belas montanhas /

Hão de ver o pastor, rebanho atrás /

Junto a mim, as ovelhas terão muita

paz /Poderão descansar

  1. ACOLHIDA E SAUDAÇÃO

Pres. Em nome do Pai e do Filho e do Espírito Santo.

ASS: Amém

Pres. A graça e a paz de Deus, nosso Pai, do Senhor Jesus Cristo, nosso Bom Pastor, e do Espírito Santo, nossa força, estejam sempre convosco.

ASS: Bendito seja Deus que nos reuniu no amor de Cristo.

  1. RECORDAÇÃO DA VIDA

Neste quarto domingo da Páscoa, a Igreja celebra o Domingo do Bom Pastor. A Ressurreição nos alcança quando nos deixamos guiar pela voz do Bom Pastor. Façamos nossas orações, por aqueles que possuem a tarefa de guias para o povo, seja em nossas comunidades, também em nosso país. Rezemos também para que não nos falte bons pastores, trabalhadores para a construção do Reino.

  1. ATO PENITENCIAL

Pres. No dia em que celebramos a vitória de Cristo sobre o pecado e a morte, ouçamos a voz do Bom Pastor e possamos ser conduzidos para uma vida nova. Reconheçamo-nos necessitados da misericórdia do Pai.

Pres. Senhor, nossa paz, tende piedade de nós.

Ass Senhor, tende piedade de nós.

Pres. Cristo, nossa Páscoa, tende piedade de nós.

Ass Senhor, tende piedade de nós.

Pres. Senhor, nossa vida, tende piedade de nós.

Ass Senhor, tende piedade de nós.

Pres: Deus Todo-Poderoso tenha compaixão de nós perdoe os nossos pecados e nos conduza à vida eterna.

Ass: Amém.

  1. GLÓRIA

Glória a Deus nas alturas, / e paz na terra aos homens por Ele amados. /

Senhor Deus, Rei dos céus, Deus Pai todo-poderoso. / nós vos louvamos,

nós vos bendizemos, / nós vos adoramos, nós vos glorificamos, / nós

vos damos graças por vossa imensa glória. / Senhor Jesus Cristo, Filho

Unigênito, / Senhor Deus, Cordeiro de Deus, Filho de Deus Pai. / Vós

que tirais o pecado do mundo, tende piedade de nós. / Vós que tirais o

pecado do mundo, acolhei a nossa súplica. / Vós que estais à direita do

Pai, tende piedade de nós. / Só vós sois o Santo, só vós, o Senhor, / só

vós o Altíssimo, Jesus Cristo, / com o Espírito Santo, na glória de Deus

Pai. Amém.

  1. ORAÇÃO DO DIA

Pres. OREMOS: Deus eterno e todo-poderoso, conduzi-nos à comunhão das alegrias celestes, para que o rebanho possa atingir, apesar de sua fraqueza, a

fortaleza do Pastor. Por nosso Senhor Jesus Cristo, vosso Filho, na unidade do Espírito Santo. Ass. Amém.

LITURGIA DA PALAVRA

  1. PRIMEIRA LEITURA – At 4,8-12

Dos Atos dos Apóstolos

  1. SALMO – 117 (118)

SALMISTA: A pedra que os pedreiros rejeitaram tornou-se agora a pedra angular

  1. SEGUNDA LEITURA – 1Jo. 3,1-2

Da Primeira Carta de São João

  1. ACLAMAÇÃO AO EVANGELHO

Aleluia, aleluia, aleluia, aleluia, aleluia! (bis)

  1. Eu sou o Bom Pastor, diz o Senhor: eu conheço minhas ovelhas e elas me

conhecem a mim.

  1. EVANGELHO – Jo 10,11-18

Proclamação do Evangelho de Jesus Cristo segundo a Comunidade de João.

  1. HOMILIA

A Realidade

Vivemos, parece, sob o domínio do egoísmo e do individualismo. Ninguém faz nada sem tirar alguma vantagem. Se não for por jogo de interesses, nada se faz, a economia não gira, o mundo fica parado. A economia, o dinheiro, como símbolo do interesse, é o grande motor. Em favor dos outros, apenas pela alegria de servir, ninguém faz nada. Acontece até na religião, na multiplicação de movimentos e de igrejas que se abrem cada dia. Movendo tudo está sempre o bolso. É a lei do Senhor Mercado.

A Palavra

O pastor no Primeiro Testamento é símbolo do governante. Ezequiel fala dos governantes que só pensam em se aproveitar, pastores que só querem saber do leite, da lã e da carne das ovelhas. Do povo, das ovelhas mesmas, não cuidam. Não curam as doentes ou fracas e permitem que as mais fortes afastem as outras do cocho. O Profeta diz: Deus será agora o único pastor, ele é o dono das ovelhas.

No Evangelho Jesus retoma essa comparação. O pastor verdadeiro, que cuida mesmo das ovelhas e por elas dá a vida é Jesus. Outros só vieram para roubar, sacrificar as ovelhas, destruir. Ele veio para que todas e todos tenham vida.

Ele é o oposto do empregado, que não é o dono das ovelhas. Quem só trabalha pensando no salário ou no lucro, ao primeiro sinal de perigo, foge e abandona as ovelhas, não tem interesse por elas. Jesus é o verdadeiro pastor, o seu interesse são as ovelhas, é capaz de livremente dar a vida por elas, ele as conhece e por elas é conhecido, tem com elas a mesma intimidade que tem com o Pai.

Faz isso por causa da missão que recebeu, de dar a vida e retomá-la novamente. Dá a própria vida, a fim de abrir para todos o caminho da Vida.

Exemplo disso vemos na Primeira Leitura. Quando Jesus foi preso, Pedro tremeu diante da jovem empregada do Sumo Sacerdote. Agora, a fé na ressurreição dá ao mesmo Pedro a coragem de enfrentar diretamente os Sumos Sacerdotes e outras autoridades judaicas.

O Mistério

“Celebramos, Senhor, a vossa morte e proclamamos a vossa ressurreição. Vinde, Senhor Jesus!” Eucaristia é celebração da vida que nasce da morte, é celebrar a esperança que brota da entrega de si para que todos tenham vida. Esquecer-se de si e morrer em favor do outro, em favor do todo, é o que dá esperança e abre o caminho para a Vida.

 Padre José Luis Gonzaga do Prado

  1. PROFISSÃO DE FÉ
  1. PRECES DA COMUNIDADES
  2. Confiantes na voz do Bom Pastor, que nos conduz ao Reino, supliquemos com fé:

Ass. Jesus, Bom Pastor, escutai a nossa prece.

  1. Pela Igreja, para que seguindo o exemplo do Bom Pastor, seja guia fiel para o povo, rezemos.
  2. Ó Cristo, vida e ressurreição, o Bom Pastor, acompanhe com sua presença misericordiosa, todos e todas que estão ao lado dos fracos e necessitados, rezemos.
  3. Ó Cristo, animai a vossa comunidade, para que seguindo o exemplo do Bom Pastor, saiba acolher e cuidar do seu rebanho, rezemos.
  4. Senhor, para que nossas comunidades encontrem o caminho da partilha e solidariedade, rezemos.

Preces espontâneas…

Pres. Tudo isso vos pedimos, ó Pai, por Cristo Ressuscitado.

Ass. Amém.

É o momento de trazer nossa oferta material para a manutenção das atividades de nossa comunidade

  1. CANTO DAS OFERTAS

Eu creio num mundo novo

Pois Cristo ressuscitou

Eu vejo sua luz no povo

Por isso alegre sou

  1. Em toda pequena oferta

Na força da união

No pobre que se liberta

Eu vejo ressurreição

  1. Na mão que foi estendida

No dom da libertação

Nascendo uma nova vida

Eu vejo ressurreição

  1. Nas flores oferecidas e

Quando se dá perdão

Nas dores compadecidas

Eu vejo ressurreição

  1. Nos homens que estão unidos

Com outros partindo o pão

Nos fracos fortalecidos

Eu vejo ressurreição

LOUVAÇÃO E AÇÃO DE GRAÇAS

  1. CONVITE À AÇÃO DE GRAÇAS

O Ministro deposita sobre o altar a Eucaristia enquanto a comunidade canta:

Pres. Irmãos, agradecidos, elevemos nossos louvores ao Pai. Jesus Cristo, o Bom Pastor, nos acolhe com amor e misericórdia. Acabamos de nos alimentar com sua Palavra e vamos partilhar entre nós o pão consagrado, que vai nos fortalecer, para que possamos juntos construir em nosso mundo o seu reino de amor.

Ass: Bendito e louvado seja Deus, Pai que tanto amor demonstra a todos nós.

Pres. O Senhor esteja com vocês.

Ass: Ele está no meio de nós!

Pres. Demos graças ao Senhor, nosso Deus.

Ass: É nosso dever e nossa salvação!

  1. ORAÇÃO DE AÇÃO DE GRAÇAS:

Pres. Ó Deus bondoso e fiel, é muito bom te louvar em todo o tempo e lugar, especialmente neste dia solene em que Cristo, nossa Páscoa, foi imolado.

Ass: Glória a ti, Senhor, graças e louvor.

Pres. Por ele, os filhos e as filhas da luz renascemos para uma vida sem fim, e as portas do reino se abrem para nós. Nossa morte foi redimida pela sua e, em sua ressurreição, ressurgiu a vida para todos.

Ass: Glória a ti, Senhor, graças e louvor.

Pres. Esta comunidade aqui reunida em teu nome recorda a vitória de Jesus e te bendiz pela graça que nos é dada de participar do mistério da sua Páscoa.

Ass: Glória a ti, Senhor, graças e louvor.

Pres. Derrama sobre nós o teu Espírito, e recebe o louvor de todo o universo e de todas as pessoas que te buscam.

Ass: Glória a ti, Senhor, graças e louvor.

Pres. Toda a nossa louvação chegue a ti em nome de Jesus, por quem oramos com as palavras que ele nos ensinou:

Ass: Pai Nosso…

  1. RITO DA COMUNHÃO

Pres. Relembrando de Jesus que, muitas vezes, reuniu-se com os seus para comer e beber, revelando que o teu reino havia chegado, nós também nos alegramos com Ele nesta mesa. E tomando o pão consagrado, acrescenta:

Assim disse Jesus: “Se alguém ouvir a minha voz e abrir a porta, entrarei em sua casa e comerei com ele e ele comigo”. (Ap 3,20)

Ass:  Senhor, eu não sou digno …

  1. CANTO DE COMUNHÃO

Cristo, nossa Páscoa, foi imolado, alelu….ia!/ Glória a Cristo, Rei ressuscitado, alelu….ia!

  1. Páscoa sagrada! Ó festa de luz! / Precisas despertar: Cristo vai te iluminar!
  2. Páscoa sagrada! Ó festa universal!/ No mundo renovado é Jesus glorificado!
  3. Páscoa sagrada! Vitória sem igual!/ A cruz foi exaltada, foi a morte derrotada!
  4. Páscoa sagrada! Ó noite batismal!/ De tuas águas puras nascem novas criaturas!
  5. Páscoa sagrada! Banquete do Senhor!/ Feliz a quem é dado ser às núpcias convidado!
  1. ORAÇÃO DEPOIS DA COMUNHÃO

Pres. Oremos. Velai com solicitude, ó Bom Pastor, sobre o vosso rebanho e concedei que vivam nos prados eternos as ovelhas que remistes pelo sangue do vosso Filho. Que vive e reina para sempre. Ass:  Amém

RITOS FINAIS

  1. AVISOS
  1. BENÇÃO FINAL

PR.: Que o Deus todo-poderoso vos abençoe nesta solenidade pascal e vos proteja contra todo pecado.

Ass: Amém.

PR.: Aquele que nos renova para a vida eterna, pela ressurreição de seu

Filho vos enriqueça com o dom da imortalidade.

Ass: Amém.

PR.: E vós que, transcorridos os dias da paixão do Senhor, celebrais com

alegria a festa da Páscoa, possais chegar exultantes à festa das eternas alegrias.

Ass: Amém.

PR.: Abençoe-vos Deus todo poderoso, Pai e Filho † e Espírito Santo.

PR.: Ide em paz, e o Senhor vos acompanhe, aleluia, aleluia!

Ass.: Graças a Deus, aleluia, aleluia!

  1. CANTO FINAL

Novo sol brilhou, a vida superou sofrimento, dor e morte, tudo enfim.

Nosso olhar se abriu, Deus mesmo se incumbiu de tomar-nos pela mão assim.

O Deus de amor jamais se descuidou,

em seu vigor,    Jesus ressuscitou,

Estender a mão, abrir o coração, acolher, compartilhar e perdoar.

É fazer o céu cumprir o seu papel já na terra tem que vigorar.

 

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui