Roteiro e reflexão 3º Domingo do Advento

675

Organizado por Vasco Lagares – Diocese de Itabira/Cel. Fabriciano

3º DOMINGO DO ADVENTO

15 de dezembro de 2019

Vamos continuar a montagem do Presépio, destacar a Coroa do Advento.

Alegrai-vos sempre no Senhor. De novo eu vos digo, alegrai-vos! O Senhor está perto (Fl 4,4s).

REFRÃO

Ó vem, Senhor, não tardes mais!

Vem Saciar nossa Sede de Paz!

Ani.Ao longo do Tempo do Advento somos chamados a vivenciar momentos de reflexão que nos falam de vigilância, espera, oração e conversão. Hoje, temos uma brisa de alegria, pois, sabemos que estamos mais próximos da chegada do Senhor, que culminará na libertação integral da pessoa humana. Neste sentido, somos chamados a sermos mais próximos daqueles que sofrem, daqueles que estão excluídos de nossa convivência cotidiana. Diante de tanta coisa que nos afasta do Projeto do Reino, fiquemos firmes e vigilantes, pois podemos perceber, já em nosso cotidiano, a presença do Cristo que vêm. Cantemos.

RITOS INICIAIS

  1. CANTO DE ENTRADA

1- Senhor, vem salvar teu povo

Das trevas da escravidão

Só tu és nossa esperança

És nossa libertação!

Vem, Senhor

 Vem nos salvar

Com teu povo

Vem  caminhar! (Bis)

2- Contigo o deserto e fértil

A terra se abre em flor

Da rocha brota água viva

Da treva nasce o esplendor.

3- Tu marchas à nossa frente

És força, caminho e luz

Vem logo salvar teu povo

Não tardes, Senhor Jesus!

  1. ACOLHIDA E SAUDAÇÃO

PR: Em nome do Pai e do Filho e do Espírito Santo

ASS: Amém

PR:Irmãos e irmãs, o Senhor está perto! Que sua paz esteja com vocês!

ASS: Bendito seja Deus que nos reuniu no amor de Cristo.

  1. ACENDIMENTO DA VELA DA COROA

Ani. A terceira vela acesa nos convida à alegria e ao júbilo pela aproximação da chegada de Jesus.  A cor litúrgica de hoje, o rosa,  indica justamente o Domingo da Alegria, ou o Domingo Gaudette,  onde transborda nosso coração de alegria pela proximidade da chegada do Senhor. Esta vela lembra ainda a alegria celebrada pelo rei Davi e sua promessa que, agora, está se cumprindo em Maria.

  1. Oração: Deus do amor e da vida, da liberdade e da festa: Fortalece as mãos cansadas e os nossos passos vacilantes, encoraja todos os corações que estão perturbados e cessem a dor e os gemidos. Vem salvar-nos, Senhor! (Acender a vela).

Derrama sobre nós o teu Espírito para anunciarmos a boa nova aos pobres e prepararmos a tua vinda abrindo caminhos novos de paz e de alegria nos desertos do mundo. Vem salvar-nos, Senhor!

O presidente pode acolher a todos e falar, em breves palavras do sentido da celebração. Se for possível, as pessoas podem dizer as situações que são sinais da vinda de Jesus ou que estão a clamar por sua vinda.

  1. ATO PENITENCIAL:

PR.Irmãos e irmãs, neste tempo depreparação e próximos de celebrarmos a vinda do Libertador, reconheçamos ser pecadores e invoquemoscom confiança a misericórdia do Pai.(Silêncio)

  1. Senhor, que vindes visitar vossopovo na paz, tende piedade de nós.
  2. Senhor, tende piedade de nós.
  3. Cristo, que vindes salvar o que estava perdido, tende piedade de nós.
  4. Cristo, tende piedade de nós.
  5. Senhor, que vindes criar um mundo novo, tende piedade de nós.
  6. Senhor, tende piedade de nós.
  7. Deus, Pai todo-poderoso, tenhacompaixão de nós, perdoe os nossospecados e nos conduza à vida eterna.
  8. Amém.

5 ORAÇÃO DO DIA

PR.:Ó Deus de bondade, que vedes o vosso povo esperando fervoroso o natal do Senhor, daí chegarmos às alegrias da salvação e celebrá-las sempre com intenso júbilo na solene liturgia. Por Nosso Senhor Jesus Cristo, Vosso Filho, na unidade do Espírito Santo.

AS.: Amém.

LITURGIA DA PALAVRA

  1. PRIMEIRA LEITURA – Isaías 35, 1-6.10

Leitura do livro do profeta Isaías

  1. SALMO – 145/146
  1. Vinde, Senhor, para salvar o vosso povo!
  1. SEGUNDA LEITURA – Tiago 5,7-10

Leitura da carta de são Tiago

  1. ACLAMAÇÃO AO EVANGELHO

Aleluia, aleluia, aleluia.

O Espírito do Senhor sobre mim fez a sua unção, enviou-me aos empobrecidos a fazer feliz proclamação! (Is 61,1).

  1. EVANGELHO – Mateus 11, 2-11

Proclamação do Evangelho de Jesus Cristo segundo Mateus

  1. HOMILIA\REFLEXÃO

A Realidade

Seria extremamente ridículo parar o carro em frente a um sinal verde de trânsito para admirar aquela cor. O resultado seria uma batida. E se, numa encruzilhada, a pessoa fosse examinar se a placa é de latão ou de madeira, se os símbolos ou as letras estão bem ou mal desenhados? O sinal não é para ser admirado, é para ser entendido e seguido.

Cometemos esse erro frequentemente frente às narrativas de milagres nos Evangelhos. Chegamos a pensar que Jesus fizesse curas e mandasse seus discípulos fazerem apenas  como um benefício em favor dos que nele creem. Estamos cansados de ver “igrejas” que curam a torto e a direito, não se sabe bem por quais interesses.

A Palavra

No Evangelho de hoje reaparece a figura do Batista. Ele manda perguntar a Jesus se é ele o Messias esperado e recebe dele os maiores elogios.

Jesus responde com os sinais que estão acontecendo. Abrir os olhos aos cegos, soltar a língua dos mudos, abrir os ouvidos dos surdos, soltar os braços e as pernas dos entrevados, enfim, dar nova vida aos que já estão mortos é o núcleo da missão do Messias.

Não cremos em um curandeiro, cremos em um Messias que dá nova vida à multidão cega, muda, surda, inválida, morta. Isso se resume numa palavra: Evangelizar os pobres. Por que os pobres, se eles estão mais perto da fé do que os ricos? É que ‘evangelizar’ significa levar boa notícia. E que melhor notícia do que fazer com que os pobres e marginalizados possam ver, ouvir, agir, o que lhes é proibido na sua atual situação.

Na primeira Leitura a esperança de libertação do cativeiro da Babilônia faz que todos sejam videntes, ouvintes, falantes, caminhantes e agentes. Deixem de ser objetos, tornem-se sujeitos, senhores de si. Vivam!

Na segunda, a expectativa da vinda do Senhor, justo juiz, significa a certeza na vitória da justiça, por mais que demore e que a injustiça pareça prevalecer.

O Mistério

A grande novidade (Evangelho) para os pobres é a salvação depender de Jesus que se entrega livremente à morte de cruz, a fim de abrir os caminhos para a nova humanidade. Na Eucaristia celebramos a Boa Nova da aceitação livre da morte maldita e seu resultado, a plena comunhão, onde não há cegos, surdos, mudos, inválidos, excluídos.

 Padre Zé Luis – Diocese de Guaxupé

  1. PROFISSÃO DE FÉ
  2. PRECES DA ASSEMBLÉIA

PR:Irmãos e irmãs, hoje temos uma brisa de alegria em nossa caminhada em preparação para a chegado do Senhor, em comunidade, peçamos à Deus que acolha nossas orações, rezando juntos:

  1. Vem Senhor, vem libertar o seu povo.
  2. Senhor nosso Deus, fortaleça nossas comunidades na vivência do Evangelho, que sejamos portadores da esperança aos que vivem sem esperança, rezemos juntos:
  3. Senhor nosso Deus, dê perseverança aos nossos pastores, para que fieis aos seus ensinamentos, possam ser guias para o nosso povo e conduzam nossa Igreja ruma ao Reino definitivo, rezemos juntos:
  4. Senhor nosso Deus, vivemos tempos de intolerância e culto à violência, faça de nós portadores da mensagem de paz e solidariedade, para que possamos animar a esperança de todos e antecipar as alegrias do Reino em nosso mundo, rezemos juntos:
  5. Senhor nosso Deus, como João Batista preparou os caminhos para a pregação de Jesus, que nossas comunidades possam cumprir esta missão de preparar os caminhos para que todos e todas tenham o seu encontro com o Cristo que vêm, rezemos juntos:

PR.: Pai, acolha as orações de vosso povo, Tu que és Deus Conosco, e vive para sempre. AS.: Amém.

LOUVOR E AÇÃO DE GRAÇAS

Ani. Tendo participado da mesa da Palavra, participemos agora da mesa da Eucaristia, façamos nossa oferta material.

  1. CANTO DAS OFERTAS

A nossa oferta apresentamos no altar/ 

e Te pedimos vem Senhor, nos   libertar.

1- a chuva molhou a terá/ O homem plantou um grão/

a planta deu flor e frutos/   Do trigo se fez o pão.

2- O homem plantou videiras/ Cercou-as com seu carinho/

Da vinha brotou a uva/ Da uva se fez o vinho.

3- Os frutos da nossa terra/ e as lutas dos filhos teus/

Serão, pela tua graça/ Pão vivo que vem dos céus.

4- Recebe, Pai, nossas vidas/ Unidas ao pão e vinho/

e vem conduzir teu povo  / Guiando-o no teu caminho.

  1. LOUVAÇÃO E AÇÃO DE GRAÇAS
  1. Irmãos é muito bom louvar a Deus, fiel e bondoso. Desde o começo do mundo, Tu te revelaste aos antigos pais e mães de nossa fé como Deus santo e amigo da humanidade. Por meio dos profetas, falaste ao povo da primeira aliança e tuas palavras se cumpriram em Jesus teu filho amado, a quem esperamos.

ASS. Vem, vem Senhor Jesus.

  1. João Batista lá no deserto, apontou para nós o messias e deu testemunho de sua luz. Maria, recebendo o anúncio do anjo, ficou gravida do Verbo. E tuas palavras se cumpriram na plenitude dos tempos pela vinda de Jesus Cristo, nosso salvador!

ASS. Vem, vem Senhor Jesus.

PR.Hoje teu povo reunido em louvação é sinal de que teu reino está chegando. Acolhe nosso desejo de sermos unidos em Jesus Cristo e de vermos brilhar em nossa humanidade o esplendor da sua luz.

ASS. Vem, vem Senhor Jesus.

  1. PR. Apressa o tempo da vinda de Teu Reino. Recebe o louvor de todo o universo e a prece que elevamos a Ti com as palavras que Cristo nos ensinou:

AS.: Pai Nosso…

  1. RITO DE COMUNHÃO

MESC:Relembrando de Jesus que, muitas vezes, reuniu-se com os seus para comer e beber, revelando que o teu reino havia chegado, nós também nos alegramos com Ele neta mesa.

MESC:Eis o Cordeiro de Deus, que tira o pecado do mundo!

AS.: Senhor, eu não sou digno(a)…

  1. CANT0 DE COMUNHÃO

Vem, ó Senhor, com o teu povo caminhar,

teu corpo e sangue, vida e força vem nos dar. (Bis)

  1. A boa nova proclamai com alegria,

Deus vem a nós, ele nos salva e nos recria,

e o deserto vai florir e se alegrar

da terra seca, flores, frutos vão brotar;

da terra seca, flores, frutos vão brotar.

 

  1. Eis nosso Deus, e ele vem para salvar,

com sua força vamos juntos caminhar,

e construir um mundo novo libertado

do egoísmo, da injustiça e do pecado;

do egoísmo, da injustiça e do pecado.

 

  1. Uma voz clama no deserto com vigor:

“Preparai hoje os caminhos do Senhor!”

Tirai do mundo a violência e ambição,

que não nos deixa ver no outro o nosso irmão;

que não nos deixa ver no outro o nosso irmão.

 

  1. Distribuí os vossos bens com igualdade,

fazei na terra germinar fraternidade,

o Deus da vida marchará com o seu povo

e homens novos viverão um mundo novo;

e homens novos viverão um mundo novo.

 

  1. Vem ó Senhor, ouve o clamor de tua gente

que luta e sofre, porém crê que estás presente,

não abandones o teu povo Deus fiel

porque teu nome é Deus conosco, Emanuel;

porque teu nome é Deus conosco, Emanuel.

 

  1. ORAÇÃO DEPOIS DA COMUNHÃO

PR.: Imploramos, ó Pai, vossa clemência para que estes sacramentos nos purifiquem dos pecados e nos preparem para as festas que se aproximam. Por Cristo, nosso Senhor.

AS.: Amém.

  1. AVISOS
  1. BENÇÃO FINAL
  2. O Deus da paz nos santifique totalmente e nos mantenha vigilantes para o dia da vinda de nosso Senhor Jesus Cristo, agora e sempre.

ASS. Amém

  1. Abençoe-nos o Pai e o Filho e o Espirito Santo.

ASS. Amém

  1. Vamos em paz e o Senhor nos acompanhe.

ASS. Graças a Deus.

  1. CANTO FINAL

1-Um pouco além do presente, alegre o futuro anuncia,

a fuga das sombras da noitea luz de um bem novo dia:

 

Venha teu reino Senhor, a festa da vida recria,

a nossa espera e ardor/  transforma em plena alegria.

Aê, aê, aê, aê, aê.

2- Botão de esperança se abre, prenuncio da flor que se faz, promessa da sua presença,  que vida abundante nos traz.

Fonte: Celebração da Palavra no Dia do Senhor

Roteiro de Celebração 1

Ir. Penha Carpanedo, pddm

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui