Roteiro e reflexão 2º Domingo do Advento

725

Elaborado por Vasco Lagares – Diocese de Itabira/Cel. Fabriciano

 

TEMPO DO ADVENTO

2º DOMINGO – 06/12/2020 – Ano B

 

  1. REFRÃO MEDITATIVO

Louvarei a Deus, seu nome bendirei

Louvarei a Deus, Ele é minha salvação.

 

RITOS INICIAIS

  1. CANTO DE ABERTURA
  2. Senhor, vem salvar Teu povo / Das

trevas da escravidão / Só Tu és nossa

esperança / És nossa libertação!

Vem, Senhor / Vem nos salvar /Com

Teu povo / Vem caminhar! (2x)

  1. Contigo o deserto é fértil / A terra se

abre em flor /Da rocha brota água viva

/ Da terra nasce esplendor!

  1. Tu marchas à nossa frente / És força,

caminho e luz / Vem logo salvar Teu

povo / Não tardes, Senhor Jesus!

  1. SAUDAÇÃO

Pres. Iniciemos em nome do Pai e do Filho e do Espírito Santo.

  1. Amém

Pres. Que a graça e a paz de Deus, rico em misericórdia, o amor de Cristo, Senhor do Universo, e a comunhão do Espírito Santo estejam convosco.

T: Bendito seja Deus que nos reuniu no amor de Cristo

  1. RECORDAÇÃO DA VIDA

Neste segundo domingo do Advento, somos admoestados pela profecia de João Batista a retornarmos aos caminhos do encontro com o Senhor. Respondendo ao seu chamado para a conversão e o compromisso com o Reino. Lembrar momentos da comunidade que marcam este encontro com Cristo, como nos comprometemos com a vinda do Senhor.

  1. RITO DA COROA DO ADVENTO

ANIM: Hoje, vamos acender a 2ª vela: É a vela da Profecia. Ela nos convida a purificar os nossos corações acolhendo o Cristo que vem. Advento também é tempo de conversão. Atendendo ao apelo de João Batista, “Preparai os caminhos do Senhor”.

CANTO:

Uma vela, na coroa, acendemos, / toda sombra se esvai com sua luz; /Vigilantes, o Senhor esperemos:/ Chegou o tempo do Advento de Jesus.

Refrão: Meus irmãos, penitência e oração / Arrumemos nossa casa co’alegria! / Logo a ela, o Senhor vai chegar pelo ventre imaculado de Maria.

durante o canto uma pessoa acende a vela do dia

Pres. Oremos: Senhor, acendemos a segunda vela desta Coroa para que possamos preparar nossos corações para o advento do Vosso Filho. Protegei-nos, ó Deus, dos maus costumes e inflamai nossos corações a uma contínua conversão de vida, para que, servindo-vos em nossos irmãos, fujamos das trevas do pecado e, instruídos pelo próprio Salvador, corramos ao seu encontro com nossas lâmpadas acesas. Por Cristo, nosso Senhor.  T.  Amém!

  1. ATO PENITENCIAL

Pres. Convertidos ao Cristo que vem em nosso auxílio, confessemos a nossa fé na vitória do amor sobre o pecado implorando a sua misericórdia:

Pres. Confessemos os nossos pecados:

Confesso a Deus Todo-Poderoso e a vós, irmãos, que pequei muitas vezes por pensamentos e palavras, atos e omissões, por minha culpa, minha tão grande culpa. E peço à Virgem Maria, aos Anjos e Santos, e a vós, irmãos, que rogueis por mim a Deus, Nosso Senhor.

Pres. Deus, cheio de amor e bondade, tenha compaixão de nós, perdoe os nossos pecados e nos conduza à vida eterna.

  1. Amém.

 

  1. ORAÇÃO DO DIA

Pres. Oremos (silêncio): Ó Deus todo-poderoso e cheio de misericórdia, nós vos pedimos que nenhuma atividade terrena nos impeça de correr ao encontro do vosso Filho, mas, instruídos pela vossa sabedoria, participemos da plenitude de sua vida. Por Nosso Senhor Jesus Cristo, Vosso Filho, na unidade do Espírito Santo. T. Amém.

LITURGIA DA PALAVRA

  1. PRIMEIRA LEITURA – Is 40,1-5.9-11

Da profecia de Isaías

  1. SALMO – 84(85)

Refrão: Mostrai-nos, ó Senhor, vossa bondade, e a vossa salvação nos concedei!

  1. SEGUNDA LEITURA – 2Pd 3,8-14

Da Segunda Carta de São Pedro

  1. ACLAMAÇÃO AO EVANGELHO

Aleluia, Aleluia, Aleluia!

Preparai o caminho do Senhor, endireitai suas veredas! / Toda a carne há de ver a salvação de nosso Deus.

  1. EVANGELHO – Mc 1,1-8

Proclamação do Evangelho de Jesus Cristo segundo a Comunidade de Marcos

  1. HOMILIA

O quanto somos prevenidos e vigilantes em nosso dia a dia? Você costuma levar guarda-chuva diante das primeiras ameaças de chuva ou é daqueles que geralmente tomam banho de chuva ou precisam pedir emprestado um guarda-chuva? Os textos bíblicos do 2° Domingo de Advento falam da vigilância e da preparação.

O 2º Domingo de Advento faz-nos refletir também sobre as segundas chamadas na vida. A segunda chamada no vestibular ou em concursos representa uma nova chance para quem não atingiu a meta. Na vida escolar, a recuperação é uma segunda chance para quem não foi bem na prova. O segundo turno de uma eleição é oportunidade de analisar melhor os candidatos. Em reuniões e assembleias vale a segunda chamada/convocação. Quantas “chamadas” Deus precisa fazer para lhe obedecermos e o levarmos a sério? No Advento, Deus faz-nos quatro chamadas, e ainda tem gente que chega ao Natal despreparada, estressada, desapercebida dos sinais…

João Batista afirma claramente que preparar a vinda do Messias passa pela metanoia, isto é, pela transformação total do ser humano. Preparar a vinda de Jesus exige de nós uma transformação radical em nossa vida. Arrepender-se é confessar e abandonar o pecado, é não se apegar mais à ideia de que se é justo simplesmente por ser descendente de Abraão ou fazer parte de uma igreja, mas é produzir frutos de uma vida que corresponda ao arrependimento. O Advento gera comoção, mas qual a ação que permanece depois? Ao fazermos uma conversão no trânsito, devemos antes sinalizar essa intenção com o pisca-alerta. No Advento, as comunidades estão com vários pisca-alertas ligados, reflexivas e emotivas, mas, infelizmente, fica só no piscar e não há ação concreta através de uma mudança de direção. É como o automóvel que liga o pisca-alerta e não muda de direção. Saímos transformados, convertidos para uma real mudança após ouvir o chamado de João Batista? À semelhança dos pisca-piscas dos pinheirinhos, nosso pisca-alerta do batismo vai piscar enquanto a decoração natalina estiver exposta e depois tudo volta como era antes, sem mudar de direção, sem frutos de arrependimento?

A imagem do deserto destaca que mais do que um determinado lugar, ele indica uma profunda experiência com Deus. Nesse sentido, o 2º Domingo de Advento torna-se um “estar com João no deserto”. O Advento pode ser comparado a uma caminhada com quatro estações (quatro domingos), e a segunda passa pelo deserto. E depois de passar pelo deserto, não saímos mais os mesmos, mudamos o ritmo e a maneira de caminhar. Advento é oportunidade de dar maior liberdade a Deus para agir em nós, abrindo espaços, alargando o coração, endireitando caminhos, abrindo fronteiras.

O segundo domingo de dezembro é também o Dia da Bíblia para as igrejas oriundas da Reforma religiosa do século XVI. É oportunidade de destacar a Bíblia como o manual para nossa preparação e vigilância na vida de fé. Para usarmos corretamente um eletrodoméstico, precisamos conhecer seu manual de instrução. Para vivermos coerente e fervorosamente a fé, precisamos continuamente consultar a palavra de Deus.

O que significa estar vigilante e preparado? Viver uma vida de acordo com a vocação recebida desde o Batismo, ou seja, uma vida santa, de serviço a Deus. A demora na segunda vinda de Jesus não é pretexto para esmorecer na preparação ou desistir de esperar e agir. A questão não é quando será, mas como você está se preparando para tal. É a esperança que torna a espera algo produtivo, pois, se o amor é confiante, a preparação será constante!

Fonte: www.cebi.org.br

  1. CREIO
  1. PRECES DA COMUNIDADE

Pres. Irmãos e irmãs, acolhendo o anúncio de João Batista, peçamos a Deus que nos prepare bem para o encontro com o Cristo e nos conduza em nosso compromisso com o seu Evangelho, oremos:

  1. Vem, Senhor, vem, Senhor, vem libertar o teu povo!

1)  Senhor, fortalece a Igreja, para que viva com dignidade o seu compromisso de anunciar a libertação e trabalhe para a manutenção da vida de seu povo. Peçamos com fé:

2) Anima nossa caminhada pastoral, para que possamos anunciar com fé a presença libertadora do Cristo. Peçamos com fé:

3) Olhai por todos os doentes, encarcerados, excluídos de nossa sociedade, para que sintam a presença consoladora do Cristo e vivam a esperança de sua vinda. Peçamos com fé:

4) Anima nossas juventudes, mulheres e homens, para que seu apostolado contagie a todos que estão próximos. Peçamos com fé.

Pres. Tudo isso vos pedimos, ó Pai, por Cristo, nosso Senhor.

  1. Amém.

É o momento de trazer nossa oferta material para a manutenção das atividades de nossa comunidade

  1. CANTO DAS OFERTAS

A nossa oferta apresentamos no

altar / e te pedimos: vem, Senhor,

nos libertar!

  1. A chuva molhou a terra, o homem

plantou um grão. A planta deu flor e

frutos, do trigo se fez o pão.

  1. O homem plantou videiras,

cercou-as com seu carinho. Da vinha brotou

a uva, da uva se fez o vinho.

  1. Os frutos da nossa terra e as lutas

dos filhos teus, serão, pela tua graça,

pão vivo que vem dos céus.

  1. Recebe, Pai, nossas vidas, unidas

ao pão e vinho, e vem conduzir teu

povo, guiando-o no teu caminho.

 

AÇÃO DE GRAÇAS

  1. CONVITE À AÇÃO DE GRAÇAS

Pres. Trazendo o pão consagrado à mesa, demos graças a Deus pela salvação operada através de seu Filho, presente no meio de nós. O Ministro deposita sobre o altar a Eucaristia enquanto a comunidade canta:

Pres. O Pai enviou-nos o seu Filho Unigênito para a nossa salvação.

Pres. O Senhor esteja com vocês.

  1. Ele está no meio de nós!

Pres. Demos graças ao Senhor, nosso Deus.

  1. É nosso dever e nossa salvação!

 

  1. ORAÇÃO DE AÇÃO DE GRAÇAS
  2. Ao Deus dos tempos de outrora, Suprema Força da História, Que merece toda glória, por Jesus, Nosso Senhor!

Eu vou cantar um bendito, um canto novo, um louvor! (bis)

  1. Por Jesus, o Prometido, pelos profetas predito, Pela Virgem concebido e esperado com amor!

Eu vou cantar um bendito, um canto novo, um louvor! (bis)

  1. Jesus, por João anunciado, presente entre nós mostrado, Por ele, o prazer é dado de esperá-lo com ardor!

Eu vou cantar um bendito, um canto novo, um louvor! (bis)

  1. Ao preparar seu Natal, querer sua vinda final, quando finda todo mal, e se acaba toda dor!

Eu vou cantar um bendito, um canto novo, um louvor! (bis)

  1. Que na prece vigiemos, de esperar não nos cansemos, À sua vinda nos achemos celebrando seu louvor.

Eu vou cantar um bendito, um canto novo, um louvor! (bis)

  1. E, agora, ó Desejado, o teu povo congregado, Aos céus e à terra irmanado, louva e bendiz ao Senhor!

Eu vou cantar um bendito, um canto novo, um louvor! (bis)

 

Pres. Apressa o tempo da vinda do teu reino. Recebe o louvor de todo o universo e a prece que elevamos a ti com as palavras que o Cristo nos ensinou.

Pai nosso… pois vosso é o reino, o poder e a glória para sempre.

  1. RITO DA COMUNHÃO

Pres. Relembrando de Jesus que, muitas vezes, reuniu-se com os seus para comer e beber, revelando que o teu reino havia chegado, nós também nos alegramos com Ele nesta mesa. E tomando o pão consagrado, acrescenta:

Assim disse Jesus: “Se alguém ouvir a minha voz e abrir a porta, entrarei em sua casa e comerei com ele e ele comigo”. (Ap 3,20)

  1. Senhor, eu não sou digno …

 

20.. CANTO DE COMUNHÃO

Vem ó Senhor com o teu povo caminhar /

Teu corpo e sangue, vida e força vem nos dar

  1. A Boa Nova proclamai com alegria, /

Deus vem a nós, ele nos salva e nos

recria / E o deserto vai florir e se alegrar

/ da terra seca, flores, frutos vão brotar

  1. Eis nosso Deus, e Ele vem para salvar, /

com sua força vamos juntos caminhar /

E construir um mundo novo e libertado /

do egoísmo, da injustiça e do pecado

  1. Uma voz clama no deserto com

vigor: / Preparai hoje os caminhos do

Senhor! / Tirai do mundo a violência e

ambição / que não vos deixam ver no

outro o vosso irmão

  1. Distribuí os vossos bens com igualdade,

/ fazei na terra germinar fraternidade /

O Deus da vida marchará com o

seu povo / e homens novos viverão

num mundo novo

  1. Vem ó Senhor, ouve o clamor de tua

gente / que luta e sofre, porém crê que

estás presente / Não abandones o teu

povo, Deus fiel/ porque teu nome é

Deus – conosco: Emanuel

  1. ORAÇÃO DEPOIS DA COMUNHÃO

Pres. Alimentados pelo pão espiritual, nós vos suplicamos, ó Deus, que, pela nossa participação nessa Eucaristia, nos ensineis a julgar com sabedoria os valores terrenos e colocar nossas esperanças nos bens eternos. Por Cristo, nosso Senhor.  T. Amém

RITOS FINAIS

  1. AVISOS
  2. BENÇÃO

Pres. O Senhor esteja convosco.

  1. Ele está no meio de nós.

Pres. : O Deus da paz nos santifique totalmente e nos mantenha vigilantes para o dia da vinda de nosso Senhor Jesus Cristo, agora e sempre.

  1. Amém!

Pres.  Abençoe-nos o Pai e  o Filho † e o Espírito Santo.

  1. Amém!

Pres.  Vamos em paz e o Senhor nos acompanhe.

  1. Graças a Deus!
  1. CANTO FINAL

 

1-Um pouco além do presente,

alegre o futuro anuncia,

a fuga das sombras da noite

a luz de um bem novo dia:

Venha teu reino Senhor, a festa da vida recria,

a nossa espera e ardor/  transforma em plena alegria.

Aê, aê, aê, aê, aê.

2- Botão de esperança se abre, prenuncio da flor que se faz,

promessa da sua presença,

que vida abundante nos traz

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui