Roteiro e reflexão 2º Domingo do Advento

292

Elaborado por Vasco Lagares – Diocese de Itabira/Cel. Fabriciano

05 de dezembro de 2021

RITOS INICIAIS

Organizar o espaço conforme o Tempo do Advento.

  1. REFRÃO MEDITATIVO

Louvarei a Deus, seu nome bendirei  

Louvarei a Deus, Ele é minha salvação

 

  1. CANTO DE ENTRADA

Ouve-se na terra um grito/

Do povo um grande clamor/

Senhor, abre os céus/

Que as nuvens chovam o Salvador.

 

1- É um só canto de amor e esperança/

Que a terra mãe, germinando contém/

A ti, Senhor, nós clamamos/

Vem, senhor Jesus, vem.

2- Mesmo se as guerras destroem a terra

Pondo em perigo a paz e o bem/

Que a nossa voz não se canse

Vem,  senhor Jesus, vem.

3- Vem reunir hoje as tuas Igrejas

A tua prece rezamos, também/

O nosso amor sempre espere/

Vem, Senhor Jesus, vem.

 

  1. ACOLHIDA E SAUDAÇÃO
  2. Preparando nossa vida para o encontro com o Senhor, com alegria iniciemos este nosso encontro de irmãos: Em nome do Pai e do Filho e do Espírito Santo. Ass. Amém.
  3. A Graça e a paz de Deus, nosso Pai, do Senhor Jesus Cristo, nosso redentor, do Espírito Santo, nossa força, estejam sempre convosco.

Ass. Bendito seja Deus que nos reuniu no amor de Cristo.

  1. RECORDAÇÃO DA VIDA

O coração da pregação de João Batista está contido na afirmação: “Esta é a voz daquele que grita no deserto: preparai o caminho do Senhor, endireitai suas veredas”. Somos impelidos a rever nossa caminhada, como estamos trabalhando a nossa vida?  Estamos contribuindo para a libertação de toda injustiça anunciada nesta liturgia? Que a Palavra de Deus ouvida neste tempo de Advento nos ajude e nos prepare para o que está por vir.

5 – COROA DO ADVENTO

  1. Esta vela convida-nos a purificar nossos corações acolhendo o Cristo que vem. Somos convidados a viver e a trabalhar para que Justiça aconteça em nossos dias. E Advento é tempo de conversão. Tempo de viver a justiça.

CANTO

Outra vela, na coroa acendemos,

penitentes, nos caminhos do Senhor.

Consolando os aflitos, busquemos

novos céus e nova terra, com ardor!

Meus irmãos, penitência e oração

Arrumemos nossa casa co’alegria!

Logo a ela, o Senhor vai chegar

pelo ventre imaculado de Maria.

PR.: Oremos: Senhor, acendemos a segunda vela desta Coroa para que possamos preparar nossos corações para o advento do Vosso Filho. Protegei-nos, ó Deus, dos maus costumes e inflamai nossos corações a uma contínua conversão de vida, para que, servindo-vos em nossos irmãos, fujamos das trevas

do pecado e, instruídos pelo próprio Salvador, corramos ao seu encontro com nossas lâmpadas acesas. Por Cristo, nosso Senhor.

Ass. Amém!

  1. ATO PENITENCIAL
  2. Em Jesus Cristo, o Justo, que intercede por nós e nos reconcilia com o Pai,

abramos o nosso espírito ao arrependimento para sermos menos indignos de

aproximar-nos da mesa do Senhor. (silêncio)

PR: Confessemos os nossos pecados.

PR: Senhor, que vindes visitar vosso povo na paz, tende piedade de nós.

Ass. Senhor, tende piedade!

PR: Cristo, que vindes salvar o que estava perdido, tende piedade de nós.

Ass. Cristo, tende piedade de nós.

PR: Senhor, que vindes criar um mundo novo, tende piedade de nós.

Ass. Senhor, piedade, piedade de nós.

PR: Deus todo-poderoso tenha compaixão de nós, perdoe os nossos pecados e nos conduza à vida eterna.

Ass. Amém.

  1. ORAÇÃO DO DIA
  2. OREMOS: Ó Deus todo-poderoso e cheio de misericórdia, nós vos pedimos que nenhuma atividade terrena nos impeça de correr ao encontro do vosso Filho, mas, instruídos pela vossa sabedoria, participemos da plenitude de sua vida. Por nosso Senhor Jesus Cristo, vosso Filho, na unidade do Espírito Santo. Ass. Amém.

LITURGIA DA PALAVRA

  1. PRIMEIRA LEITURA – Br 5,1-9

Da Profecia de Baruc

  1. SALMO – 125(126)

Refrão: Maravilhas fez conosco o Senhor, exultemos de alegria!

  1. SEGUNDA LEITURA – Fl 1,4-6.8-11

Da Carta de São Paulo aos Filipenses.

  1. ACLAMAÇÃO AO EVANGELHO

Aleluia, Aleluia, Aleluia.

Preparai o caminho do Senhor, endireitai suas veredas. Toda a carne há de ver  salvação do nosso Deus.

  1. EVANGELHO – Lc 3,1-6

Proclamação do Evangelho de Jesus Cristo segundo a Comunidade de Lucas

  1. HOMILIA

A Realidade

Olhar para Deus do lugar do pobre, ler a Bíblia com os pés na realidade de pobreza, de exclusão, de cativeiro, da grande maioria do povo da América Latina, a isso é que se deu o nome de Teologia da Libertação. Grandes teólogos de todo o nosso Continente seguem por essa linha.

Identificar Jesus com o pobre, ler a Bíblia com os olhos dos sofredores e escravizados assustou muita gente. Será preciso esquecer a realidade, tirar os pés do chão, para entender Jesus e para falar de Deus? Será assim a Bíblia?

A Palavra

A vinda de Jesus ao mundo não aconteceu no ar, fora de época e de lugar. O Evangelho de hoje faz questão de lembrar o ano, o lugar e tudo o que acontecia. A chegada de Jesus ocorreu na província mais pobre e mais distante do Império Romano. Ele dá o nome do Imperador Romano e de seus prepostos que governavam aquela região. O Imperador era Tibério. Ele disse a seus comandados: é preciso tosquiar as províncias (cortar rente), não barbear (rapar tudo). Cita ainda os Sumos Sacerdotes que comandavam a religião e faziam do Templo o seu grande negócio.

Para preparar a vinda de Jesus vem um João do lugar mais abandonado, o deserto. Vem pregando uma mudança completa de tudo, a começar da cabeça das pessoas. O que nas traduções se lê ‘conversão’, no grego é metanoia: meta, mudança, como em metamorfose, e noia, cabeça, como em paranóia. João prega uma mudança de cabeça ou de mentalidade, para que se possa ver a salvação de Deus.

A Primeira Leitura anuncia a festa da salvação aos que estão no cativeiro.

O Mistério

A morte e ressurreição do Senhor, que celebramos na Eucaristia é o anúncio da salvação e dos caminhos por onde ela chega. Não vem dos grandes, dos poderosos, dos que comandam este mundo dividido em escravos e senhores. Vem de um humilde líder popular que assumiu a morte mais vergonhosa para mudar essa estória de opressão e cativeiro.

A comunhão celebra a vida que nasce da cruz, a partilha de si que faz um mundo de irmãos, não mais de senhores e escravos. É a festa da salvação que chega.

Padre José Luis Gonzaga do Prado

  1. PROFISSÃO DE FÉ

PR.: Professemos a nossa fé. Creio…

  1. PRECES DA ASSEMBLÉIA

PR.: Irmãos e irmãs, nesta feliz e orante espera pelo Senhor que já vem, digamos a cada prece:

Ass. Vinde, Senhor, salvar vosso povo!

  1. Pela Igreja de Deus: para que, movida pelo convite de João Batista, renove seu impulso missionário e afaste de si tudo o que impede o cumprimento da missão evangelizadora, é o que vos pedimos. nós vos pedimos.
  2. Por todos os cristãos presentes no mundo inteiro, para que encontrem na Igreja um sinal de conversão, de unidade e de paz. nós vos pedimos.
  3. Por todos os doentes de nossa comunidade: para que experimentem a graça da divina consolação pela nossa proximidade e oração, nós vos pedimos.
  4. Por todos aqueles que se empenham na luta pela justiça, para que renovem suas forças e permaneçam firmes na construção de uma sociedade mais justa, nós vos pedimos

PR.: Senhor nosso Deus, ouvi as preces que Vos dirigimos com fé, conduzi-nos à bem-aventurança celeste. Por Cristo nosso Senhor.

Ass. Amém.

LOUVAÇÃO E AÇÃO DE GRAÇAS

  1. CANTO DAS OFERTAS

É o momento de fazer nossa oferta para manter as necessidades da comunidade, cantemos:

A nossa oferta apresentamos no altar/ 

e Te pedimos vem Senhor, nos   libertar.

 

1- A chuva molhou a terá/ O homem plantou um grão/

a planta deu flor e frutos/   Do trigo se fez o pão.

2- O homem plantou videiras/ Cercou-as com seu carinho/

Da vinha brotou a uva/ Da uva se fez o vinho.

3- Os frutos da nossa terra/ e as lutas dos filhos teus/

Serão, pela tua graça/ Pão vivo que vem dos céus.

4- Recebe, Pai, nossas vidas/ Unidas ao pão e vinho/

e vem conduzir teu povo  / Guiando-o no teu caminho.

  1. CONVITE À AÇÃO DE GRAÇAS
  2. Irmãos e irmãs, vamos juntos dar graças a Deus, repartindo o Pão Consagrado, em memória de Jesus que se encontra em nossa mesa e nos dá o

seu perdão. Cantemos acolhendo o Pão Eucarístico.

Enquanto se faz um canto, o Ministro da Eucaristia traz o pão consagrado e o coloca sobre o altar. Todos fazem uma breve inclinação.

  1. O Senhor esteja com vocês.

Ass. Ele está no meio de nós!

  1. Demos graças ao Senhor, nosso Deus.

Ass. É nosso dever e nossa salvação!

  1. ORAÇÃO DE AÇÃO DE GRAÇAS:
  2. É muito bom vos louvar, ó Deus bondoso e fiel! Desde o começo do mundo, vos revelastes aos antigos Pais da fé como Deus santo e amigo da humanidade. Por meio dos profetas, falastes ao povo da Primeira Aliança e vossas palavras se cumpriram em Jesus, vosso Filho amado, a quem esperamos. Nossas obras de justiça e paz proclamem aos oprimidos que o Senhor Jesus vem.

Refrão: Vem, Senhor, vem nos salvar, com teu povo, vem caminhar! (bis)

  1. João Batista, lá no deserto, apontou para nós o Messias e deu testemunho de sua luz. Maria, recebendo o anúncio do Anjo, ficou grávida do Verbo. E vossas promessas se cumpriram na plenitude dos tempos pela vida de Jesus Cristo, nosso Salvador! Hoje, vosso povo reunido em louvação é sinal de que vosso Reino está no meio de nós. Acolhei nosso desejo de sermos unidos em Jesus Cristo e de vermos brilhar em nossa humanidade o esplendor da vossa luz.

Refrão: Vem, Senhor, vem nos salvar, com teu povo, vem caminhar! (bis)

  1. Ó Deus, sempre possamos vos louvar e agradecer pelos imensos benefícios que realizais em nossas vidas. Por Cristo, nosso Senhor.

Ass. Amém.

  1. Ó Deus, criador do céu e da terra, os nossos louvores e as nossas preces cheguem a vós pelas mãos daquele que é nosso único mediador, Jesus Cristo, nosso Senhor, por quem oramos com as palavras que ele nos ensinou:

Ass. Pai nosso…,

  1. RITO DA COMUNHÃO
  2. Irmãos e irmãs, participemos da comunhão do Corpo do Senhor em profunda unidade com nossos irmãos que, neste dia, tomam parte da Celebração Eucarística, memorial vivo da Paixão, Morte e Ressurreição de Jesus Cristo. O Corpo de Cristo será nosso alimento.
  3. Felizes os convidados para a Ceia do Senhor. Eis o Cordeiro de Deus, que tira o pecado do mundo.

Ass:  Senhor, eu não sou digno …

  1. CANTO DE COMUNHÃO

Vigiai, vigiai, eu vos digo

Não sabeis qual o dia ou a hora.

Vigiai, vigiai eu repito

Eis que vem o Senhor

Em sua glória! (bis)

  1. Foste amigo antigamente

Desta terra que amaste,

Deste povo que escolheste;

Sua sorte melhoraste,

Perdoaste seus pecados,

Tua raiva acalmaste.

  1. Vem de novo restaurar-nos!

Sempre irado estarás,

Indignado conta nós?

E a vida não darás?

Salvação e alegria,

Outra vez não nos trarás?

  1. Escutemos suas palavras

É de paz que vai falar;

Paz ao povo, a seus fiéis,

A quem dele se achegar.

Está perto a salvação

E a glória vai voltar.

  1. Eis: Amor, Fidelidade

Vão unidos se encontrar,

Bem assim, Justiça e Paz

Vão beijar-se, e se abraçar.

Vai brotar Fidelidade

E Justiça se mostrar.

  1. ORAÇÃO DEPOIS DA COMUNHÃO
  2. Alimentados pelo pão espiritual, nós vos suplicamos, ó Deus, que, pela nossa participação nessa Eucaristia, nos ensineis a julgar com sabedoria os valores terrenos e colocar nossas esperanças nos bens eternos. Por Cristo, nosso Senhor. Ass. Amém

RITOS FINAIS

  1. AVISOS
  2. BENÇÃO FINAL

PR: O Senhor esteja convosco.

Ass.  Ele está no meio de nós.

PR: Que o Deus onipotente e misericordioso vos ilumine com o advento do seu Filho, em cuja vinda credes e cuja volta esperais, e derrame sobre vós as suas bênçãos.

Ass.  Amém!

PR: Que durante esta vida ele vos torne firmes na fé, alegres na esperança, solícitos na caridade.

Ass.  Amém!

PR: Alegrando-vos agora pela vinda do Salvador feito homem, sejais recompensados com a vida eterna, quando vier de novo em sua glória.

Ass.  Amém!

PR: O Senhor todo-poderoso, Pai e Filho e Espírito Santo nos abençoe e nos guarde.

Ass.  Amém!

  1. CANTO FINAL

 

1- Senhor, vem salvar teu povo

Das trevas da escravidão

Só tu és nossa esperança

És nossa libertação!

 

Vem, Senhor

 Vem nos salvar

Com teu povo

Vem  caminhar! (Bis)

 

2- Contigo o deserto e fértil

A terra se abre em flor

Da rocha brota água viva

Da treva nasce o esplendor.

 

3- Tu marchas à nossa frente

És força, caminho e luz

Vem logo salvar teu povo

Não tardes, Senhor Jesus!

 

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui