Roteiro e reflexão 28º Domingo do Tempo Comum

569

 

  1. REFRÃO MEDITATIVO

Eis-me aqui, Senhor! Eis-me, aqui, Senhor! /

Pra fazer tua vontade, pra viver no teu amor.

Pra fazer Tua Vontade, pra viver no Teu amor,

eis-me aqui, Senhor!

 

RITOS INICIAIS

  1. CANTO DE ABERTURA

Eis-me aqui, Senhor! Eis-me, aqui, Senhor! /

Pra fazer tua vontade, pra viver no teu amor.

Pra fazer Tua Vontade, pra viver no Teu amor,

eis-me aqui, Senhor!

 

1)O Senhor é o pastor que me conduz,

por caminhos nunca visto me enviou

Sou chamado a ser fermento, sal e   luz,

e por isso respondi: aqui estou!

 

2) Ele pôs em minha boca uma canção,

me ungiu como profeta e trovador,

Da história e da vida do meu povo,

e por isso respondi: aqui estou!

 

3) Ponho a minha confiança no Senhor,

da esperança sou chamado a ser sinal,

Seu ouvido se inclinou ao meu clamor,

e por isso respondi: aqui estou!

 

  1. SAUDAÇÃO

Pres. Iniciemos em nome do Pai e do Filho e do Espírito Santo.

  1. Amém

Pres. O Senhor, que encaminha os nossos coraçõespara o amor de Deus e a constância de Cristo, estejam convosco.

T: Bendito seja Deus que nos reuniu no amor de Cristo

 

  1. RECORDAÇÃO DA VIDA

O(a) animador(a), com breves palavras, acolhe as pessoas, introduz o sentido do domingo.Lembrar que estamos no mês dedicado às missões, lembrando das nossas ações para a construção de um mundo mais justo. O que nossa comunidade tem feito?(trazer as ações em defesa da criança e do adolescente, do professor, da família, dos necessitados).

  1. ATO PENITENCIAL

Pres.Em Jesus Cristo, o Justo, que intercede por nóse nos reconcilia com o Pai, abramos o nosso espírito ao arrependimento. Reconhecendo-nos pecadores, peçamos aoSenhor que tenha piedade de nós.

1-Eu confesso a Deus e a vós irmãos,tantas vezes pequei não fui fiél:Pensamentos e palavras, atitudes e omissões….Por minha culpa, tão grande culpa.

Senhor, piedade!   Cristo piedade! Tem piedade, ó Senhor (2x)

2-Peço a virgem Maria, nossa mãee a  vós, meus irmãos, rogueis por mim.  A Deus pai que nos perdoa e nos sustenta por sua mão.Por teu amor, Teu grande amor.

Pres.Deus todo-poderoso tenha compaixão de nós,perdoe os nossos pecados e nos conduza à vida eterna.

  1. Amém.

 

  1. GLÓRIA

Glória, glória, anjos nos céus

cantam todo seu amor

E na terra homens de paz:

(Deus merece o louvor.)3x só no final

 

1) Deus é Pai, nós vos louvamos,

adoramos, bendizemos,

Damos glória ao vosso nome,

nossos dons agradecemos.

 

2) Senhor Nosso Jesus  Cristo,

unigênito do Pai.

Vós, de Deus Cordeiro  Santo

nossas culpas,   perdoai.

 

3.Vós que estais junto do Pai

como nosso intercessor

acolhei nossos pedidos

atendei nosso clamor!.

 

4 Vós somente sois o Santo,

o Altíssimo Senhor,

O   Espírito  Divino

de Deus Pai o esplendor.

 

  1. ORAÇÃO DO DIA

Pres.Oremos (silêncio):Ó Deus, sempre nos preceda e acompanhea Vossa graça para que estejamos sempreatentos ao bem que devemos fazer. Por Nosso Senhor Jesus Cristo, Vosso Filho, na unidade do Espírito Santo. T. Amém.

 

LITURGIA DA PALAVRA

  1. PRIMEIRA LEITURA – Is 25,6-10a

Da profecia de  Isaías.

 

  1. SALMO – 22(23)

Refrão: Na casa do Senhor habitarei, eternamente

 

  1. SEGUNDA LEITURA – Fl 4,12-14.19-20

DaCarta de São Paulo aosFilipenses.

  1. ACLAMAÇÃO AO EVANGELHO

Refrão: Aleluia, aleluia, aleluia (2x)

Que o Pai do Senhor Jesus Cristo nos dê dosaber o espírito; conheçamos, assim, a esperança à qual nos chamou, como herança!

  1. EVANGELHO – Mt 22,1-14

Proclamação do Evangelho de Jesus Cristo segundo a Comunidade de Mateus

  1. HOMILIA

A Realidade

Muitas pessoas têm dificuldade de participar de um Grupo de Reflexão ou de um encontro ou curso de formação bíblica ou coisa semelhante. Quase sempre têm ocupações mais importantes ou estão cansadas, quando não se sentem diminuídas por dar atenção a pessoas menos capazes ou temem ouvir coisas que as incomodariam. O fato é que sempre há motivos para não aceitar o convite.

Outras vezes ou em outros lugares o incentivo é grande e pode acontecer de alguém vir participar sem estar de espírito preparado, sem entender bem de que se trata e, então, ele acaba se excluindo também.

A Palavra

Na Primeira Leitura, preparando o Evangelho, a salvação do povo escravo é apresentada como uma festa. Deus dá essa festa na sua montanha, na terra do povo de Israel. Hoje a Igreja, a Comunidade, o Grupo de Reflexão é uma festa para a qual todos são convidados.

O Evangelho também fala de uma festa, festa do casamento do Filho do Rei. Jesus é o Filho, é o Noivo. Os primeiros convidados são os chefes do povo do Primeiro Testamento. A comunidade que nos deu este Evangelho era de cristãos judeus, mas teve de sair de Jerusalém e da Palestina. Foi pelo mundo a fora convidando todos a entrar para ‘a festa do casamento’.

Convidaram judeus e não judeus, ‘bons’ e ‘maus’ sem distinção, até que o local da festa ficou repleto. O reinado de Deus foi comparado no mesmo Evangelho à rede que pesca peixes bons e maus ou, ao joio ao lado do trigo. Só no momento da colheita ou da escolha dos peixes, os que não estão preparados serão atirados nas ‘trevas exteriores’. O julgamento é quando o rei entra na sala para ver os convidados.

O Mistério

“Felizes os convidados…”. “Ensaiamos a festa e a alegria fazendo comunhão”. A Eucaristia celebra esse banquete, essa festa de casamento. Os sinais são extremamente pobres, mas a festa realmente é dos pobres. Os chefes não aceitaram o convite. É a festa do casamento do Cordeiro sacrificado e de pé.

Sacrificado onde ninguém se sacrifica pelo outro, ao contrário, explora, ele abre um caminho novo, tira o pecado do mundo. O banquete, então, deixa de ser coisa das elites, é a festa do povo. Assim também ele condena os que querem na festa “humilhar os que nada têm” (1Cor 11,22).

Padre José Luis Gonzaga do Prad

Diocese de Guaxupé, paróquia Santa Rita, cidade Nova Resende.

 

  1. CREIO
  1. PRECES DA COMUNIDADE

Pres. Irmãos e irmãs, apresentemos com confiança as nossas orações e súplicas. Peçamos com fé:

  1. Senhor, escutai a nossa prece!

1)  Pelo papa Francisco, grande motivador da juventude, e de todos os missionários e missionárias, por suas famílias e comunidades cristãs que os incentivam e os sustentam. Peçamos com fé:

2) Pelos missionários e missionárias perseguidos e injustiçados que,sustentados pela força de Cristo crucificado-ressuscitado, perseveramfielmente na missão. Peçamos com fé:

3) Por nossa Comunidade, para que assuma com fidelidade os ensinamentos do Evangelho de Jesus. Peçamos com fé:

Pres. vamosrezar com toda a Igreja do Brasil a oração do MêsMissionário:

Deus Pai, Filho e Espírito Santo, fonte transbordante da missão, ajuda-nos a compreender que a vida é missão, dom e compromisso. Que Maria, nossa intercessora na cidade, no campo, na Amazônia e em toda parte, ajude, cada um de nós, a ser testemunhas proféticas do Evangelho, numa Igreja sinodal e em estado permanente de missão. Eis-me aqui, Senhor, envia-me! Amém.

É o momento de trazer nossa oferta material para a manutenção das atividades de nossa comunidade

  1. CANTO DAS OFERTAS
  2. Muitos grãos de trigo se tornaram pão.

Hoje são teu Corpo, ceia   e comunhão.

Muitos  grãos de trigo se tornaram pão.

 

Toma, Senhor, nossa vida em ação,

para mudá-la em fruto e missão!

Toma, Senhor, nossa vida em ação,

para mudá-la em missão.

 

  1. Muitos cachos de uva se tornaram vinho.

Hoje são teu Sangue, força no caminho.

Muitos cachos de uva se tornaram vinho.

 

  1. Muitas são as vidas feitas vocação

hoje oferecidas em   consagração.

Muitas são as vidas feitas vocação.

AÇÃO DE GRAÇAS

  1. CONVITE À AÇÃO DE GRAÇAS

Pres. Renovados pelo Deus-Palavra,acolhamos agora o Deus-Alimento,força de nossa caminhada. O Ministro deposita sobre o altar a Eucaristia enquanto a comunidade canta:

Pres. O Pai enviou-nos o seu Filho Unigênito para a nossa salvação.

Pres. O Senhor esteja com vocês.

  1. Ele está no meio de nós!

Pres. Demos graças ao Senhor, nosso Deus.

  1. É nosso dever e nossa salvação!

 

  1. ORAÇÃO DE AÇÃO DE GRAÇAS

 

Pres. Nós vos damos graças, ó Deus davida, porque neste tempo de missão,inspirais com a força do Espírito Santonosso agir cristão.

  1. Glória a ti, Senhor, toda graça e louvor.

 

Pres. Nossa comunidade aqui reunida recorda a vitória sobre a morte, escutando a Vossa Palavra naesperança de ver o novo céu e a nova terra, ondenão haverá fome, nem morte, nem dor, e onde viveremos na plena comunhão do teu amor.

  1. Glória a ti, Senhor, toda graça e louvor.

Pres. A Igreja, é sinal daVossa presença no mundo. Nela expressamos nosso desejo de corresponder com mais fidelidade àmissão que nos destes e invocamos sobre nós o

Vosso Espírito, para que possa nos transformar em ardorosos missionários.

  1. Glória a ti, Senhor, toda graça e louvor.

Pres. Nós Te bendizemos, pois pela Palavra do Evangelho,Vós reunistesem uma mesma Igreja, todos os povos, línguas enações. Pelo Espírito que vivifica e fortalece essamesma Igreja, Ele não deixa de congregar na unidade todos os seres humanos, que, em resposta, caminha com o Mestre e responde afirmativamente, com empenho e dedicação seu “sim”ao chamado que Ele faz.

  1. Glória a ti, Senhor, toda graça e louvor.

Pres. Ó Deus, que chegue até Vós toda a nossa louvação. Nós Vos agradecemos pelos imensos benefícios que realizais na nossa vida, Vossos filhos efilhas. Por Cristo, nosso Senhor. Amém.

Pres. Em comunidade, como filhos e filhas de Deus, rezemos juntos:

Pai nosso… pois vosso é o reino, o poder e a glória para sempre.

  1. RITO DA COMUNHÃO

Pres. Relembrando de Jesus que, muitas vezes, reuniu-se com os seus para comer e beber, revelando que o teu reino havia chegado, nós também nos alegramos com Ele nesta mesa.E tomando o pão consagrado, acrescenta:

Quem vem a mim nunca mais terá fome e o que crê em mim nunca mais terá sede.

Eis o Cordeiro de Deus, aquele que tira o pecado do mundo!

  1. Senhor, eu não sou digno …

20.. CANTO DE COMUNHÃO

1- Cantar a beleza da vida, presente do amor sem igual:

missão do teu povo escolhido! Senhor, vem livrar-nos do mal!

 

Vem dar-nos teu filho, Senhor, sustento no pão e no vinho

e a força do Espírito  Santo,    unindo teu povo a caminho!

 

2-Falar do teu filho às nações, vivendo como Ele viveu:

missão do teu povo escolhido! Senhor vem cuidar do que é teu!

 

3- Viver o perdão sem medida, servir sem jamais condenar:

missão do teu povo escolhido! Senhor vem conosco ficar!

 

4- Erguer os que estão humilhados, doar-se aos pequenos e aos pobres:

missão do teu povo escolhido! Senhor nossas forças redobre

 

5- Buscar a verdade e a Justiça, nas trevas brilhar como a luz

missão do teu povo escolhido! Senhor nossos passos conduz

 

6- Andar os caminhos do mundo, plantando teu reino de paz:

missão do teu povo escolhido! Senhor nossos passos conduz

 

7- Fazer deste mundo um só povo fraterno, a serviço da vida:

missão do teu povo escolhido! Senhor nossos passos conduz

 

  1. ORAÇÃO DEPOIS DA COMUNHÃO

Pres.Ó Deus Todo-poderoso, nós Vos pedimoshumildemente que, alimentados com a VossaPalavra, possamos participar da Vossa vida.Por Cristo, nossoSenhor.T. Amém

RITOS FINAIS

  1. AVISOS
  2. BENÇÃO

Pres. O Senhor esteja convosco!

  1. Ele está no meio de nós!

Pres. Abençoe-nos Deus Todo-poderoso: Pai e Filho e Espírito Santo.

  1. Amém.

Pres. Vivendo o amor fraterno, ide em paz e o Senhor vos acompanhe.

  1. Graças a Deus.
  1. CANTO FINAL

Mãe do Céu more na, Senhora da América latina

De olhar e caridade tão divina,

de cor igual a cor de tantas raças

Virgem tão serena,

Senhora destes povos tão sofri dos

Patrona dos pequenos e oprimidos,

derrama sobre nós as tuas graças

 

1- Derrama sobre os jovens tua luz,

aos pobres vem mostrar o teu Jesus

Ao mundo inteiro traz o teu amor de mãe

Ensina quem tem tudo a partilhar,

Ensina quem tem pouco a não cansar

E faz o nosso povo caminhar em paz.

 

2- Derrama a esperança sobre nós,

Ensina o povo a não calar a voz

Desperta o coração de quem não a cor dou

Ensina que a justiça é condição

de construir um mundo mais irmão

E faz o nosso povo conhecer Jesus.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui