Roteiro e reflexão 28º Domingo do Tempo Comum

186

10 de outubro 2021

RITOS INICIAIS

Preparar algo que lembre a temática do Mês Missionário. Em cada domingo, pode ser recordado alguma ação missionária

  1. REFRÃO MEDITATIVO

Eis-me aqui, Senhor! Eis-me, aqui, Senhor! /

Pra fazer tua vontade, pra viver no teu amor.

Pra fazer Tua Vontade, pra viver no Teu amor,

eis-me aqui, Senhor!

 

  1. CANTO DE ENTRADA
  2. Vai, meu povo, falar do meu amor,

sê espelho do céu para as nações.

Nos caminhos terás o meu fulgor

e na dor minha paz nos corações!

Igreja santa e missionária,

os teus caminhos eu antes palmilhei,

Ao céu unida, e solidária,

mais, sempre mais, colherás o que eu plantei!

  1. No deserto sem fontes, sê alento.

E sinal da esperança que nasceu.

Se do Pai sou eterno sacramento,

te tornei redentor, ó povo meu!

  1. ACOLHIDA E SAUDAÇÃO

PR.Iniciemos este nosso encontro de irmãos:Em nome do Pai e do Filho e do Espírito Santo. Ass. Amém.

PR.A Graça e a paz de Deus, nosso Pai, do Senhor Jesus Cristo, nosso redentor, e do Espírito Santo,nossa força, estejam sempre convosco.

Ass. Bendito seja Deus que nos reuniu no amor de Cristo.

  1. RECORDAÇÃO DA VIDA

Neste domingo, Jesus nos ensina que precisamos acolher e ser solidário com os empobrecidos. O seguimento a Jesus é incompatível com o acúmulo de riquezas enquanto, milhões morrem com a falta do que comer. Lembremos de nossas ações junto aos mais necessitados e da opção preferencial da Igreja pelos pobres. Nesta semana, lembrar das crianças e professores.

  1. ATO PENITENCIAL

PR.Necessitados da graça de Deus que nos torna seus filhos, deixemo-nos tocar por seu amor que gera vida e afasta a indiferença.(silencio)

PR: Confessemos os nossos pecados.

AS: Confesso a Deus todo-poderoso e avós, irmãos e irmãs, que pequei muitas vezes por pensamentos e palavras,atos e omissões, por minha culpa,minha tão grande culpa. E peço à Virgem Maria, aos anjos e santos, e avós, irmãos e irmãs, que rogueis por mim a Deus, nosso Senhor.

PR: Deus todo-poderoso tenha compaixão de nós, perdoe os nossos pecados e nos conduza à vida eterna.

PR: Senhor, tende piedade de nós.

AS: Senhor, tende piedade de nós.

PR: Cristo, tende piedade de nós.

AS: Cristo, tende piedade de nós.

PR: Senhor, tende piedade de nós.

AS: Senhor, tende piedade de nós.

  1. GLÓRIA
  2. Glória a Deus nos altos céus! Paz na terra a seus amados! A vós louvam,rei celeste, os que foram libertados.

Ref.: Glória a Deus lá nos céus, e paz aos seus. Amém!

  1. Deus e Pai, nós vos louvamos, adoramos, bendizemos; damos glória ao vosso nome,vossos dons agradecemos.
  2. Senhor nosso, Jesus Cristo, unigênito do Pai, vós, de Deus cordeiro santo, nossas culpas perdoai!
  3. Vós, que estais junto do Pai como nosso intercessor, acolhei nossos pedidos, atendei nosso clamor!
  4. Vós somente sois o santo, o altíssimo, o Senhor, com o Espírito Divino, de Deus Pai no esplendor!

 

  1. ORAÇÃO DO DIA

PR.OREMOS: Ó Deus, sempre nos preceda e acompanhe a vossa graça para que estejamos sempre atentos ao bem que devemos fazer. Por nosso Senhor Jesus Cristo, vosso Filho, na unidade do Espírito Santo. Ass. Amém.

LITURGIA DA PALAVRA

  1. PRIMEIRA LEITURA – Sb 7,7-11

Do Livro da Sabedoria

  1. SALMO – 89(90)

Refrão: Saciai-nos, ó Senhor, com vosso amor,e exultaremos de alegria!

  1. SEGUNDA LEITURA– Hb 4,12-13

Da Carta aos Hebreus

  1. ACLAMAÇÃO AO EVANGELHO

Aleluia, Aleluia, Aleluia.

Felizes os pobres em espírito,porque deles é o reino dos céus.

  1. EVANGELHO – Mc 10,17-30

Proclamação do Evangelho de Jesus Cristo segundo a Comunidade de Marcos

  1. HOMILIA

Como é difícil entrar no Reino de Deus

Leia a reflexão sobre Marcos 10,17-30, texto do Tomaz Hughes – www.cebi.org.br

A narrativa de hoje inicia-se com a frase: “Quando Jesus saiu de novo a caminhar”. Novamente estamos na caminhada com Jesus. Uma caminhada que é uma aprendizagem para o discipulado. Uma caminhada que o leva cada vez mais perto a Jerusalém, lugar da crise definitiva da sua vida. Ao longo dessa caminhada, Jesus luta com a incompreensão dos seus discípulos, até dos mais chegados a ele. Como a mentalidade deles era formada pela ideologia dominante, eles tinham dificuldade em apreciar a reviravolta de valores que Jesus e a sua mensagem significavam. Nos domingos anteriores, vimos essa tensão no trato das questões do poder, do divórcio, das crianças. No texto de hoje, Jesus põe em cheque o ensinamento comum sobre a riqueza e a pobreza.

A cena é muito conhecida. Um homem pede orientação sobre como entrar na vida eterna. Em um primeiro momento, Jesus coloca diante dele a exigência conhecida por todo judeu piedoso e ensinada pelas escolas rabínicas: o cumprimento dos mandamentos. O homem, sem dúvida, um praticante piedoso da Lei, sente que isso não é o suficiente, pois é o mínimo. Jesus, então, põe diante dele as exigências do Reino: despojar-se dos bens, partilhá-los com os pobres e seguir Jesus. Isso o homem é incapaz de aceitar. Estava amarrado aos seus bens, pois era muito rico (v. 22).  Fez a sua opção. Optou por uma vida “regular” que não exigisse partilha nem despojamento. Em consequência, foi embora “muito abatido”, pois tinha colocado bens secundários acima do bem maior.

Contudo, o centro da narrativa está no debate entre Jesus e os seus discípulos. O Mestre afirma que “é mais fácil passar um camelo pelo buraco de uma agulha, do que um rico entrar no Reino de Deus!” (v. 25). Muitas vezes, gastamos muita energia em debater o que significa “o buraco da agulha” (quase sempre tentando diminuir o seu impacto!) e deixamos de lado o aspecto mais importante, isto é, a reação dos discípulos! Eles ficaram “muito espantados” quando ouviram isso e se perguntaram: “então, quem pode ser salvo?”. Por que ficaram espantados? O que houve de espantoso na colocação de Jesus? Aqui está o âmago da questão.

O espanto dos discípulos, conforme a mentalidade comum naquela época, era causado pelo fato de que a riqueza era considerada sinal da bênção de Deus. , Enquanto isso, a pobreza era vista como sinal da maldição. Ainda hoje, essa ideia continua presente em certas igrejas ou setores de igrejas. Para eles, quem não iria se salvar era o pobre, pois o rico era abençoado. Aqui é bom lembrar que se trata de “entrar no Reino de Deus”, o que não é sinônimo de salvação eterna. A salvação depende da gratuidade e misericórdia de Deus, e diante de tal mistério só cabe à gente calar-se. O Reino de Deus deve ser uma experiência já existente entre nós, mesmo que não em plenitude, e que significa experimentar os valores do Reino na vida cotidiana. O rico dificilmente entra nesta dinâmica porque normalmente é autossuficiente, atrelado a um sistema classista e injusto e com grande dificuldade para partilhar e para sentir a sua dependência de Deus.

A proposta de Jesus desafia as ideologias, disfarçadas de teologia e espiritualidade, que veem a riqueza como sinal da bênção de Deus. A proposta dele não é riqueza acumulada, mas riqueza partilhada. Não é o egoísmo, mas a solidariedade e a justiça, de modo que todas as pessoas possam ter o suficiente. O texto deixa claro que viver esta proposta tem consequências, pois quem é do projeto deste mundo fatalmente promoverá a perseguição. Quem segue Jesus na prática da solidariedade, encontra uma felicidade mais duradoura, mas com perseguição. Porém, já vive a certeza da plenitude do Reino que virá (vv. 29-31).

  1. PROFISSÃO DE FÉ
  1. PRECES DA ASSEMBLÉIA

PR.: Irmãos e irmãs, como missionários da solidariedade e da vida, confiantes elevemos nossas preces aoPai rezando juntos:

Ass. Fazei-nos Senhor, missionários da solidariedade.

1.Senhor, por sua Igreja, para que viva em estado permanente de missão, na acolhida aos necessitados, rezemos juntos.

  1. Senhor, anima nossas comunidades neste mês missionário, para que não deixem de vivenciar o que “vimos e ouvimos” no Evangelho de Jesus Cisto,rezemos juntos.
  2. Senhor, pelos governantes, para que governem para os mais pobres e necessitados, na defesa de uma sociedade mais justa e democrática, rezemos juntos.
  3. Senhor, anima nossas comunidades, para acolham os jovens em seu trabalho missionário, rezemos juntos.
  4. Que os dizimistas de nossa comunidade, sejam recompensados e protegidos por Deus por sua fidelidade e solidariedade, rezemos juntos.

PR.Rezemos a oração do Mês Missionário: Deus:

Pai, Filho e Espírito Santo, comunhão de amor, compaixão e missão. Nós te suplicamos: Derrama a luz da tua esperança sobre a humanidade que padece a solidão, a pobreza, a injustiça, agravadas pela pandemia. Concede-nos a coragem para testemunhar, com ousadia profética e crendo que ninguém se salva sozinho, tudo o que vimos e ouvimos de Jesus Cristo, missionário do Pai. Maria, mãe missionária, e São José, protetor da família, inspirem-nos a sermos missionários da compaixão e da esperança. Amém.

LOUVAÇÃO E AÇÃO DE GRAÇAS

  1. CANTO DAS OFERTAS

É o momento de fazer nossa oferta para manter as necessidades da comunidade, cantemos:

Ref.: Sabes, Senhor, o que temos é tão pouco pra dar. Mas este pouco nós queremos co’os irmãos compartilhar.

  1. Queremos nesta hora, diante dos irmãos, comprometer a vida, buscando a união.
  2. Sabemos que é difícil os bens compartilhar, mas com a tua graça, Senhor, queremos dar.
  3. Olhando teu exemplo, Senhor, vamos seguir,fazendo o bem a todos, sem nada exigir.

 

  1. CONVITE À AÇÃO DE GRAÇAS

PR.Irmãos e irmãs, vamos juntos dar graças a Deus, repartindo o Pão Consagrado, em memória de Jesus que se encontra em nossa mesa e nos dá o

seu perdão. Cantemos acolhendo o Pão Eucarístico.

Enquanto se faz um canto, o Ministro da Eucaristia traz o pão consagrado e o coloca sobre o altar. Todos fazem uma breve inclinação.

 

  1. O Senhor esteja com vocês.

Ass. Ele está no meio de nós!

  1. Demos graças ao Senhor, nosso Deus.

Ass. É nosso dever e nossa salvação!

  1. CANTO:
  2. A ti meu Deus, elevo meu coração, elevo as minhas mãos, meu olhar, minha voz. A ti meu Deus, eu quero oferecer meus passos e meu viver, meus caminhos, meu sofrer.

Ref.: A tua ternura, Senhor, vem me abraçar. E a tua bondade infinita, vem perdoar. Vou ser o teu seguidor e te dar o meu coração. Eu quero sentir o calor de tuas mãos.

  1. A ti, meu Deus, que és bom e que tens amor. Ao pobre e ao sofredor, vou servir e esperar. Em ti, Senhor, humildes se alegrarão, cantando a nova canção de esperança e de paz.

PR.Ó Deus, criador do céu e da terra, os nossos louvores e as nossas preces cheguem a vós pelas mãos daquele que é nosso único mediador, Jesus Cristo, nosso Senhor, por quem oramos com as palavras que ele nos ensinou:

Ass. Pai nosso…,

  1. RITO DA COMUNHÃO

PR.Irmãos e irmãs, participemos da comunhão do Corpo do Senhor em profunda unidade com nossos irmãos que, neste dia, tomam parte da Celebração Eucarística, memorial vivo da Paixão, Morte e Ressurreição de Jesus Cristo. O Corpo de Cristo será nosso alimento.

PR.Felizes os convidados para a Ceia do Senhor. Eis o Cordeiro de Deus, que tira o pecado do mundo.

Ass:  Senhor, eu não sou digno …

  1. CANTO DE COMUNHÃO
  2. ORAÇÃO DEPOIS DA COMUNHÃO

PR.Ó Deus todo-poderoso, nós vos pedimos humildemente que, alimentando-nos com o Corpo e o Sangue de Cristo, possamos participar da vossa vida. Por Cristo, nosso Senhor. Ass. Amém

RITOS FINAIS

  1. AVISOS
  1. BENÇÃO FINAL

PR:O Senhor esteja convosco.

Ass. Ele está no meio de nós.

PR: Abençoe-nos e guarde-nos o Senhor Todo Poderoso e cheio de misericórdia: Pai e Filho e Espírito Santo.

Ass. Amém.

PR:Anunciando Jesus, o Filho de Deus, a todos com alegria, ide em paz e o Senhor vos acompanhe.

Ass. Graças a Deus.

  1. CANTO FINAL
  2. O Senhor me chamou a trabalhar, a messe é grande ceifar.

O senhor me chamou, Senhor, aqui estou!

R: Vai trabalhar pelo mundo afora! Eu estarei até o fim contigo!

Está na hora, o Senhor me chamou. Senhor, aqui estou!

  1. Dom de amor é a vida entregar, falou Jesus e assim o fez.

Dom de amor é a vida entregar, chegou a minha vez!

  1. Todo o bem que na terra alguém fizer, Jesus no céu vai premiar.

Cem por um, já na terra ele vai dar, no céu vai premiar!

  1. Teu irmão a tua porta vem bater, não vai fechar o teu coração. Teu

irmão ao teu lado vem sofrer, vai logo socorrer!

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui