Roteiro e reflexão 13º Domingo do Tempo Comum

242

Elaborado por Vasco Lagares – Diocese de Itabira/Cel. Fabriciano

13º DOMINGO DO TEMPO COMUM – ANO B

27 de junho de 2021

 

RITOS INICIAIS

A Comunidade pode trazer para esta liturgia, como a presença de Cristo fortalece a sua caminhada.

 

  1. REFRÃO MEDITATIVO

Deus é amor, arrisquemos viver por amor

Deus é      amor, ele afasta o medo

 

  1. CANTO DE ENTRADA

Quando o espirito de Deus soprou

O mundo inteiro se iluminou

A esperança na terra brotou

E o povo novo deu-se as mãos e caminhou

 

Lutar e crer, vencer a dor, louvar ao criador!

Justiça e paz hão de reinar e viva o amor!

 

Quando Jesus a terra visitou, a boa nova da

Justiça anunciou: O cego viu, o surdo escutou

E os oprimidos das correntes libertou

 

Nosso poder está na união, o mundo novo vem

De Deus e dos irmãos vamos lutando contra a

Divisão e preparando a festa da libertação!

 

Cidade e campo se transformarão, jovens

Unidos na esperança gritarão. A força nova

É o poder do amor, nossa fraqueza é força

Em Deus libertador!

 

  1. ACOLHIDA E SAUDAÇÃO
  2. Demos graças a Deus que nos toca com sua presença e restaura nossas forças: Em nome do Pai e do Filho e do Espírito Santo.

Ass. Amém.

  1. O Senhor, que encaminha os nossos corações para o amor de Deus e a constância de Cristo, esteja convosco.

Ass. Bendito seja Deus que nos reuniu no amor de Cristo.

  1. RECORDAÇÃO DA VIDA

Irmãos e irmãs, neste domingo, Jesus, por sua presença, restaura a vida e a dignidade das pessoas e, principalmente, que Deus é bom o tempo todo e não quer a morte, sim a vida. Trazemos para esta liturgia as nossas ações em favor da vida e da dignidade, de tantas mulheres, crianças e jovens, idosos, que precisam do amparo de nossas comunidades.

 

  1. ATO PENITENCIAL
  2. No dia em que celebramos a vitória de Cristo sobre o pecado e a morte, também nós somos convidados a morrer para o pecado e ressurgir para uma vida nova. Reconheçamo-nos necessitados da misericórdia do Pai. (silêncio)

 

Pres: Confessemos os nossos pecados:

 

Ass: Confesso a Deus Todo-Poderoso e a vós, irmãos, que pequei muitas vezes por pensamentos e palavras, atos e omissões, por minha culpa, minha tão grande culpa. E peço à Virgem Maria, aos Anjos e Santos, e a vós, irmãos, que rogueis por mim a Deus, Nosso Senhor.

 

Pres: Deus Todo-Poderoso tenha compaixão de nós perdoe os nossos pecados e nos conduza à vida eterna.

Ass: Amém.

 

Pres: Senhor, tende piedade de nós.

Ass: Senhor, tende piedade de nós.

Pres: Cristo, tende piedade de nós.

Ass: Cristo, tende piedade de nós.

Pres: Senhor, tende piedade de nós.

Ass: Senhor, tende piedade de nós.

 

  1. GLÓRIA

 

Glória a Deus nas alturas

E paz na terra aos homens por Ele amados

Senhor Deus, Rei dos céus

Deus Pai todo poderoso

Nós vos louvamos / Nós vos bendizemos

Nós vos adoramos /  Nós vos glorificamos

Nós vos damos graças

por vossa imensa glória.

Senhor Jesus Cristo, Filho Unigênito

Senhor Deus, Cordeiro de Deus,

Filho de Deus Pai

Vós que tirais o pecado do mundo,

tende piedade de nós

Vós que tirais o pecado do mundo

Acolhei a nossa súplica

Vós que estais à direita do Pai

Tende piedade de nós

Só vós sois Santo /  Só vós sois o Senhor

Só vós o Altíssimo, Jesus Cristo

Com o Espírito Santo

na glória de Deus Pai. Amém!

 

  1. ORAÇÃO DO DIA

Pres: OREMOS: Ó Deus, pela vossa graça, nos fizestes filhos da luz. Concedei que não sejamos envolvidos pelas trevas do erro, mas brilhe em nossas vidas a

luz da vossa verdade. Por nosso Senhor Jesus Cristo, vosso Filho, na unidade do Espírito Santo. Ass: Amém.

 

LITURGIA DA PALAVRA

 

  1. PRIMEIRA LEITURA – (Sb 1, 13-15; 2, 23-24)

Do Livro da Sabedoria

 

  1. SALMO – (Sl 29 (30)

Refrão: Eu vos exalto, ó Senhor, pois me livrastes e preservastes minha vida da morte!

 

  1. SEGUNDA LEITURA – (2 Cor 8,7.9.13-15)

Da Segunda Carta de São Paulo aos Coríntios

 

  1. ACLAMAÇÃO AO EVANGELHO

Aleluia, Aleluia, Aleluia! (Bis)

Jesus Cristo, Salvador, destruiu o mal e a morte; fez brilhar, pelo Evangelho,

a luz e a vida imperecíveis.

  1. EVANGELHO – (Mc 5,21-43)

Proclamação do Evangelho de Jesus Cristo segundo a Comunidade de Marcos

 

  1. HOMILIA

 

A cena é surpreendente. O evangelista Marcos apresenta uma mulher desconhecida como modelo de fé para as comunidades cristãs. Dela aprenderão como procurar Jesus com fé, como chegar a um contato com Ele que os cure e como encontrar Nele a força para iniciar uma vida nova, cheia de paz e saúde.

Diferentemente de Jairo, identificado como «chefe da sinagoga» e homem importante em Cafarnaum, esta mulher não é ninguém. Só sabemos que padece de uma doença secreta, tipicamente feminina, que lhe impede de viver de forma sã a sua vida de mulher, esposa e mãe.

Sofre muito física e moralmente. Arruinou-se procurando ajuda nos médicos, mas ninguém a pôde curar. No entanto resiste a viver para sempre como uma mulher doente. Está só. Ninguém a ajuda a aproximar-se de Jesus, mas ela saberá encontrar-se com Ele.

Não espera passivamente que Jesus se aproxime e lhe imponha as Suas mãos. Ela mesma o procurará. Irá superando todos os obstáculos. Fará tudo o que possa e saiba. Jesus compreenderá o seu desejo de uma vida mais sã. Confia plenamente na Sua força curadora.

Fé grande de uma mulher

A mulher não se contenta só com ver Jesus de longe. Procura um contato mais direto e pessoal. Atua com determinação, mas não de forma amalucada. Não quer incomodar ninguém. Aproxima-se por detrás, entre as pessoas, e toca-Lhe no manto. Nesse gesto delicado concretiza e expressa a sua confiança total em Jesus.

Tudo ocorreu em segredo, mas Jesus quer que todos conheçam a fé grande desta mulher. Quando ela assustada e temorosa confessa o que fez, Jesus diz-lhe: “Filha, a tua fé curou-te”. “Vai em paz e com saúde”. Esta mulher, com a sua capacidade para procurar e acolher a salvação que se nos oferece em Jesus, é um modelo de fé para todos nós.

Quem ajuda as mulheres dos nossos dias a encontrar-se com Jesus? Quem se esforça por compreender os obstáculos que encontram em alguns setores da Igreja atual para viver a sua fé em Cristo «em paz e com saúde»? Quem valoriza a fé e os esforços das teólogas que, com pouco apoio e vencendo toda a classe de resistências e rejeições, trabalham sem descanso por abrir caminhos que permitam à mulher viver com mais dignidade na Igreja de Jesus?

As mulheres não encontram entre nós o acolhimento, a valorização e a compreensão que encontravam em Jesus. Não sabemos olhar como as olhava Ele. No entanto, com frequência, elas são também hoje as que, com a sua fé em Jesus e o seu alento evangélico, sustentam a vida de não poucas comunidades cristãs.

Publicado pelo site do Instituto Humanitas,

 

  1. PROFISSÃO DE FÉ

 

  1. PRECES DA ASSEMBLÉIA
  2. Irmãos e irmãs, confiantes no amor de Deus por todos que se fazem presente em nossa caminhada, apresentemos nossos pedidos e digamos juntos:

Ass. Ouvi Senhor, a nossa prece!

  1. Senhor Deus, pela Igreja, para que suas obras de caridade, alcancem a todos e todas que dela necessitam, pedimos com fé.
  2. Senhor Deus, pelas pastorais, movimentos e serviços, para que se dediquem com fé ao trabalho missionário e pastoral, pedimos com fé.
  3. Senhor Deus, fortalecei os que se sentem fracos, para que permaneçam em sua presença amorosa, pedimos com fé.

Preces espontâneas.

  1. Tudo isso vos pedimos, ó Pai, por Cristo Ressuscitado.

Ass. Amém.

 

LOUVAÇÃO E AÇÃO DE GRAÇAS

 

  1. CANTO DAS OFERTAS

É o momento de fazer nossa oferta para manter as necessidades da comunidade, cantemos:

 

  1. Um coração para amar, pra perdoar e sentir, para chorar e sorrir, ao me criar tu me deste. Um coração pra sonhar, inquieto e sempre a bater, ansioso por entender, as coisas que tu disseste.

Ref.: Eis o que eu venho te dar, eis o que eu ponho no altar. Toma, Senhor, que ele é teu, meu coração não é meu. (bis)

  1. Quero que o meu coração seja tão cheio de paz, que não se sinta capaz de sentir ódio ou rancor. Quero que a minha oração, possa me amadurecer, leve-me a compreender as consequências do amor.

 

  1. CONVITE À AÇÃO DE GRAÇAS

O(a) animador(a) convida a assembleia para de pé, receber o Pão Eucarístico. Enquanto se faz um canto, o Ministro da Eucaristia traz o pão consagrado e o coloca sobre o altar. Todos fazem uma breve inclinação.

 

  1. Irmãos e irmãs, vamos juntos dar graças a Deus, repartindo o Pão Consagrado, em memória de Jesus que se encontra em nossa mesa e nos dá o

seu perdão. Cantemos acolhendo o Pão Eucarístico.

 

  1. O Senhor esteja com vocês.

Ass. Ele está no meio de nós!

  1. Demos graças ao Senhor, nosso Deus.

Ass. É nosso dever e nossa salvação!

 

  1. ORAÇÃO DE AÇÃO DE GRAÇAS:
  2. Como eu vos amei, assim também vós deveis amar-vos uns aos outros”. Nós vos damos graças, Senhor, Pai Santo, fonte da verdade e vida, por este Domingo em que celebramos a vida nova em Cristo, que nos acolhes na comunhão do teu amor e renovas nossos corações com a alegria da ressurreição de Jesus.

Ass. Glória a ti, Senhor, graças e louvor.

  1. Esta comunidade aqui reunida recorda a vitória sobre a morte, escutando a tua Palavra e repartindo o pão, na esperança de ver o novo céu e a nova terra, onde não haverá fome, nem morte, nem dor, e onde viveremos na plena comunhão do teu amor. Pelo amor entre nós todos conhecerão que somos discípulos de Jesus

Ass. Glória a ti, Senhor, graças e louvor.

  1. Por este Sinal do corpo do teu Filho, expressamos nosso desejo de corresponder com mais fidelidade à missão que nos deste e invocamos sobre nós o teu Espírito. Apressa o tempo da vinda do teu reino, e recebe o louvor de todo o universo e de todas as pessoas que te buscam.

Ass. Glória a ti, Senhor, graças e louvor.

  1. Toda a nossa louvação chegue a ti em nome de Jesus, por quem oramos com as palavras que ele nos ensinou:

Ass. Pai nosso…,

 

  1. RITO DA COMUNHÃO
  2. Relembrando de Jesus que, muitas vezes, reuniu-se com os seus para comer e beber, revelando que o teu reino havia chegado, nós também nos alegramos com Ele nesta mesa. E tomando o pão consagrado, acrescenta:

Assim disse Jesus: “Se alguém ouvir a minha voz e abrir a porta, entrarei em sua casa e comerei com ele e ele comigo”. (Ap 3,20)

Ass:  Senhor, eu não sou digno …

 

  1. CANTO DE COMUNHÃO
  2. É bom estarmos juntos à mesa do

Senhor / e unidos na alegria, partir o

Pão do Amor.

Na vida caminha quem come deste

Pão. / Não anda sozinho quem vive

em comunhão.

  1. Embora sendo muitos, é um o

nosso Deus. / Com Ele, vamos juntos,

seguindo os passos seus.

  1. Formamos a Igreja, o Corpo do

Senhor; / que em nós o mundo veja a

luz do seu amor.

  1. Foi Deus quem deu outrora ao

povo o pão do céu; / porém, nos dá

agora o próprio Filho seu.

  1. Será bem mais profundo o encontro, a comunhão, / se formos para o

mundo sinal de salvação.

  1. ORAÇÃO DEPOIS DA COMUNHÃO
  2. Oremos. Ó Deus, o Corpo e o Sangue de Jesus Cristo, que oferecemos em sacrifício e recebemos em comunhão, nos transmitam uma vida nova, para que, unidos a vós pela caridade que não passa, possamos produzir frutos que permaneçam. Por Cristo, nosso Senhor. Ass. Amém

 

RITOS FINAIS

 

  1. AVISOS

 

  1. BENÇÃO FINAL

PR: O Senhor esteja convosco.

Ass:  Ele está no meio de nós.

PR: A paz de Deus, que supera todo entendimento, guarde os vossos corações e vossas mentes no conhecimento e no amor de Deus, e de seu Filho, nosso Senhor Jesus Cristo.

Ass:  Amém.

PR: Abençoe-vos o Deus todo poderoso, Pai, Filho † e Espírito Santo.

Ass:  Amém.

PR: Glorificai o Senhor com vossa vida; ide em paz e o Senhor vos acompanhe.

Ass:  Graças a Deus!

 

  1. CANTO FINAL
  2. Senhor, eu quero te agradecer de todos os dias a gente poder conversar. Senhor, o mundo precisa te conhecer. Mas eu te prometo que vou evangelizar.

Ref.: Eu quero te dizer agora que eu já vou embora, evangelizar.

  1. Senhor, às vezes me ponho a rezar. E peço o fim da violência e da fome do Irmão. Senhor, que chegue a todos os povos a graça, o perdão, o anúncio da Salvação.
  2. Senhor, às vezes me ponho a rezar e peço a você pra que fique mais perto de mim. Senhor, às vezes me ponho a chorar, e não compreendo por que o mundo sofre sem fim.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui