Leitura Orante – Semana entre 19 e 26 de abril

854

Canto e Oração inicial:

  1. Pré-texto:Lucas escreveu dois livros: o Evangelho e os Atos dos Apóstolos. Este fala mais da Igreja, da comunidade. Começa com a primeira comunidade, a de Jerusalém, modelo e símbolo da verdadeira comunidade cristã. De início os discípulos de Jesus participavam do culto no Templo de Jerusalém com os outros judeus, mas o “partir do pão”, que era como eles chamavam a celebração da Ceia do Senhor era em casa, só com os discípulos. O “partir do pão” celebra a entrega de Jesus à morte de cruz, comemora como ele se parte em pedaços para unir os discípulos e a humanidade.

    Mas não era fácil aceitar essa idéia de um salvador crucificado. Muitos cediam à tentação de abandonar tudo. O próprio Jesus é modelo de como reverter isso, de como levar aqueles que queriam abandonar tudo a voltarem firmes para a comunidade cristã, certos de que Jesus está vivo no meio dos discípulos.

  2. Canto
  1. LEITURA

Ler Lucas 24,13-35

Contexto:

As mulheres encontraram o túmulo vazio, viram dois homens com aparência celeste que afirmavam que Jesus havia ressuscitado. Elas relatam tudo aos Apóstolos, mas eles, os homens, não acreditam nas mulheres.

Texto:

Ler mais uma vez Lucas 24,13-35

e responder:

  1. Por que os dois discípulos estavam indo-se embora (v. 13)? (v. 21)
  2. Qual a primeira coisa que Jesus faz? (v. 15)
  3. Depois o que é que Jesus faz? (v.17-19)
  4. Depois que os discípulos desabafaram, falaram de toda sua decepção, que faz Jesus? Lembrar que “Moisés e os Profetas” era como eles dividiam a Bíblia, seria o mesmo que hoje: “o Antigo e o Novo Testamentos”. (vv. 25-27)
  5. Que sentido podem ter o convite (“Fica com a gente!”) e a decisão de Jesus (“Entrou para ficar com eles”)?
  6. Por que eles reconheceram Jesus quando ele partiu o pão (vv. 30-31)? Ele partia o pão de um jeito diferente dos outros? Ele dava outro significado ao gesto de partir o pão?
  7. Que acontece quando os olhos dos discípulos se abrem? (v. 31) Por quê?
  8. Qual foi o agir dos discípulos? (v. 33)

Espelho para a comunidade do Evangelho:

A celebração do Partir do Pão é que renova e reaviva a fé da comunidade no Messias crucificado. A tentação de abandonar ou não aceitar a fé em alguém humanamente fracassado só pode ser vencida pela Escritura, que mostra que esse é o caminho de Deus, e pela partilha do pão. A comunidade sabe que Jesus está vivo e que não é preciso vê-lo, porque ele se parte em pedaços por nós toda vez que o celebramos. Não basta lembrar as palavras das Escrituras que explicam o sentido de sua morte, no Partir do Pão ele se entrega novamente a essa morte humilhante em favor de todos.

Ler mais uma vez Lucas 24,13-35

  1. MEDITAÇÃO

Espelho para nós hoje:

Este Evangelho da forma como nós o lemos diz o quê para nós? Hoje ainda há quem desiste de seguir Jesus porque acha isso muito difícil e complicado? Hoje ainda é preciso mostrar com a Escritura e com os fatos que o caminho da salvação é o da cruz, é o do fracasso aparente de quem sacrifica tudo em favor dos outros?

  1. ORAÇÃO

O que o Evangelho como nós o lemos me faz dizer a Deus?

Tempo de silêncio para cada um fazer uma oração pessoal

  1. CONTEMPLAÇÃO

Tempo para cada um ler e reler esse texto na sua Bíblia e, em voz baixa, ficar repetindo para si mesmo alguma frase que mais lhe chamou a atenção.

Se quiser, poderá ler a frase em voz alta.

  1. AÇÃO

Agora é fora da reunião. Como podemos mudar e melhorar nossa maneira de agir em casa, no trabalho, na cidade?

ENCERRANDO NOSSA REUNIÃO

  • Preces espontâneas
  • Pai Nosso
  • Ó Deus, que o vosso povo esteja sempre feliz por causa de sua renovação espiritual na Páscoa. Tendo recuperado agora a dignidade de filhos de Deus, possam todos viver alegres na esperança da ressurreição. Por Nosso Senhor Jesus Cristo, vosso Filho…
  • Combinar onde vai ser a próxima reunião.
  • Bênção final: Que o Senhor nos abençoe e nos guarde e nos conduza pelos caminhos do seu Reino. Amém.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui