CEBs do Brasil envia carta ao Papa Francisco

427

Em virtude da Visita Ad Limina realizada pelos bispos do regional Sul 2, Dom Manoel Francisco, bispo de Cornélio Procópio-PR, entregou ao Papa Francisco uma carta escrita pelos membros da Ampliada Nacional das CEBs que esteve reunida em janeiro passado, na cidade de Rondonópolis-MT.

Confira abaixo a carta.

 

Carta das Comunidades Eclesiais de Base do Brasil ao Papa Francisco

 

“Alegrai-vos e exultai-vos porque é grande a vossa recompensa no céu”. (Mt 5, 12)

 

Querido Papa Francisco.

Nós, Cristãos Leigos e Leigas, padres e religiosas da Ampliada Nacional das Comunidades Eclesiais de Base do Brasil – CEBs, representantes de todos os 18 Regionais da CNBB, reunidos(as) na Diocese de Rondonópolis-Guiratinga-MT, com nossos Bispos aqui presentes, Dom Juventino Kestering, Dom Gabriel Marchesi e Dom Giovane Pereira, reunidos, para refletir e avaliar a caminhada das Comunidades Eclesiais de Base e preparar o 15º Intereclesial das CEBs do Brasil, cujo tema é: CEBs, IGREJA EM SAÍDA NA BUSCA DA VIDA PLENA PARA TODOS E TODAS, e como lema: VEJAM! EU VOU CRIAR NOVO CÉU E UMA NOVA TERRA (Is 65, 17ss), a ser realizado nos dias 19 à 23 de julho de 2022, em Rondonópolis-MT.

Contemplando a Palavra de Deus na vida de Jesus de Nazaré, ao mesmo tempo inspirados e provocados pelo Sínodo para a Amazônia, nos alegramos com você, nosso Pastor Papa Francisco, e manifestamos nosso carinho e apoio nesta hora difícil e promissora de nossa Igreja.

Acompanhamos com preocupação a oposição e os ataques que lhe fazem de dentro e de fora da Igreja. Esses ataques provém de setores que tentam negar a força libertadora do Evangelho, na nossa Casa Comum, especialmente na vida dos Pobres.

Estamos ao seu lado, apoiando seu testemunho corajoso e Evangélico em favor da Vida, no seu sonho de “Uma Igreja Pobre para os Pobres”. Seu estilo de animar a Igreja de Jesus nos tempos atuais, nos faz recordar o estilo sinodal do próprio Jesus, nos caminhos Missionários nesse mundo.

Sua coragem Profética e sua força interior nos animam a prosseguir na caminhada, expressando a ternura e misericórdia com a humanidade sofredora, como disse no Encontro com os Movimentos Populares na Bolívia: “Nenhuma família sem casa, nenhum camponês sem terra, nenhum trabalhador sem direitos”.

Fiéis às conclusões do Sínodo para a Amazônia, nos comprometemos a prosseguir como “Comunidades Eclesiais de Base, que foram e são um dom de Deus para as Igrejas locais na Amazônia…”1 e também em todo o Brasil e América Latina e Caribe.

Em comunhão, como filhas e filhos do mesmo Pai, pedimos sua benção e prometemos nossas orações.

Rondonópolis-MT, 26 de janeiro de 2020.

Amém! Axé! Awere! Aleluia!

Fonte: www.cebsdobrasil.com.br

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui