Roteiro e reflexão Festa de Pentecostes

45

Elaborado por Vasco Lagares – Diocese de Itabira Cel. Fabriciano

PENTECOSTES

05 de junho de 2022

A comunidade prepara o ambiente com símbolos do Espirito Santo, os dons, as conquistas da comunidade. Uma pessoa entra com o Círio, durante o refrão meditativo. Ao apresentar o Círio diz “”Bendito sejais, Senhor nosso Deus, porque fizeste resplandecer no mundo a vossa luz”.. Na sequencia, entram outras sete pessoas, ascendem as velas no Círio. Cada uma, ao acender a vela diz “”Bendito sejais, Senhor nosso Deus, porque fizeste resplandecer no mundo a vossa luz”. Ao concluir o ascendimento das velas, repete-se o Refrão por mais um momento, para o inicio da celebração.

RITOS INICIAIS

  1. REFRÃO MEDITATIVO

Ó luz do senhor que vem sobre a terra

inunda meu ser permanece em nós.

  1. CANTO DE ENTRADA

Estaremos   aqui reunidos, 

como estavam em Jerusalém.

Pois só quando vivemos unidos,     

é que o Espírito Santo nos vem.

1- Ninguém para este vento passando,

ninguém vê e ele sobra onde quer

Força igual tem o Espírito quando

faz a Igreja de cristo crescer

2- Feita de homens a igreja e divina,

pois o Espírito Santo  a conduz

Como um fogo que aquece e ilumina

que é pureza, que é vida, que é luz

3- Sua imagem são línguas ardentes,

pois o amor é comunicação

È preciso que todas as gentes

saibam quando felizes serão

4- Quando o Espírito espalma suas graças,

faz dos povos um só coração

Cresce a Igreja onde todas as raças

um só Deus, um só Pai louvarão.

  1. ACOLHIDA E SAUDAÇÃO
  2. Reunidos para celebrar a plenitude da Páscoa: o dom do Espírito Santo, iniciemos este nosso encontro de irmãos: Em nome do Pai e do Filho e do Espírito Santo. Ass. Amém.
  3. A Graça de nosso Senhor Jesus Cristo, o amor do Pai e a força do Espírito Santo estejam sempre convosco

Ass.Bendito seja Deus que nos reuniu no amor de Cristo.

  1. RECORDAÇÃO DA VIDA

Hoje celebramos o dia em que a Comunidade que nasce, se reveste dos dons de Deus e nasce, para continuar com o Reino inaugurado por Jesus. Assim, revestidos do mesmo Espirito que conduz Jesus, somos chamados para nos tornarmos manifestação de Deus junto a todos e todas. A missão de cada um é testemunhar no mundo a vida nova que o Pai oferece a todos. É o Espírito que permite superar o medo e as limitações e dar testemunho no mundo desse amor que Jesus viveu até às últimas consequências.

  1. ATO PENITENCIAL

PR: No dia em que celebramos a vitória de Cristo sobre o pecado e a morte, também nós somos convidados a morrer para o pecado e ressurgir para uma vida nova., reconheçamo-nos pecadores e humildemente peçamos o perdão de nossas faltas (pausa). Supliquemos a misericórdia do Pai.

  1. Eu confesso a Deus e a vós, irmãos, tantas vezes pequei não fui fiel: Pensamentos e palavras, atitudes, omissões. Por minha culpa, tão grande culpa.

Senhor, piedade! Cristo piedade! Tem piedade, ó Senhor (Bis)

  1. Peço à Virgem Maria, nossa Mãe, e a vós, meus irmãos, rogueis por mim, a Deus Pai, que nos perdoa e nos sustenta em sua mão, por seu amor, tão grande amor

PR: Deus todo poderoso tenha compaixão de nós, perdoe os nossos pecados e nos conduza à vida eterna.

Ass. Amém.

  1. GLÓRIA

Glória a Deus nas alturas, e paz na terra aos homens por Ele amados.

Senhor Deus, rei dos Céus, Deus Pai todo poderoso:

nós vos louvamos, nós vos bendizemos,

nós vos adoramos, nós vos glorificamos,

nós vos damos graças por vossa imensa glória.

Senhor Jesus Cristo, Filho Unigênito,

Senhor Deus, Cordeiro de Deus, Filho de Deus Pai.

Vós que tirais o pecado do mundo, tende piedade de nós.

Vós que tirais o pecado do mundo, acolhei a nossa súplica.

Vós que estais à direita do Pai, tende piedade de nós.

Só vós sois o Santo, só vós, o Senhor,

só vós, o Altíssimo, Jesus Cristo,

com o Espírito Santo, na glória de Deus Pai. Amém.

  1. ORAÇÃO DO DIA
  2. OREMOS: Ó Deus que, pelo mistério da festa de hoje, santificais a vossa Igreja inteira, em todos os povos e nações, derramai por toda a extensão do mundo os dons do Espírito Santo, e realizai agora no coração dos fiéis as maravilhas que

operastes no início da pregação do Evangelho. Por nosso Senhor Jesus Cristo, vosso Filho, na unidade do Espírito Santo. Ass. Amém.

LITURGIA DA PALAVRA

  1. PRIMEIRA LEITURA – At 2,1-11

Dos Atos dos Apóstolos

  1. SALMO – 103(104)

Refrão: Enviai o vosso Espírito, Senhor, e da terra toda a face renovai.

  1. SEGUNDA LEITURA– 1Cor 12,3b-7.12-13

Da Primeira Carta de São Paulo aos Coríntios

  1. SEQUÊNCIA
  2. Espírito de Deus,

enviai dos céus

Um raio de luz!

Vinde, Pai dos pobres

dai aos corações

Vossos sete dons!

  1. Consolo que acalma,

hóspede da alma

Doce alívio, vinde!

No labor descanso,

na aflição remanso

No calor aragem

  1. Enchei, luz bendita,

chama que crepita,

O íntimo de nós!

Sem a luz que acode,

nada o homem pode,

Nenhum bem há nele

  1. Ao sujo lavai,

ao seco regai,

Curai o doente

Dobrai o que é duro,

guiai no escuro

O frio aquecei

  1. Dai à vossa Igreja,

que espera e deseja

Vossos sete dons,

  1. Dai em prêmio ao forte

uma santa morte,

Alegria eterna.

Amém!

  1. ACLAMAÇÃO AO EVANGELHO

Aleluia, Aleluia, Aleluia.

Vinde, Espírito Divino, e enchei com vossos dons os corações dos fiéis; e acendei neles o amor como um fogo abrasador!

  1. EVANGELHO – Jo 20,19-23

Proclamação do Evangelho de Jesus Cristo segundo a Comunidade de João

  1. HOMILIA

ACOLHER A VIDA

Falar do «Espírito Santo» é falar do que podemos experimentar de Deus em nós. O «Espírito» é Deus atuando nas nossas vidas: a força, a luz, o alento, a paz, o consolo, o fogo que podemos experimentar em nós mesmos e cuja origem final está em Deus, fonte de toda a vida.

Esta ação de Deus em nós produz-se quase sempre de forma discreta, silenciosa e tranquila; o próprio crente só intui uma presença quase imperceptível. Por vezes, porém, invade-nos a certeza, a alegria transbordante e a confiança total: Deus existe, ama-nos, tudo é possível, até mesmo a vida eterna.

O sinal mais claro da ação do Espírito é a vida. Deus está ali onde a vida desperta e cresce, onde se comunica e expande. O Espírito Santo é sempre «dador de vida»: dilata o coração, ressuscita o que está morto em nós, desperta o adormecido, põe em movimento o que tinha ficado bloqueado. De Deus estamos sempre recebendo uma nova energia para a vida.

Esta ação recriadora de Deus não se reduz apenas a experiências íntimas da alma. Penetra em todas as dimensões da pessoa. Desperta os nossos sentidos, vivifica o corpo e reaviva a nossa capacidade de amar. Para dizer brevemente, o Espírito conduz a pessoa a viver tudo de forma diferente: desde uma verdade mais profunda, desde uma maior confiança, de um amor mais desinteressado.

Para muitos, a experiência fundamental é o amor de Deus, e dizem-no de uma forma simples: «Deus me ama!» Essa experiência restaura a sua dignidade indestrutível, dá-lhes força para se erguerem da humilhação ou do desânimo, ajuda-os a encontrar o melhor de si mesmos.

Outros não pronunciam a palavra «Deus», mas experimentam uma confiança fundamental que os faz amar a vida apesar de tudo, enfrentar os problemas com ânimo, procurar sempre o bem de todos. Ninguém vive privado do Espírito de Deus. Está em todos eles atraindo o nosso ser para a vida. Acolhemos o Espírito Santo quando acolhemos a vida. Esta é uma das mensagens mais básicas da festa cristã do Pentecostes.

José Antônio Pagola

Tradução de Antonio Manuel Álvarez Perez

Fonte: www.cebi.org.br

  1. PROFISSÃO DE FÉ
  2. Professemos a nossa fé. Creio…
  1. PRECES DA ASSEMBLÉIA – as pessoas que ascenderam as velas no início, fazem os pedidos.

PR.: Meus irmãos e minhas irmãs, peçamos ao Pai que nos conceda os dons do

Espírito Santo. A cada prece, cantemos: Vem Espírito Santo, vem. Vem iluminar.

Ass. Vem Espírito Santo, vem. Vem iluminar

L.1 Vinde, Espírito da SABEDORIA! Oriente nossas ações enquanto Igreja de Cristo, para que possamos construir o reino de paz e solidariedade.  Cantemos.

L.2 Vinde, Espírito do ENTENDIMENTO! Que, cada cristão, leigo ou ordenado, possamos entender as sublimes verdades da salvação e assim conduzir nossas comunidades no caminhão iniciado por Cristo. Cantemos.

L.3 Vinde, Espírito do CONSELHO! Que sigamos em tudo vossa graça e saibamos socorrer nosso próximo com bons conselhos e seguindo o que é do vosso agrado. Cantemos.

L.4 Vinde, Espírito da FORTALEZA! Que, seguindo a Cristo, estejam fortalecidos com sua presença todos e todas que se dedicam ao serviço do Reino. Que vivam sua doação com perseverança, nós vos pedimos. Cantemos.

L.5 Vinde, Espírito da CIÊNCIA! Que conheçamos cada vez mais nossas misérias e fraquezas. Alimentai os corações dos vossos filhos. Que vivam e caminhem conforme vosso ensinamento e vontade. Cantemos.

L.6 Vinde, Espírito de PIEDADE! More em nossos corações e guiai as ações de nossos governantes. Que vivam e se dediquem ao serviço dos excluídos e explorados. Cantemos.

L.7 Vinde, Espírito do TEMOR DE DEUS! Que tenhamos sempre Deus presente em nossas palavras, que tenhamos a experiência de conhecer-vos e amar-vos. Cantemos.

  1. Senhor nosso Deus, ouvi as preces que Vos dirigimos com fé. Que possamos

cantar sempre vossa bondade e misericórdia com nossas obras de amor. Por Cristo nosso Senhor.

Ass. Amém.

LOUVAÇÃO E AÇÃO DE GRAÇAS

  1. CANTO DAS OFERTAS

É o momento de fazer nossa oferta para manter as necessidades da comunidade, cantemos:

  1. Nesta mesa da irmandade a nossa comunidade se oferece a ti, Senhor. Nosso sonho e nossa luta, nossa fé, nossa conduta te entregamos com amor.

Ref.: /:Novo jeito de sermos Igreja, nós buscamos, Senhor, na tua mesa.:/ (Bis)

  1. Neste pão te oferecemos os mutirões que fazemos, a partilha, a produção. Neste vinho a alegria que floresce cada dia dentro de nossa união.
  2. Nesta Bíblia bem aberta encontramos a luz certa para aqui te oferecer, ela reúne teu povo na busca de um mundo novo onde os pobres vão viver.
  3. Nosso coração inteiro, Deus humano e companheiro, deixamos no teu altar. Nosso canto e a memória do martírio e da vitória nós trazemos pra te dar.
  4. CONVITE À AÇÃO DE GRAÇAS
  5. Irmãos e irmãs, a Comunidade nascente tem a força do Espírito. Ela passa a entender a missão que Jesus nos confiou. Rendemos graças ao Senhor pelas vitórias que ele dá ao seu povo, pela vida que em Cristo vence o pecado e a morte e pela esperança renovada de nossa libertação total e definitiva.

Enquanto se faz um canto, o Ministro da Eucaristia traz o pão consagrado e o coloca sobre o altar. Todos fazem uma breve inclinação.

  1. O Senhor esteja com vocês.

Ass. Ele está no meio de nós!

  1. Demos graças ao Senhor, nosso Deus.

Ass. É nosso dever e nossa salvação!

  1. ORAÇÃO DE AÇÃO DE GRAÇAS:
  2. Neste dia solene da vida, Que fulgura em chamas ardentes,

Confirmastes, ó Pai, a defesa  E a valia de todos os crentes!

Ass.  Glória a ti, Senhor, / graças e louvor.

  1. Enviastes o Espírito Santo Em memória do Ressuscitado:

Novo alento e a firme esperança  Aos que creem no Verbo Encarnado!

Ass.  Glória a ti, Senhor, / graças e louvor.

  1. Nova ordem por vós entranhada No profundo de todas as gentes:

A linguagem do amor sempiterno,  De Jesus a verdade luzente!

Ass.  Glória a ti, Senhor, / graças e louvor.

  1. Vos pedimos do Reino a alegria E a vida que tudo enobrece!

Com a viva palavra de Cristo,  Dirigimos, a vós, nossa prece.

Ass.  Glória a ti, Senhor, / graças e louvor.

  1. Antes de participar do banquete da Eucaristia, sinal de reconciliação e vínculo de união fraterna, rezemos, juntos, como o Senhor nos ensinou:

Ass. Pai nosso…,

  1. RITO DA COMUNHÃO
  2. Irmãos e irmãs, participemos da comunhão do Corpo do Senhor em profunda unidade com nossos irmãos que, neste dia, tomam parte da Celebração Eucarística, memorial vivo da Paixão, Morte e Ressurreição de Jesus Cristo. O Corpo de Cristo será nosso alimento.
  3. Felizes os convidados para a Ceia do Senhor. Eis o Cordeiro de Deus, que tira o pecado do mundo.

Ass:  Senhor, eu não sou digno …

  1. CANTO DE COMUNHÃO

1- Cantar a beleza da vida, presente do amor sem igual:

missão do teu povo escolhido! Senhor, vem livrar-nos do mal!

Vem dar-nos teu filho, Senhor, sustento no pão e no vinho

e a força do Espírito Santo, unindo teu povo a caminho!

2- Falar do teu filho às nações, vivendo como Ele viveu:

missão do teu povo escolhido! Senhor vem cuidar do que é teu!

3- Viver o perdão sem medida, servir sem jamais condenar:

missão do teu povo escolhido! Senhor vem conosco ficar!

4- Erguer os que estão humilhados, doar-se aos pequenos e aos pobres:

missão do teu povo escolhido! Senhor nossas forças redobre

5- Buscar a verdade e a Justiça, nas trevas brilhar como a luz

missão do teu povo escolhido! Senhor nossos passos conduz

6- Andar os caminhos do mundo, plantando teu reino de paz:

missão do teu povo escolhido! Senhor nossos passos conduz

7- Fazer deste mundo um só povo fraterno, a serviço da vida:

missão do teu povo escolhido! Senhor nossos passos conduz

  1. ORAÇÃO DEPOIS DA COMUNHÃO
  2. Ó Deus, que enriqueceis a vossa Igreja com os bens do céu, conservai a graça que lhe destes, para que cresçam os dons do Espírito Santo. Por Cristo, nosso Senhor. Ass. Amém
  3. ORAÇÃO AO APAGAR O CÍRIO
  4. Irmãos e irmãs, na noite da Vigília Pascal, aclamamos Cristo, nossa Luz, e acendemos o Círio Pascal. A luz do Círio nos acompanhou nestes cinquenta dias do Tempo Pascal. Hoje, dia de Pentecostes, o Círio será apagado. Este sinal nos é tirado. Nós seremos a “luz de Cristo” no mundo.

PR: Dignai-vos, ó Cristo, acender nossas lâmpadas da fé. Que em vosso templo elas refuljam constantemente, alimentadas por vós, que sois a luz eterna. Sejam iluminados os ângulos escuros do nosso espírito e sejam expulsas para longe de nós as trevas do mundo. Vós que viveis e reinais para sempre. Ass. Amém.

RITOS FINAIS

  1. AVISOS
  2. BENÇÃO FINAL

PR: D. O Senhor esteja convosco!

Ass. Ele está no meio de nós!

PR: Deus, Pai das luzes, derrame sobre nós o Espírito Santo, nos conceda a alegria de sua bênção e a plenitude dos dons do mesmo Espírito.

Ass. Amém.

PR: Abençoe-nos e guarde-nos o Senhor Todo Poderoso e cheio de misericórdia: Pai e Filho e Espírito Santo.

Ass. Amém.

PR: Cheios do Espírito Santo, ide em paz e o Senhor vos acompanhe. Aleluia. Aleluia!

Ass. Graças a Deus. Aleluia, aleluia!

  1. CANTO FINAL
  2. Senhor, vem dar-nos sabedoria

que faz ter tudo como Deus quis.

E assim faremos da Eucaristia

o grande meio de ser feliz.

Dá-nos, Senhor, esses dons, essa luz,

e nós veremos que Pão é Jesus!

 

  1. Dá-nos, Senhor, o entendimento,

que tudo ajuda a compreender.

Para nós vermos como é alimento

o Pão e o Vinho que Deus quer ser.

  1. Senhor, vem dar-nos divina ciência,

que, como o Eterno, faz ver sem véus:

“- Tu vês por fora, Deus vê a essência,

pensas que é pão, mas é nosso Deus”.

  1. Dá-nos, Senhor, o teu conselho,

que nos faz sábios para guiar.

Homem, mulher, jovem e velho

nós guiaremos ao santo altar.

  1. Dá-nos, Senhor, a fortaleza,

a santa força do coração.

Só quem vencer vai sentar-se à Mesa:

para quem luta, Deus quer ser pão.

  1. Dá-nos, Senhor, filial piedade,

a doce forma de amar, enfim.

Para que amemos quem, na verdade,

aqui amou-nos até o fim.

  1. Dá-nos, enfim, temor sublime

de não ama-los como convém:

– O Cristo-Hóstia, que nos redime,

– O Pai celeste, que nos quer bem.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui