Roteiro e reflexão 20º Domingo do Tempo Comum

727

TEMPO COMUM
20º DOMINGO – 16 de agosto de 2020 – Ano A

CHEGADA

1. Refrão meditativo

Ave Maria, Ave Maria, Ave Maria, Mãe de Jesus

RITOS INICIAIS

2. CANTO DE ABERTURA
Uma entre todas foi a escolhida: foste tu Maria, serva preferida.
Mãe do meu Senhor, Mãe do meu Salvador.

Maria, cheia de graça e consolo,
venha caminhar com teu povo.
Nossa Mãe sempre serás.(bis)

Roga pelos pecadores desta terra,
roga pelo povo que em seu Deus espera.
Mãe do meu Senhor, Mãe do meu Salvador.

3. SAUDAÇÃO

Pres. Iniciemos em nome do Pai e do Filho e do Espírito Santo.
T. Amém

Pres. O Deus da esperança, que nos cumula de toda alegria e paz em nossa fé, pela ação do Espírito Santo, esteja convosco.

T: Bendito seja Deus que nos reuniu no amor de Cristo

4. RECORDAÇÃO DA VIDA

O(a) animador(a), com breves palavras, acolhe as pessoas, introduz o sentido do domingo. A Igreja celebra a Assunção de Nossa Senhora. Quando celebramos Maria, queremos nos aproximar mais de Jesus e responder, como ela, “SIM” ao chamado de Deus. Podemos recordar os que se colocam como vocacionados à vida consagrada e, também, quem assume com fidelidade o chamado do Pai.

5. ATO PENITENCIAL

Pres. P. De coração contrito e humilde, aproximemo-nos do Deus justo e Santo, para que tenha piedade de nós pecadores. (silêncio)
Pres: Confessemos os nossos pecados:

T. Confesso a Deus todo-poderoso e a vós, irmãos e irmãs, que pequei muitas vezes por pensamentos e palavras, atos e omissões, por minha culpa, minha tão grande culpa. E peço à Virgem Maria, aos anjos e santos e a vós, irmãos e irmãs, que rogueis por mim a Deus, nosso Senhor.

Pres: Deus todo-poderoso tenha compaixão de nós, perdoe os nossos pecados e nos conduza à vida eterna.

T. Amém.
Pres: Senhor, tende piedade de nós.
T: Senhor, tende piedade de nós.
Pres: Cristo, tende piedade de nós.
T: Cristo, tende piedade de nós.
Pres: Senhor, tende piedade de nós.
T: Senhor, tende piedade de nós.

6. GLÓRIA

Glória, glória, anjos nos céus
cantam todo seu amor
E na terra homens de paz:
(Deus merece o louvor.)

1) Deus é Pai, nós vos louvamos,
adoramos, bendizemos,
Damos glória ao vosso nome,
nossos dons agradecemos.ref…

2) Senhor Nosso Jesus Cristo,
unigênito do Pai.
Vós, de Deus Cordeiro Santo
nossas culpas, perdoai.ref..

3.Vós que estais junto do Pai
como nosso intercessor
acolhei nossos pedidos
atendei nosso clamor!.ref…

4 Vós somente sois o Santo,
o Altíssimo Senhor,
O Espírito Divino
de Deus Pai o esplendor.ref.

7. ORAÇÃO DO DIA

Pres. Oremos (silêncio): Deus eterno e todo poderoso, que elevastes à glória do céu em
corpo e alma a Imaculada Virgem Maria, mãe do vosso Filho, dai-nos viver atentos às coisas do alto, a fim de participarmos da sua glória. Por Nosso Senhor Jesus Cristo, Vosso Filho, na unidade do Espírito Santo. T. Amém.

LITURGIA DA PALAVRA

8. PRIMEIRA LEITURA – Ap 11, 19a;12,1.3-6a.10ab
Do Apocalipse de São João

9. SALMO – 44(45)
Refrão: À vossa direita se encontra a rainha, com veste esplendente de ouro de Ofir.

10. SEGUNDA LEITURA – 1Cor 15,20-27
Da Primeira Carta de São Paulo aos Coríntios.

11. ACLAMAÇÃO AO EVANGLEHO
Refrão: Aleluia, Aleluia, Aleluia! (Bis)

Maria é elevada ao céu, alegrem-se os coros dos anjos.

12. EVANGELHO – Lc 1,39-56

Proclamação do Evangelho de Jesus Cristo segundo a Comunidade de Lucas

13. HOMILIA

A Realidade

Hoje o que não aparece não existe. Por isso talvez, a vontade louca de aparecer, de fazer sucesso, de dar ibope. Além disso, o refrão inúmero vezes repetido é que a pessoa precisa ser competente, e não só, ter também boa aparência e numerosos títulos.
Uma jovem, mulher, pobre, sem estudos, nascida e criada em algum ponto perdido do mundo, “onde – se costuma dizer – o Judas perdeu as botas”, teria algum lugar, algum espaço? Alguém lhe daria algum valor? Ou sua passagem pelo mundo não ficaria totalmente ignorada?

A Palavra
A solenidade da Assunção de Maria celebra a glorificação, semelhante à de seu filho Jesus, daquela que não seria ninguém, por ser mulher onde só o homem tinha voz, e era pobre, sem estudos e de uma aldeia desprezada, na periferia do Império.
Ela mesma, nas palavras que o Evangelho coloca em seus lábios, canta que Deus faz é assim: despreza os que se acham muito grandes, derruba os poderosos, deixa os ricos de mãos vazias, mas alimenta com fartura os famintos e exalta os humildes. Nossa Senhora da Glória é a glória dos humildes.
Na Primeira Leitura aplicamos a ela as palavras do Apocalipse. O livro do Apocalipse foi escrito para animar as comunidades pobres e perseguidas da região. A figura da mulher pode ser a comunidade cristã, o Israel antigo e também Maria. Vendo Maria na mulher vestida de sol e pisando a lua, colocada nas alturas, nós a vemos como modelo e esperança nossa.
Ela é a vitória contra os dragões deste mundo, vencendo até o dragão da morte. Uma das características do mundo atual é o culto exagerado do corpo. Entretanto, a filosofia grega que influenciou muito a nossa Igreja, desprezava o corpo e o considerava uma prisão da alma.
Não celebramos que a alma de Maria foi para o céu, celebramos sua glorificação de corpo e alma. Ela não se transformou em “alma do outro mundo”, não deixou de ser humana e corporal, como nós também não deixaremos.

O Mistério

A Eucaristia celebra, nos pobres sinais do pão e do vinho, a salvação que vem do corpo e sangue do Senhor doados por nós. Missa rica é contradição. A salvação celebrada não vem daquele que tem o primeiro lugar, mas daquele que está no fim da fila, vem do excluído da cidadania, da cidade e da própria religião.

14. CREIO

15. PRECES DA COMUNIDADE

Pres. Irmãos e irmãs, elevemos a Deus nossas preces, para que nesta festa dedicada a Maria, alcancemos as graças que suplicamos:

T. Senhor escutai a nossa prece.

1) Senhor, pedimos pelo Papa Francisco, fortalecei em sua caminhada, com a presença amorosa de Nossa Senhora, nós vos pedimos.
2) Como Maira se colocou a serviço de sua prima Isabel, faça que nossa comunidade, pastorais, movimentos e serviços, sempre estejam a disposição para acolher os pequenos e sofredores, nós vos pedimos.
3) Como Maria, que sempre esteve ao lado de seu Filho Jesus, dá perseverança aos consagrados e consagradas, e a todos os servidores de nossas comunidades, nós vos pedimos.
4) Como Maria pediu em seu canto, promova justiça aos pequenos e oprimidos, fortalecei-os em sua luta cotidiana e dai-lhes fidelidade ao Evangelho de Cristo, nós vos pedimos.
5) Como Maria, nas bodas de Caná, que nossas preces e orações, sejam em favor dos que precisam, nós vos pedimos.
6) Como Maria, junto a Cruz, aceitou a maternidade do discípulo amada, te pedimos ó Pai, que ela aceite-nos no número de vossos filhos e filhas, nós vos pedimos.

Pres. Ó Deus eterno e onipotente, que elevastes hoje à glória dos céus a Bem-aventurada Virgem Maria, Mãe de vosso Filho, escutai propício as preces que por sua intercessão vos apresentamos. Por Cristo, nosso Senhor.

T. Amém.

É o momento de trazer nossa oferta material para a manutenção das atividades de nossa comunidade

16. CANTO DAS OFERTAS
Sabes, senhor
O que temos é tão pouco pra dar
Mas esse pouco, nós queremos
Com os irmãos compartilhar

Queremos nesta hora, diante dos irmãos
Comprometer a vida, buscando a união

Sabemos que é difícil, os bens compartilhar
Mas com a tua graça, senhor, queremos dar

Olhando o teu exemplo, senhor, vamos seguir
Fazendo o bem a todos, sem nada exigir

AÇÃO DE GRAÇAS

17. CONVITE À AÇÃO DE GRAÇAS

Pres. Irmãos, agradecidos, elevemos nossos louvores ao Pai. Jesus Cristo nos deu a possibilidade de chamarmos a sua mãe, de nossa mãe. Acabamos de nos alimentar com sua Palavra e vamos partilhar entre nós o pão consagrado, que vai nos fortalecer, para que possamos juntos construir em nosso mundo o seu reino de amor.

T. Bendito e louvado seja Deus, Pai que tanto amor demonstra a todos nós.

Pres. O Senhor esteja com vocês.
T. Ele está no meio de nós!
Pres. Demos graças ao Senhor, nosso Deus.
T. É nosso dever e nossa salvação!

18. ORAÇÃO DE AÇÃO DE GRAÇAS

Pres. Nós vos damos graças, ó Pai, por toda a vossa criação e por tudo o que fizestes no meio de nós, por meio de Jesus Cristo, vosso Filho e nosso irmão, que nos destes como imagem viva do vosso amor e de vossa bondade. Ele nos inclui como filhos e filhas bem amados do Pai. Ele cuida dos mínimos detalhes de tudo o que nos concede.

T: Por nós fez maravilhas, louvemos o Senhor!

Pres. Esta comunidade aqui reunida te Louva ó Pai por tudo o que temos e pelos dons da criação que nos ofereceis generosamente. que escolheste e consagraste com a força do Espírito Santo. Ressuscitado, ele deu a todos nós este mesmo Espírito, que vem em auxílio da nossa fraqueza para interceder por nós junto de ti.

T: Por nós fez maravilhas, louvemos o Senhor!

Pres. Nós Te bendizemos pelo Reino dos céus que estabeleceste no coração do nosso mundo representado pelas famílias de nossa Comunidade e por todas as famílias. Por Vós, somos capacitados a agir de acordo com a vontade do Pai, como fez Maria, e como nos foi manifestada em Cristo Jesus. Dai-nos sempre a força e a ousadia para optarmos pela vida como dom e compromisso. Que sejamos reveladores da graça de Deus que habita em nós para a vida do mundo.

T: Por nós fez maravilhas, louvemos o Senhor!

Pres. Na esperança de vermos reinar em nossa humanidade a comunhão da santa Trindade unimos a nossa prece à prece de Jesus, rezando como ele nos ensinou:

Pai nosso… pois vosso é o reino, o poder e a glória para sempre.

19. RITO DA COMUNHÃO

Pres. Relembrando de Jesus que, muitas vezes, reuniu-se com os seus para comer e beber, revelando que o teu reino havia chegado, nós também nos alegramos com Ele nesta mesa. E tomando o pão consagrado, acrescenta:
Quem vem a mim nunca mais terá fome e o que crê em mim nunca mais terá sede.
Eis o Cordeiro de Deus, aquele que tira o pecado do mundo!

T. Senhor, eu não sou digno …

20.. CANTO DE COMUNHÃO

Receber a comunhão / com este povo sofrido / é fazer a aliança
/ com a causa do oprimido. (2x)

1 – Celebrando a Eucaristia, / a vida a gente consome; / ao lutar pela
justiça, / acabando com a fome, / pra que o outro seja gente, /
pra que ele tenha nome.
2 – Celebrar a Eucaristia com famintos e humilhados, / com o pobre
lavrador, / sem ter nada no roçado, / é estar em comunhão / com Jesus crucificado.
3 – Celebrar a Eucaristia / é também ser torturado, / é ser perseguido
e preso, / é ser marginalizado, / ser entregue aos tribunais / numa cruz pra ser pregado.
4 – Vai também ao nosso lado, / nesta santa Eucaristia, / a companheira de luta, / a Santa Virgem Maria. / Guardará no coração / de seu povo a agonia.

21. ORAÇÃO DEPOIS DA COMUNHÃO

PR. Ó Deus que nos alimentastes com o Pão da Palavra, concedei-nos pela intercessão da Virgem Maria elevada ao céu, chegar à glória da ressurreição. Por Cristo, nosso Senhor. T. Amém

RITOS FINAIS

22. AVISOS

23. BÊNÇÃO

PR.:O Senhor esteja convosco.

AS.: Ele está no meio de nós.

PR.: Deus vos abençoe na sua bondade e infunda em vós a sabedoria da salvação.

AS.: Amém!
PR.: Sempre vos alimente com os ensinamentos da fé e vos faça perseverar nas boas obras

AS.: Amém!
PR.: Oriente para ele os vossos passos, e vos mostre o caminho da caridade e da paz.

AS.: Amém.

PR.: Abençoe-vos o Deus todo poderoso, Pai, Filho † e Espírito Santo.

AS.: Amém.

24. CANTO FINAL

Mãe do Céu morena,
Senhora da América latina
De olhar e caridade tão divina,
de cor igual a cor de tantas raças
Virgem tão serena,
Senhora destes povos tão sofri dos
Patrona dos pequenos e oprimidos,
derrama sobre nós as tuas graças

1- Derrama sobre os jovens tua luz,
aos pobres vem mostrar o teu Jesus
Ao mundo inteiro traz o teu amor de mãe
Ensina quem tem tudo a partilhar,
Ensina quem tem pouco a não cansar
E faz o nosso povo caminhar em paz.Ref..

2- Derrama a esperança sobre nós,
Ensina o povo a não calar a voz
Desperta o coração de quem não a cor dou
Ensina que a justiça é condição
de construir um mundo mais irmão
E faz o nosso povo conhecer Jesus.Ref..

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui