20º Domingo do Tempo Comum

430

Elaborado por Vasco Lagares – Diocese de Itabira/Cel. Fabriciano

15 de agosto 2021

SOLENIDADE DA ASSUNÇÃO DE NOSSA SENHORA

RITOS INICIAIS

A Comunidade pode trazer para esta liturgia os símbolos deste mês, onde celebramos as Vocações.Hoje, Celebrando Nossa Senhora, vamos de modo especial lembrar da vocação para vida a vida consagrada.

 

  1. REFRÃO MEDITATIVO

Ave, Maria! Ave, Maria!

Ave, Maria! Ave, Maria!

  1. CANTO DE ENTRADA

Maria de Nazaré, Maria me cativou

Fez mais forte a minha fé

E por filho me adotou

 

Às vezes eu paro e fico a pensar

E sem perceber, me vejo a rezar

E meu coração se põe a cantar

Pra Virgem de Nazaré

 

Menina que Deus amou e escolheu

Pra mãe de Jesus, o Filho de Deus

Maria que o povo inteiro elegeu

Senhora e Mãe do Céu

 

Ave Maria! Ave Maria! Mãe de Jesus!

 

Maria que eu quero bem, Maria do puro amor

Igual a você, ninguém

Mãe pura do meu Senhor

 

Em cada mulher que a terra criou

Um traço de Deus, Maria deixou

Um sonho de mãe, Maria plantou

Pro mundo encontrar a paz

 

Maria que fez o Cristo falar

Maria que fez Jesus caminhar

Maria que só viveu pra seu Deus

Maria do povo meu.

  1. ACOLHIDA E SAUDAÇÃO

PR.Nesta Solenidade de Nossa Senhora, demos graças a Deus que nos convida à mesa e viver a fidelidade em nossa vocação.:Em nome doPai e do Filho e do Espírito Santo.

Ass. Amém.

PR.O Deus da esperança, que nos cumula de todaalegria e paz em nossa fé, pela ação do EspíritoSanto, esteja convosco.

Ass.Bendito seja Deus que nos reuniu noamor de Cristo.

  1. RECORDAÇÃO DA VIDA

Hoje, nos inspiramos na vida de Maria, Mãe de Jesus, para nossa caminhada pastoral e pessoal. Maria é a Mulher que inaugura e estabelece os critérios para encontrar-se como Senhor e com os demais.Celebramos a Assunção de Nossa Senhora.Este dogma foi definido em 1950 pelo Papa PioXII. Em Maria encontramos em plenitude a graça de Deus que age em toda a humanidade.  Por isso, lembramos daqueles que se consagram à vida religiosa, rezemos juntos pela resposta que estão dando ao chamado de Deus.

  1. ATO PENITENCIAL

PR.Ao mirarmos no exemplo de Maria de Nazaré, somos chamados a viver o amor e a solidariedade. Muitas vezes, nossa resposta não é conforme o chamado de Deus. De coração contrito e humilde, aproximemo-nos do Deus justo e santo, para que tenha piedade de nós, pecadores.(silencio)

PR.Senhor que viestes salvar os corações arrependidos.

AS: Piedade, piedade, piedade de nós (bis).

PR: Ó Cristo que viestes chamar os pecadores humilhados.

PR: Senhor, que intercedeis por nós,junto a Deus Pai que nos perdoa.

PR.: Deus Todo-Poderoso tenha compaixão de nós perdoe os nossos pecados e nos conduza à vida eterna.

Ass: Amém.

  1. GLÓRIA

Glória a Deus nas alturas

E paz na terra aos homens por Ele amados

Senhor Deus, Rei dos céus

Deus Pai todo poderoso

Nós vos louvamos / Nós vos bendizemos

Nós vos adoramos /  Nós vos glorificamos

Nós vos damos graças

por vossa imensa glória.

Senhor Jesus Cristo, Filho Unigênito

Senhor Deus, Cordeiro de Deus,

Filho de Deus Pai

Vós que tirais o pecado do mundo,

tende piedade de nós

Vós que tirais o pecado do mundo

Acolhei a nossa súplica

Vós que estais à direita do Pai

Tende piedade de nós

Só vós sois Santo /  Só vós sois o Senhor

Só vós o Altíssimo, Jesus Cristo

Com o Espírito Santo

na glória de Deus Pai. Amém! (4x)

  1. ORAÇÃO DO DIA

PR.OREMOS: Deus eterno e todo-poderoso, que elevastes à glória do céu, em corpo e alma,a imaculada Virgem Maria, Mãe do vosso Filho, dai-nos viver atentos às coisas do alto, a fim de participarmos da sua glória.Por nosso Senhor Jesus Cristo, vosso Filho, na unidade do Espírito Santo.

Ass. Amém.

LITURGIA DA PALAVRA

  1. PRIMEIRA LEITURA – Ap 11,19a;12,1.3-6a.10ab

Do Apocalipse de São João

  1. SALMO – 44 (45)

Refrão: À vossa direita se encontra a rainha,com veste esplendente de ouro de Ofir.

  1. SEGUNDA LEITURA– 1Cor 15,20-27a

Da Primeira Carta de São Paulo aos Coríntios

  1. ACLAMAÇÃO AO EVANGELHO

Aleluia, Aleluia, Aleluia.

Maria é elevada ao céu,alegram-se os coros dos anjos.

  1. EVANGELHO – Lc 1,39-56

Proclamação do Evangelho de Jesus Cristo segundo a Comunidade de Lucas

  1. HOMILIA

O evangelho deste domingo Lucas 1,39-56 nos recorda o encontro de duas mulheres grávidas se visitam. Maria visita sua prima Isabel que carrega em seu ventre o profeta João Batista. Isabel ao ouvir a voz de Maria, sente seu corpo estremecer e cheia da Ruah (Espírito) reconhece no ventre da jovem prima Maria, o Messias (1,43) e declara: Bendita é você entre as mulheres e bendito é o filho dará à luz” (1,41).  Assim como Maria Madalena foi a primeira anunciadora da Ressurreição, Isabel foi a primeira anunciadora da boa nova da Encarnação de Deus no ventre de Maria. Deste encontro surge o canto de Maria, o Magnificat.

O Magnificat é a resposta de Maria ao anúncio de Isabel. O Magnificat é considerado o grande cântico de libertação do Novo Testamento.  A potente memória evocada e anunciada no Magnificat canta a boa nova de Deus que se revela na história através de pobres, humildes e espoliados da terra. O Magnificat exalta a Deus que atentou para toda gente humilde representada no corpo de Maria, uma mulher jovem, pobre de Nazaré da Galiléia. Nela a escolha divina se realiza convertendo seu corpo em habitação do Deus Altíssimo, dignificando-a e junto com ela todas as pessoas humilhadas do seu tempo. O Magnificat é uma louvação a Deus por essa escolha revolucionária!

Este canto chamado de Magnificat, é o único testemunho completo que Lucas põe na boca de uma mulher em seu Evangelho. Esse canto por seu conteúdo e construção é considerada uma passagem única, não apenas pelos aspectos formais, mas por ser cantado em primeira pessoa, dando voz às mulheres, como um dos grupos mais vulnerabilizados e silenciados naquela sociedade patriarcal e androcêntrica: “a minha alma engrandece ao senhor …” (v.46) “o meu espírito se alegra…” (v.47) me chamarão… (v.48) “o poderoso fez grande coisas em meu favor…” v.49). É belo contemplar a voz ativa de Maria no cântico, e como todo seu corpo e sentidos é envolvido na ação divina.  O corpo de uma mulher pobre, oprimida, converte-se no centro da experiencia reveladora e salvadora de Deus. Por isso, é de grande a importância o Magnificat para mulheres a outros grupos oprimidos que sofrem a opressão produzidas por sistemas e estruturas que geram e sustentam desigualdades e injustiças.

O magnificat traz muitas alusões ao cântico de Ana (I Sam. 1,11;2,1-10). E sua origem provêm provavelmente de um grupo da tradição judaica conhecido como “anwim” (pobres de Javé) que alimentava a esperança messiânica de uma redenção que vêm a partir de baixo, dos pobres, para, com e partir dos pobres. Maria é cantora dessa esperança!  Seu ventre carrega a esperança messiânica de “anawim” de ontem e de hoje que permanecem teimosamente crendo e anunciando o Deus que se revelou a Maria de Nazaré. Quantas pessoas hoje sentem-se desprezadas, abatidas e desesperançadas frente à realidade de injustiças sem conseguir vislumbrar horizontes e futuros. Na experiencia de Maria de Nazaré e na profecia por ela cantada, somos chamadas a fortalecer nosso espírito e renovar nossa fé e esperança no Deus de Maria de Nazaré, o deus que age a favor de  “anawim” , pobres de Deus do mundo.

O Magnificat que exalta ao Deus que escolheu transformar uma jovem pobre de Nazaré em bem-aventurada por todas as gerações, é muito mais que um cântico. É uma declaração de fé que inaugura o mundo alternativo de Deus sem poderes e dominação.  Maria é a mensageira desse mundo desejado por Deus como uma sociedade de igualdade e justiça para todas as pessoas – uma sociedade onde não haja superiores e inferiores, pobres e ricos, poderosos e subalternizados, A proposta anunciada é de transformação das estruturas que legitimam a dominação e sustentam as desigualdades sociais, raciais e gênero.

Para realizar o que é cantado no Magnificat de Maria de Nazaré, não basta dizer sim. É preciso uma ação ativa de transformação: Depor   tronos, poder e poderosos, exaltar humildes, saciar famintos e despedir ricos de mãos vazias.  O Deus exaltado no Magnificat é o Deus que quis revelar-se ao mundo através dessa experiencia que destrona poderes e que no corpo de Maria realizou esses feitos. Foi este Deus que Maria exaltou em seu cântico: “Seu nome é santo e sua misericórdia perdura de gerações a gerações para aqueles que o temem”. Este foi o Deus experienciado e cantado por Maria no Magnificat! O Deus que habita em lugar santo, mas está junto das pessoas humildes e abatidas, exaltando-as e fartando-as de bens.

O Magnificat proclama o nome do Deus que quis se revelar ao mundo através do corpo e experiência de mulher, proclama um outro mundo onde não haja ricos e pobres, poderosos e oprimidos.  Por isso a experiencia divina revelada no Cântico de Maria deve contribuir para alimentar nossa fé e nossa esperança na construção de um mundo sem tronos e onde “anawim” possam fartem-se de bens!

Texto da Pastora Odja Barros

Fonte: www.cebi.org.br

  1. PROFISSÃO DE FÉ
  1. PRECES DA ASSEMBLÉIA

PR.Irmãos e irmãs, como Maria dirigia louvores e preces a Deus, façamos nossas orações, rezando juntos

Ass. Senhor escutai as nossas preces.

1.Senhor, acompanhai a Igreja em sua missão de ser a presença de seu filho Jesus junto aos irmãos e irmãs, pedimos com fé.

  1. Senhor inspirai nos corações de nossos jovens o desejo de vos servir, acolhendo a Palavra do Evangelho e vivendo seus ensinamentos em nossas comunidades, pedimos com fé.
  2. Senhor, que os consagrados e consagradas à vida religiosa, vivam com fidelidade e caridade a sua vocação, pedimos com fé.
  3. Senhor animai as nossas famílias em sua missão de educar na solidariedade e na defesa da vida, pedimos com fé.

 

PR.Nossas preces concluamos rezandoa oração vocacional, nos dirigindo aCristo pelas vocações sacerdotais, religiosas e laicais, a fim de ajudar o rebanho,

apesar de sua fraqueza, a atingir a fortaleza do Pastor.

AS: Jesus, Mestre Divino, que chamastes os Apóstolos a vos seguirem, continuai a passar pelos nossos caminhos,pelas nossas famílias, pelas nossas escolas e continuai a repetir o convite a muitos jovens. Daí coragem às pessoas convidadas. Daí força para que vos sejam fiéis como apóstolos leigos,como sacerdotes, como religiosos e religiosas, para o bem do Povo de Deus e de toda a humanidade. Amém.

LOUVAÇÃO E AÇÃO DE GRAÇAS

  1. CANTO DAS OFERTAS

É o momento de fazer nossa oferta para manter as necessidades da comunidade, cantemos:

 

  1. Um coração para amar, pra perdoar e sentir, para chorar e sorrir, ao me criar tu me deste. Um coração pra sonhar, inquieto e sempre a bater, ansioso por entender, as coisas que tu disseste.

Ref.: Eis o que eu venho te dar, eis o que eu ponho no altar. Toma, Senhor, que ele é teu, meu coração não é meu. (bis)

  1. Quero que o meu coração seja tão cheio de paz, que não se sinta capaz de sentir ódio ou rancor. Quero que a minha oração, possa me amadurecer, leve-me a compreender as conseqüências do amor.

 

  1. CONVITE À AÇÃO DE GRAÇAS

Enquanto se faz um canto, o Ministro da Eucaristia traz o pão consagrado e o coloca sobre o altar. Todos fazem uma breve inclinação.

PR.Irmãos e irmãs, vamos juntos dargraças a Deus, repartindo o Pão Consagrado, em memória de Jesus que seencontra em nossa mesa e nos dá o

seu perdão. Cantemos acolhendo o Pão Eucarístico.

  1. O Senhor esteja com vocês.

Ass. Ele está no meio de nós!

  1. Demos graças ao Senhor, nosso Deus.

Ass. É nosso dever e nossa salvação!

  1. ORAÇÃO DE AÇÃO DE GRAÇAS:

PR.Irmãos e irmãs, como comunidade, família de Deus, elevemos nossos louvores e ação de graças, inspirados no Canto de Maria, agradecendo ao Pai, tudo o que Ele faz em nosso favor:

O Senhor fez em mim maravilhas!

Santo é o seu nome!

O Senhor fez em mim maravilhas!

Santo é o seu nome!

 

A minha alma engrandece ao Senhor

E exulta meu espírito em Deus, meu salvador

Pôs os olhos na humildade de sua serva

Doravante toda a terra cantará os meus louvores

 

O Senhor fez em mim maravilhas!

Santo é o seu nome!

O Senhor fez em mim maravilhas!

Santo é o seu nome!

 

Seu amor para sempre se estende

Sobre aqueles que o temem

Demonstrando o poder de seu braço

Dispersa os soberbos

 

O Senhor fez em mim maravilhas!

Santo é o seu nome!

O Senhor fez em mim maravilhas!

Santo é o seu nome!

 

Abate os poderosos de seus tronos

E eleva os humildes

Sacia de bens os famintos

Despede os ricos sem nada

 

O Senhor fez em mim maravilhas!

Santo é o seu nome!

O Senhor fez em mim maravilhas!

Santo é o seu nome!

 

Acolhe Israel, seu servidor

Fiel ao seu amor

E à promessa que fez a nossos pais

Em favor de Abraão e de seus filhos para sempre

 

O Senhor fez em mim maravilhas!

Santo é o seu nome!

O Senhor fez em mim maravilhas!

Santo é o seu nome!

 

Glória ao pai, ao Filho e ao Santo Espírito

Desde agora e para sempre, pelos séculos. Amém!

 

O Senhor fez em mim maravilhas!

Santo é o seu nome!

O Senhor fez em mim maravilhas!

Santo é o seu nome!

 

PR.Ó Deus, criador do céu e da terra, os nossos louvores e as nossas preces cheguem a vós pelas mãos daquele que é nosso único mediador, Jesus Cristo, nosso Senhor, por quem oramos com as palavras que ele nos ensinou:

Ass. Pai nosso…,

 

  1. RITO DA COMUNHÃO

PR.Irmãos e irmãs, participemos da comunhão do Corpo do Senhor em profunda unidade com nossos irmãos que, neste dia, tomam parte da Celebração Eucarística, memorial vivo da Paixão, Morte e Ressurreição de Jesus Cristo. O Corpo de Cristo será nosso alimento.

PR.Felizes os convidados para a Ceia do Senhor. Eis o Cordeiro de Deus, que tira o pecado do mundo.

Ass:  Senhor, eu não sou digno …

  1. CANTO DE COMUNHÃO

1- Quando teu Pai revelou o segredo a Maria

que pela força do Espírito conceberia

A ti Jesus ela não hesitou logo em responder:

Faça-se em mim pobre serva o que a Deus aprouver!

Hoje imitando Maria que é imagem da Igreja,

nossa família outra vez te recebe e deseja

Cheia de fé, de esperança e de amor dizer sim a Deus

Eis aqui os teus servos Senhor!

 

Que a graça de Deus cresça em nós sem cessar!

E de Ti, nosso Pai, venha o Espírito Santo de amor,

pra gerar e formar Cristo em nós!

 

2- Por um decreto do Pai ela foi escolhida

Para gerar-te ó Senhor, que és origem da vida

Cheia do Espírito Santo no corpo e no coração

Foi quem melhor cooperou com a tua missão.

Na comunhão recebemos o Espírito Santo

e vem contigo Jesus o teu Pai sacrossanto

Vamos agora ajudar-te no plano da salvação:

eis aqui os teus servos Senhor!

 

3- No coração de Maria no olhar doce e terno

Sempre tiveste na vida um apoio materno

Desde Belém, Nazaré, só viveu para te servir

Quando morrias na cruz, tua Mãe estava ali

Mãe amorosa da Igreja, quer ser nosso auxílio

Reproduzir no cristão as feições de seu Filho

Como ela fez em Cana, nos convida a te obedecer:

eis aqui os teus servos Senhor!

  1. ORAÇÃO DEPOIS DA COMUNHÃO

PR.Ó Deus, que nos alimentastes com o sacramento da salvação, concedei-nos,pela intercessão da Virgem Maria elevada ao céu, chegar à glória da ressurreição.Por Cristo, nosso Senhor. Ass. Amém

RITOS FINAIS

  1. AVISOS
  1. BENÇÃO FINAL

PR: O Senhor esteja convosco.

Ass. Ele está no meio de nós.

PR:Abençoe-nos e guarde-nos o Senhor Todo Poderoso e cheio de misericórdia: Pai e Filho e Espírito Santo.

Ass. Amém.

PR:Vivendo a missão de anunciar o Evangelho atodos, ide em paz e o Senhor vos acompanhe.

Ass. Graças a Deus!

  1. CANTO FINAL

Santa Mãe Maria, nessa travessia

Cubra-nos Teu manto cor de anil

Guarda nossa vida, Mãe Aparecida

Santa padroeira do Brasil

 

Ave, Maria! Ave, Maria!

Ave, Maria! Ave, Maria!

 

Mulher peregrina, força feminina

A mais importante que existiu

Com justiça queres que nossas mulheres

Sejam construtoras do Brasil

 

Ave, Maria! Ave, Maria!

Ave, Maria! Ave, Maria!

 

Com amor divino guarda os peregrinos

Nesta caminhada para o além

Dá-lhes companhia, pois também um dia

Foste peregrina em Belém

 

Ave, Maria! Ave, Maria!

Ave, Maria! Ave, Maria!

 

Com Seus passos lentos enfrentando os ventos

Quando sopram noutra direção

Toda a mãe Igreja pede que Tu sejas

Companheira de libertação

 

Ave, Maria! Ave, Maria!

Ave, Maria! Ave, Maria!

 

Ave, Maria! Ave, Maria!

Ave, Maria!

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui